Saiba como é feita a verdadeira Dança da Chuva

POR A redação    EM Lugares & Construções      05/08/15 às 15h03

Quem já assistiu desenhos, como Pica Pau, com certeza viu referência ao ritual indígena da "Dança da Chuva". Indíos dançando em passos marcados para pedir chuvas aos deuses e espíritos. Nos desenhos, a coisa é bem simples e infantil, mas os rituais verdadeiros são bem diferentes.

Na verdade, diversos povos realizam esse ritual. Maias, Astecas, Tribos Indígenas de vários locais da América e da África, e até mesmo os Antigos Egípcios realizavam esse tipo de ritual. Estudos indicam que os líderes dessas tribos sabiam a hora certa de realizar a dança, a fim de obter os resultados desejados.

d9441

A Dança da Chuva, no entanto, era diferente, dependendo da tribo e do local. A Tribo Hopi, dos Estados Unidos, colocavam cobras na boca e sussurravam orações, acreditando que as preces seriam levadas pelos animais aos deuses-serpentes. Além do líder, dois outros índios também dançavam no ritual, em torno de um círculo.

Os Índios Zuni, também dos Estados Unidos, cantavam e dançavam em zigue-zague. Homens e mulheres usavam pulseiras e máscaras, com o peito adornado de pelas e colares.

Alguns povos eslavos também realizavam a dança. As moças jovens usavam máscaras de folhas e gravelhos, e dançavam em frente às casas do seus povoados. Os donos das casas costumavam jogar água sobre as garotas, a fim de pedir chuvas.

Os não-índios e/ou praticantes de religiões "pagãs" que desejam realizar uma Dança da Chuva, aconselha-se vestir-se de roupas feitas com elementos da natureza, como folhas e galhos de árvores, peles, penas, terra, pedras etc. Deve-se girar em sentido horário, em um campo aberto, com seu próprio canto de chuva, que deve ser rítmico e fácil (ou procure a tribo indígena mais próxima).

Indios-dançando

A redação
EQUIPE FATOS DESCONHECIDOS, BRASIL

Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.
Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+