Curiosidades

Quanto tempo levaria para assistir todos os vídeos do YouTube?

0

Você já pensou como seria assistir todos os vídeos do YouTube? Exatamente, todos já postados na história da plataforma, de todos os tamanhos, durações e versões!

Parece uma aventura épica, quase impossível, não é mesmo? Com a expansão da internet, plataformas como o YouTube se transformaram em depósitos de conteúdo, abrangendo desde palestras educacionais até vídeos engraçados de gatos.

Mas já passou pela sua mente quanto tempo seria necessário para dar conta de todo esse material? Os números são de tirar o fôlego!

Sobre o YouTube

O YouTube foi lançado em fevereiro de 2005 por três ex-funcionários do PayPal: Steve Chen, Chad Hurley e Jawed Karim.

A ideia surgiu a partir da dificuldade de compartilhar vídeos online naquela época, e o YouTube rapidamente se tornou uma plataforma popular para hospedar, compartilhar e visualizar vídeos.

Os números mais atualizados de usuários, de 2022, indicam que o YouTube tinha mais de 2 bilhões de usuários conectados mensalmente.

Isso significa que 2/6 da população possui algum tipo de conexão com o site! Claro, algumas pessoas podem ter mais de uma conta registrada, mas, mesmo assim, é surpreendente a quantidade de usuários na plataforma, e isso apenas no ano passado.

Via Pexels

Quanto tempo precisaria para ver todos os vídeos do YouTube?

Agora vamos aos cálculos. O pessoal do Wyzowl fez as contas e revelou alguns fatos surpreendentes.

Com cerca de 800 milhões de vídeos, cada um com uma média de aproximadamente 11,7 minutos, o YouTube forma um verdadeiro oceano de conteúdo.

Para conseguir ver todos esses vídeos, nessas condições, seria preciso cerca de 9,36 bilhões de minutos. Traduzindo para outras unidades de medida, isso equivale a 156 milhões de horas, 6,5 milhões de dias ou incríveis 17.810 anos.

Sim, você leu corretamente — quase 18 milênios dedicados a uma maratona ininterrupta dos vídeos do YouTube!

E isso considerando uma visualização ininterrupta, sem pausa para banheiro, comer ou dormir. Além disso, é uma média de visualizações. Alguns podem ter horas, enquanto outros possuem minutos. Existem vídeos em várias línguas, vídeos que aparecem somente em algumas regiões ou para pessoas autorizadas.

Na prática, a quantidade de vídeos no YouTube é ainda maior do que se imagina nesse cálculo básico.

Mesmo com ajuda?

Mesmo que você se aventurasse nessa tarefa insana com 100 telas reproduzindo simultaneamente, criando uma cena digna de um filme, ainda assim levaria 178 anos.

O enorme volume de conteúdo torna essa missão praticamente impossível. Esse cenário impressionante destaca não apenas a vastidão do YouTube, mas também a natureza sempre expansiva do conteúdo digital em nossas vidas.

E, claro, enquanto você assiste aos vídeos disponíveis no momento, outros vão surgindo. Seria necessário pausar o tempo durante 18 mil anos para tornar essa tarefa minimamente possível.

Via Pexels

Outros cálculos

Por outro lado, outros cálculos mostram como a tecnologia e os conteúdos digitais se tornaram presentes na vida humana.

Tom Ayling, um TikToker e vendedor de livros raros, lançou uma questão interessante: seria possível alguém ter lido todos os livros impressos em inglês?

Para explorar essa ideia, ele estabeleceu alguns parâmetros. Imagine começar a ler um livro por semana aos 10 anos e continuar até os 50, começando no ano de 1500.

A jornada começaria com a exploração dos ‘incunábulos’ – livros impressos em inglês até o ano de 1500, totalizando 294 títulos. Essa fase inicial demandaria cerca de cinco anos e 34 semanas.

Em seguida, o leitor hipotético teria que acompanhar os livros sendo publicados enquanto lia, uma tarefa viável até cerca de 1530.

No entanto, a partir desse ponto, o volume de livros impressos se tornaria grande demais para se manter atualizado. É o mesmo caso dos vídeos do YouTube, mas eles ainda são mensuráveis.

Mesmo assim, a comparação entre horas e a quantidade de conteúdos disponíveis comparáveis é interessante. Existem mais uploads visuais ou livros publicados? Talvez nunca saberemos.

 

Fonte: Mistérios do Mundo

Imagens: Pexels, Pexels

Qual é a maior dor que uma pessoa pode sentir?

Artigo anterior

Pessoas horrorizadas após descobrirem ingrediente das batatas fritas do McDonald’s

Próximo artigo