• MAIS LIDAS
  • QUIZ
  • VÍDEOS
  • ANUNCIE


Por que os buracos negros não sugam todo o universo?

POR Toni Nascimento    EM Curiosidades      18/12/18 às 18h33

O universo fascina a humanidade. Ele está cheio de belezas e mistérios, que nos tomam por inteiro desde quando habitávamos as cavernas. Dentre os elementos desse mosaico, os buracos negros estão no primeiro escalão entre os mais excitantes. Segundo a Teoria Geral da Relatividade, eles são um grande buraco - e quando digo grande, quero dizer muito maior que o sol - gravitacional que suga toda a matéria para seu interior, até mesmo a luz. É difícil compreendê-los mais porque são invisíveis, ou seja, é muito complicado observá-los.

Os buracos negros se expandem em tamanhos quase inimagináveis para o ser humano. Seu tamanho e poder são tão grandes, que também nos deixa muito assustados. Isso fica ainda pior quando percebemos que o ser humano não tem a mínima noção de como é um buraco negro por dentro, e sim, apenas por fora. Mas a grande pergunta sobre esse fenômeno espacial é se eles são tão poderosos assim, por que não sugam e consomem o universo inteiro?

Buraco negro trabalha junto com o universo

Um dos físicos da Universidade de Stanford, Leonard Susskind, também um dos fundadores da Teoria das Cordas, foi um dos últimos estudiosos a escrever teorias sobre os buracos negros, e o porquê deles não devorarem o universo. Ele começa afirmando que a cada vez que os buracos negros vão se alimentando de matéria, mais eles vão se tornando complexos por dentro. Isso quer dizer que eles se desenvolvem, porém, interiormente. Diante disso, ele faz uma relação com o próprio crescimento do universo. Ele imagina a possibilidade de, de alguma maneira, isso não ser uma forma de evolução do próprio universo.

Ou seja, os buracos negros não engolem o universo por inteiro, porque na verdade estariam trabalhando com ele e evoluindo junto dele. No fim das contas, a cada segundo que passa, os dois estariam cada vez mais complexos. Apesar da teoria, é bom lembrar que os buracos negros não são como a maioria dos outros elementos do espaço. As regras usadas para o universo, quase todas as vezes, não batem com o comportamento dos buracos negros. Ao que tudo indica, ainda estamos longe de entender com mais certeza e profundidade esse assunto.

Como surgem os buracos negros

O buraco negro, na prática, é uma consequência dos colapsos entre corpos celestes no espaço. Isso só acontece quando a pressão interna de um corpo já não aguenta manter a sua própria massa. Isso leva a uma explosão do núcleo da estrela, liberando uma grande quantidade de energia. Esse fenômeno é chamado de supernova. Se a estrela for muito grande, isso tudo acabará resultando na criação de um buraco negro. Nele, a velocidade necessária para que alguma partícula ou radiação resistisse à atração, deve ser, no mínimo, maior que a velocidade da luz.

E aí, o que você pensa sobre buracos negros? Acredita que eles possam estar auxiliando na evolução do universo? Comenta o que você acha com a gente e compartilha nas suas redes sociais. Para você que acha que os aliens estão vivendo dentro desses buracos negros, aquele abraço.

Próxima Matéria
Via   Science Alert  
Toni Nascimento
Nerd, mas principalmente amante do cinema. Mais em @nascimento_toni
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+