Qual o verdadeiro significado do código do voo de um avião?

POR Ultra Curioso    EM Mistérios & Horror      03/09/15 às 17h01

Viajar é uma das melhores coisas a se fazer quando se quer descansar e esquecer os problemas. Escolher um bom destino, fazer as malas e "pôr o pé na estrada" é sempre aconselhável para quem sente uma grande necessidade de relaxar e se renovar.

Entretanto, todos os preparativos devem ser feitos com antecedência e muita atenção, para que nada saia errado durante a viagem. A reserva do meio de transporte é um desses preparativos, ainda se for aéreo. Você é do tipo que costuma se atentar às letrinhas pequenas, códigos e termos na hora de pegar um avião? Se a resposta é não, deveria começar a repensar.

Nós todos sabemos que os números dos voo são importantes quando se trata de verificar monitores de status dos embarques, decolagens e aterrissagens, aqueles luminosos que encontramos nos aeroportos. Mas você sabe interpretar todos aquele códigos que são exibidos? Saiba que eles são importantíssimos, e agora você saberá o porquê. O Ultra Curioso vai te explicar qual o verdadeiro significado do código do voo de um avião, e que com certeza vai te ajudar na próxima vez que você precisar "ir aos ares".

De acordo com Patrick Smith, ex-piloto de linha aérea e autor do livro Cockpit Confidential (um livro sobre segredos e curiosidades sobre aviões e voos), o código de um voo é tecnicamente uma combinação de números e letras, de forma a especificar claramente todas as informações sobre aquele voo (origem, destino, empresa e até o preço deles).

aeroporto_painel_shutterstock_22000042

As duas primeiras letras do código especificam a companhia aérea responsável por aquele voo, mas nem sempre são exatamente as 'iniciais' do nome da companhia. Um voo da Air France por exemplo, terá no código as iniciais "AF". Já da companhia Tam, terá as letras "JJ", e a Gol terá "G3".

Já os números do código, os voos com destino leste e norte têm números pares, e voos sentido sul e oeste possuem números ímpares. Quanto à quantidade de número, quanto menos mais caro e importante ele é. Voos com apenas dois dígitos nos códigos (44, 34, 22 e etc.), por exemplo, costumam ser os mais caros e de mais prestígio na companhia aérea.

Já voos de trajeto de ida e volta, têm em seus códigos um número maior ou menos para diferenciar. Por exemplo: o trajeto Philadelphia - St. Marteen, da US Airways, é realizado pelo voo 1209 (sentido sul), e o voo de volta (sentido norte) fica sendo o 1208.

size_590_Avião_decolando_de_aeroporto

Fonte: Hangar 33

Ultra Curioso
Ultra Curioso o acervo de um dos maiores sites de curiosidades brasileiros.

Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.
Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+