Ciência e Tecnologia

Conheça a droga que faz as pessoas correrem peladas e tentarem fazer sexo com árvores

0

As drogas ilícitas são substâncias proibidas de serem produzidas, comercializadas e consumidas. Em alguns países, determinadas drogas são permitidas sendo que seu uso é considerado normal e integrante da cultura. Tais substâncias podem ser estimulantes, depressivas, ou perturbadoras do sistema nervoso central, o que perceptivamente altera em grande quantidade o organismo.

As drogas mais conhecidas são: maconha, cocaína, crack, ecstasy, LSD, inalantes, heroína, barbitúricos, morfina, skank, chá de cogumelo, anfetaminas, clorofórmio, ópio e outras. Por serem proibidas, as drogas ilícitas entram no país de forma ilegal através do tráfico que promove a comercialização negra, ou seja, a comercialização feita sem a autorização das autoridades.

Dentre as consequência que estas drogas trazem, estão, a arritmia cardíaca, depressão, disforia, alterações nas funções motoras, perda de memória, disfunções no sistema reprodutor e respiratório, câncer, espinhas, convulsões, desidratação, náuseas e exaustão.

Uma nova droga sintética está circulando nos Estados Unidos e as autoridades não sabem o que fazer em relação a ela. Depois de usá-la, um homem tentou quebrar a porta da sede da polícia a chutes, outro correu nu pela rua fugindo de cães imaginários, dezenas morreram: a Flakka, uma droga sintética barata que produz alucinações, se espalha no estado norte-americano da Flórida. Conheça mais sobre a droga.

flakka3A droga é conhecida como “loucura dos 5 dólares”, que é o custo de uma dose. A Flakka é um poderoso e vicioso estimulante produzido na China, é semelhante aos sais de banho, que atingiu particularmente Broward County, no Sul da Flórida (sudeste dos Estados Unidos).

Normalmente a droga é fumada mas também injetada ou inalada. É uma substância altamente tóxica e viciante. Há quase um ano quando a droga apareceu, nas ruas de Broward, 34 pessoas morreram. De acordo com autoridades, as salas de emergência dos hospitais, recebem até 20 casos por dia.

Além de gerar problemas cardíacos, agressividade e paranoia, seu consumo pode levar à psicose. Isso porque a temperatura corporal sobe para 40 graus, por isso as pessoas rasgam suas roupas, acreditam que seu corpo está pegando fogo e vão para as ruas certas que estão sendo perseguidas.

Os casos bizarros não param de crescer. Um homem correu nu pelo seu bairro alegando que estava sendo perseguido por uma matilha de pastores alemães. Pouco tempo depois outro tentou arrombar a porta do Departamento de Polícia de Fort Lauderdale para escapar de um agressor imaginário. A polícia também matou um homem que, drogado com flakka, fez uma mulher refém com uma faca.

162223067_770x433_acf_croppedAs autoridades já estão de olho na droga a muito tempo. Em 2014, o DEA, órgão do Departamento de Justiça do Estados Unidos responsável pela repressão às drogas, já havia proibido a substância. Ainda assim, por ser barata e acessível a droga continua circulando tranquilamente pelo país.

A droga mexe com a química do cérebro dos usuários, fazendo com que eles não tenham controle de seus pensamentos ou ações. Todos parecem achar que há algo ou alguém os seguindo. Depois de usar a droga, um homem saiu correndo nu por um bairro da Flórida.

De acordo com um relatório da Associated Press, o culpado é Flakka – fazendo o homem ter o comportamento perturbado. A droga faz o indivíduo não ter controle sobre suas ações, como o caso do homem nu que teve a tentativa de fazer sexo com a árvore.

A Flakka é proibida pelo DEA. Em outros países, a reação tem sido ainda mais radical. A Irlanda, por exemplo, proibiu todas as drogas psicoativas, a menos que eles sejam legais, deixando apenas o álcool, tabaco e medicamentos isentos. Se os químicos são proibidos de produzir novas substâncias psicoativas, alguns especialistas em política de drogas estão preocupados se as novas drogas irão inibir a inovação médica. Será?

Fonte: VOX 

Os 10 piores filmes de super-heróis

Matéria anterior

Qual o verdadeiro significado do código do voo de um avião?

Próxima matéria

Você pode gostar

Comentários

Comentários não permitidos.