Visto que Aves de Rapina chega aos cinemas em poucos meses, os fãs já iniciaram a contagem regressiva para ver o carismático elenco em ação nas telas. Ademais, há poucos dias, o público brasileiro teve o privilégio de receber Margot Robbie, estrela e produtora do filme, juntamente com a diretora Cathy Yan, na CCXP. Inclusive, foi durante o painel do longa na convenção que Yan deu detalhes sobre a narrativa. "É uma história muito inspiradora. Todas essas mulheres tem um conflito contra o mesmo vilão, mas nem todas se dão bem. Ao longo da trama, elas aprendem a se dar bem”, compartilhou a cineasta. Aves de Rapina se passará em uma Gotham diferente. Considerando que o enredo aborda a emancipação de Arlequina, veremos a ambientação sob a perspectiva da personagem. Portanto, cores e autenticidade darão lugar à sombria e uniforme metrópole do Homem-Morcego.

Além disso, o painel contou com a participação de Mary Elizabeth Winstead (Caçadora), Jurnee Smollett-Bell (Canário Negro), Rosie Perez (Renee Montoya) e Ella Jay Basco (Cassandra Cain). Assim como Robbie e Yan, o restante do elenco falou sobre como suas personagens se encaixam na trama. A Canário, por exemplo, é uma justiceira negando seu verdadeiro potencial, de acordo com Bell. Em contrapartida, Winstead revela que a Caçadora dedicou sua vida para ter essas habilidades. Enquanto as interpretes se apoiam bastante fora das telas, mal podemos esperar para vê-las no cinema. Porém, é impossível deixar de lembrar de Barbara Gordon, considerada o coração das Aves de Rapina. Embora Arlequina se encaixe bem em qualquer situação, nos acostumamos a vê-la com as Sereias de Gotham. Sendo assim, essas duas pontuações são frequentemente questionadas. Por isso, os produtores de Aves de Rapina, resolveram falar sobre o assunto.

Publicidade
continue a leitura

Por que a Batgirl está fora de Aves de Rapina?

Publicidade
continue a leitura

Mesmo diante da falta de qualquer confirmação sobre a personagem, muitas pessoas acreditavam que Barbara Gordon poderia fazer uma participação no filme. Bom, aparentemente isso não irá acontecer. De acordo com uma entrevista de Sue Kroll e Brian Unkeless, produtores do longa, para o Collider, não veremos nem Batgirl ou seu alter ego em Aves de Rapina. "Vocês não verão Batgirl. Apenas vou dizer 'não'", disse Kroll. Em seguida ela complementou, "Esta é uma questão de estúdio. Essa personagem está em desenvolvimento em seu próprio filme, certo?". Apesar do tom interrogativo de Kroll, é um fato que a DC e a Warner Bros. estão trabalhando em um longa da Batgirl há alguns anos. Em 2017, chegou a ser noticiado que Joss Whedon escreveria e dirigiria o filme da heroína. Contudo, esse projeto nunca se materializou.

Publicidade
continue a leitura

Entretanto, atualmente, a produção da heroína está sendo reescrita pela própria Christina Hodson, roteirista de Aves de Rapina. Sendo assim, parece que a Warner ainda está interessada em obter um título independente da personagem. De qualquer forma, diante de todas as incertezas, existe uma certeza: o status de Batgirl será diretamente afetado pela bilheteria de Aves de Rapina. Por fim, não havia espaço suficiente para Arlequina e Batgirl compartilharem a mesma narrativa. Quer dizer, pelo menos não sem ofuscar totalmente as outras personagens. Portanto, talvez realmente seja melhor introduzir Barbara Gordon em um filme solo e depois apresentá-la ao grupo. Afinal, a mitologia já foi completamente alterada, então só nos resta olhar adiante. Lembrando que Aves de Rapina chega aos cinemas no dia 6 de fevereiro de 2020.

Publicado em: 16/12/19 22h11