• MAIS LIDAS
  • QUIZ
  • VÍDEOS
  • ANUNCIE

Por que Adolf hitler adotou o título de Führer?

POR Mateus Graff    EM História      30/08/17 às 19h01

No infeliz dia de 2 de agosto de 1934, o temido homem chamado Adolf Hitler assumiu o poder na Alemanha, tendo as funções de presidente e chanceler e passando a ser autointitular como Führer, em uma medida que foi aprovada pelo parlamento. No dia 19 de agosto do mesmo ano, ele foi confirmado nessa função por 89,9% do eleitorado alemão em um plebiscito. Algumas pessoas até foram contra o Führer, mas com o tempo, usando muito bem os meios de comunicação e o poder político, o ditador conseguiu o apoio da população.

Bom, a história de Hitler vocês conhecem muito bem, até porque, a Fatos Desconhecidos já escreveu várias matérias sobre o ditador que é tão odiado ao redor do mundo. Mas vem cá, vocês já se perguntaram por que diabos Hitler de autointitulou como Führer?

Ao contrário do que a maioria das pessoas pensam, o termo Führer não quer dizer ditador. Na verdade, esse nome significa chefe, líder ou guia, e é frequentemente usado para se referir ao chefe de qualquer coisa. Porém, por esse termo ter sido adotado por Hitler como comandante supremo do nazismo e do Terceiro Reich, o termo foi, digamos assim, contaminado fora da Alemanha, e quando alguém diz Führer, todos já olham de uma maneira negativa.

Führer antes era usado pelos alemães como uma hierarquia militar, pelo menos a partir do século XVIII. Por exemplo, um oficial graduado de uma companhia era intitulado "Kompaniechef" (literalmente, "chefe da companhia"), mas se não tivesse o Rank ou seja, a experiência necessária, ou caso ficasse apenas temporariamente no comando, ele era intitulado de "Kompanieführer." Assim os comandos operacionais de vários escalões militares tipicamente recebiam seu título da formação seguido pelo título "Führer".

Mas a inspiração de Hitler para a adoção desse nome tem dois motivos. I primeiro foi o político austríaco Georg von Schonerer, um dos principais expoentes da pangermanismo, o nacionalismo alemão e anti-semitismo na Áustria, onde seus seguidores o referiam como Führer. O segundo foi, por incrível que pareça, Benito Mussolini. Grande parte dos primeiros símbolos da Alemanha nazista foi baseado no fascismo italiano, quando Hitler ainda era apenas um admirador. Mussolini tinha escolhido para si mesmo o nome "Duce", que significava caudilho, mas ao contrário de Hitler, esse nome não se tornou oficial.

Hitler se via como os imperadores romanos ou líderes alemães medievais, e por isso ele queria um nome que seria o título da única fonte de poder da Alemanha. Como já citamos no começo da matéria, uma medida aprovada pelo parlamento fez com que unificassem os cargos de presidente e chanceler, criando o Führer und Reichskanzler (Líder e Chanceler do Reich).

Depois disso, logo Hitler foi chamado de Führerprinzip, ou Príncipe da Autoridade. Hilter concentrou todas as suas forças no Partido Nazista, e logo os soldados juraram fidelidade a Hitler como Führer und des deutschen Volkes Reiches (Líder do Reich e do povo alemão).

Mas e aí, vocês já sabiam o que significa Führer? Não esqueça de deixar o seu comentário!




Matérias selecionadas especialmente para você

Mateus Graff
https://www.instagram.com/mateusgraff/ https://www.facebook.com/mateus.adjutomartinsgraff
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.
Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+