Profissões agonizantes

POR Pietro Bottura    EM Curiosidades      19/08/14 às 17h50

Antigamente, costurar era algo extremamente necessário, já que era a única forma de criar roupas. Com a máquina de costura esse deixou de ser um dom e passou a ser um ofício, que, hoje, pode ser feito inteiramente de maneira inteiramente automatizada.

Apesar de caros, os robôs e máquinas a longo prazo se mostram melhores que humanos, pois não têm descanso, folga, direitos ou salário, sendo atrativas para os grandes empresários por sua capacidade e linearidade produtiva.

Da mesma forma que a alfaiataria não desapareceu, mas passou a ser incomum e até a ter um status de coisa de gente elegante, as profissões a seguir tendem a perder sua força no mercado de trabalho - apesar de que desaparecerem, completamente, elas provavelmente nunca vão. Afinal, atrás de toda máquina é necessário um humano, para garantir que ela cometa erros.

 Operadores de telemarketing

TO GO WITH AFP STORY BY JOSE BAUTISTA  -

Sim, finalmente! Os dias desses explorados e irritantes profissionais está com os seus dias contados, e o motivo todos nós sabemos: todo mundo odeia telemarketing. Apesar disso, as notícias são boas apenas para eles, e não para nós, clientes: as pessoas na linha serão substituídas por robôs ou semi-robôs, o que deixará as chamadas de publicidade ainda mais chatas e repetitivas.

Estoquistas

repositor

Pilhar, descarregar e organizar são tarefas simples, que empregam milhares de pessoas em estoques e almoxarifados. O problema é que esse é outro emprego que vai acabar com a chegada da tecnologia robótica, que fará desse tipo de serviço, automatizado, muito mais ágil e simples. Fora isso, robôs não sofrem com a idade, dores nas costas ou ficam doentes, o que para o empregador é vantajoso.

Entregador de jornal

Paper boy and his Schwinn DX circa 1950

Apesar de que entregadores de jornal robotizados possam vir a existir, na verdade essa profissão se extinguirá por outro motivo: os jornais impressos estão cada vez menos populares, e a tendência é que, com o tempo, sejam substituídos totalmente pela internet e e-books. Dessa forma, não apenas os jornalistas, mas também os entregadores e todos os demais envolvidos na produção de impressos passarão por períodos de escassez.

Lenhador

010_rufuslenhador

A profissão vem sendo substituída por máquinas há anos, e, com a internet, as próximas décadas terão um decréscimo significativo na demanda de material impresso, o que por sua vez diminuirá a derrubada de árvores.

Agente de viagens

SAMPLED_235053_930____

Novamente, com a internet, quem precisa deles? Existem programas e sites diversos que não apenas lhe mostram preços e rotas, mas ainda possibilitam promoções únicas e calculam taxas de aumento e queda de preço, fazendo uma "previsão" de melhores épocas para a compra. Resumindo: tudo que um agente de viagens faz, só que de graça e mais rápido.

Carteiros

tumblr_md787xAplD1rnrne9o1_1280

Os emails são os culpados pelo sumiço das cartas, mas e os pacotes? A tendência é que sejam entregues por drones, via áérea, o que dimuiria muito o  tempo de entrega e as chances de acidentes com pacotes, que não precisariam mais pular de agência em agência até chegarem ao seu destino, como acontece atualmente.

Despachante de táxi

bits-taxi-superJumbo

Com aplicativos como o Uber e o Lyft, qualquer pessoa com um smartphone pode pedir um taxi sem precisar ligar para empresa, da mesma forma que qualquer taxista pode se cadastrar apenas tendo um carro. Ainda é incomum no Brasil,mas largamente utilizado nos EUA e Europa. Além disso, cabe citar que aplicativos como o Google Maps e a transformação de grandes cidades para transportes públicos e não automotores, como bicicletas, é uma tendência para o futuro, o que em teoria reduzirá o uso de carros nas próximas décadas.

Corretor/digitador

dicionario-da-lingua-portuguesa-professor-pasquale-13849-MLB4210586622_042013-F

Com tradutores, corretores embutidos no próprio Windows e reconhecimento de voz, tanto as dificuldades ortográficas quanto a própria necessidade de digitação tendem a desaparecer. Aplicativos como o Siri, da Apple, demonstram isso. O problema , entretanto, será a dependência dos usuários para escrever corretamente.

Bibliotecário(a)

A bibliotecaria logan belle efeito dos livros pinup biblioteca planeta

Em primeiro lugar, o próprio Google já tirou a principal necessidade de uma pessoa formada em biblioteconomia ou com anos de experiência, que é saber encontrar e relacionar obras, organizando-as de formas diferenciadas. Depois, a legalização e popularização dos e-books e tablets para leitura, que, com preços ínfimos e mobilidade, tomarão o mercado à medida que ficarem mais acessíveis.

Social Media

social-media-management

Pode parecer estranho ver uma função tão recente estar nessa lista, mas a verdade é que com o fácil acesso a computadores e smartphones, até mesmo pessoas da terceira idade têm entrado em contato com redes sociais e internet, na mesma velocidade que a linguagem digital fica cada vez mais interativa e simples. Por essa razão, é possível que no futuro haja um autogerenciamento dos funcionários da empresa, bem como as funções de especialista de um social media, hoje em dia, passem a ser executadas por gerentes e assessores.

Pietro Bottura
EQUIPE FATOS DESCONHECIDOS, BRASIL

Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.
Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+