Entretenimento

Saiba quais são os 10 filmes de maior bilheteria da história do cinema

0

Para os cinéfilos de plantão, a pandemia foi um grande balde de água fria nas maiores produções cinematográficas de todos os tempos. Adultos e crianças tiveram que se contentar com filmes e séries disponíveis nas plataformas de streaming para matar as saudades das telonas durante os períodos de confinamento e lockdown.

Com a flexibilidade do comércio, práticas esportivas e entretenimento, esperava-se que durante o feriado de Ação de Graças de 2021, o número de ingressos vendidos fossem mais alto. Entretanto, levando em consideração que viemos de um período pós-pandêmico, é com todo direito que Hollywood festeja os ganhos de bilheteria do último fim de semana.

Estreou nas telonas uma nova aventura musical original produzida pela Walt Disney Animation. A animação “Encanto” esteve no topo das bilheterias norte-americanas e faturou, no período entre quarta e domingo, um montante de US$ 40,3 milhões. Em âmbito global, a Walt Disney faturou US$ 70 milhões com a nova estreia.

Outra estreia com grande receita adquirida durante a primeira semana de exibição é o longa “Casa Gucci”, da MGM e United Artists, que faturou cerca de US$ 21,8 milhões nos primeiros cinco dias. Dirigido por Ridley Scott e estrelado por Lady Gaga, estes são números recordes para um drama adulto pós-covid.

No ranking de melhor bilheteria, o primeiro lugar pertence à animação “Encanto”, sendo seguido por “Ghostbuster: Mais Além” e em terceiro lugar “Casa Gucci”. Em referência à arrecadação do longa que ocupa o segundo, lugar temos os seguintes números:

  • US$ 35,3 milhões arrecadados durante os cinco dias do feriado de Ação de Graças.
  • US$ 87,8 milhões no acúmulo de dez dias.

Assim como há estreias com grandes números de bilheteria, há também aqueles que não arrecadaram tão bem quanto o esperado. Este é o caso do reboot da Screen Gems e da Sony. A bilheteria de “Resident Evil: Bem-vindo à Racoon City” arrecadou apenas US$ 8,8 milhões no período de cinco dias, ocupando o quinto lugar no ranking de bilheteria, mesmo com a direção de Johannes Roberts e a presença de estrelas como Kaya Scodelario, Hannah John-Kamen, Robbie Amell, Tom Hopper, Avan Jogia, Donal Logue e Neal McDonough.

Filmes com as maiores bilheterias da história

Quando se trata de lucratividade trazida pela estreia de um longa-metragem nos cinemas, falamos diretamente de grandes gastos com produção, roteiro, efeitos especiais, contratação de mão de obra, atores, divulgação, entre outros.

As produtoras cinematográficas têm investido cada vez mais em suas produções, com a intenção de encantar o telespectador e se destacar à frente da concorrência. Por se tratar de um mercado extremamente competitivo, o investimento em divulgação é a “cereja do bolo” para aguçar a curiosidade do público.

Quando se trata de uma série de filmes (como é o caso dos filmes da Marvel) e trilogias, a preocupação maior é manter o interesse do público na história que está sendo contada, na intenção de fazer com que aquele espectador queira assistir e aguarde ansiosamente à continuação da saga.

Independente do que foi feito, as produtoras só vão saber a receptividade do produto final, perante ao público, a partir do momento em que os ingressos começarem a ser vendidos.

Veja abaixo a lista dos 10 filmes de maior bilheteria da história do cinema:

  1. Frozen 2 (2019)

Foto: reprodução

Receita total: US$ 1,450 bilhão

Faturamento nos EUA: US$ 477,37 milhões

Faturamento internacional: US$ 972,65 milhões
Faturamento no Brasil: US$ 30,20 milhões
Faturamento na China: US$ 112,31 milhões
Custo total de produção: US$ 150 milhões

Vale lembrar que apesar de ter estreado em 2019, Frozen 2 só chegou aos cinemas do Brasil no ano de 2020.

 

  1. Velozes & Furiosos 7 (2015)

Foto: Reprodução

Receita total: US$ 1,515 bilhão
Faturamento nos EUA: US$ 353 milhões
Faturamento internacional: US$ 1,162 bilhão
Faturamento no Brasil: US$ 46,6 milhões
Faturamento na China: US$ 390,9 milhões
Custo total de produção: US$ 190 milhões

 

8. The Avengers: Os Vingadores (2012)

Foto: Reprodução

Receita total: US$ 1,518 bilhão
Faturamento nos EUA: US$ 623,35 milhões
Faturamento internacional: US$ 895,45 milhões
Faturamento no Brasil: US$ 63,9 milhões
Faturamento na China: US$ 86,3 milhões
Custo total de produção: US$ 220 milhões

 

7. O Rei Leão (2019)

Foto: Reprodução

Receita total: US$ 1,656 bilhão
Faturamento nos EUA: US$ 543,63 milhões
Faturamento internacional: US$ 1,113 bilhão
Faturamento no Brasil: US$ 69,46 milhões
Faturamento na China: US$ 120,44 milhões
Custo total de produção: US$ 260 milhões

 

6. Jurassic World: O Mundo dos Dinossauros (2015)

Foto: Reprodução

Receita total: US$ 1,671 bilhão
Faturamento nos EUA: US$ 652,27 milhões
Faturamento internacional: US$ 1,019 bilhão
Faturamento no Brasil: US$ 29 milhões
Faturamento na China: US$ 228,74 milhões
Custo total de produção: US$ 150 milhões

 

5. Vingadores: Guerra Infinita (2018)

Foto: Reprodução

Receita total: US$ 2,048 bilhões
Faturamento nos EUA: US$ 678,81 milhões
Faturamento internacional: US$ 1,36 bilhão
Faturamento no Brasil: US$ 66,64 milhões
Faturamento na China: US$ 359,54 milhões
Custo total de produção: US$ 400 milhões

Neste caso, o custo total de produção é referente aos dois filmes que encerram a franquia. Vingadores: Guerra Infinita e Vingadores: Ultimato

4. Star Wars: O Despertar da Força (2015)

Receita total: US$ 2,068 bilhões
Faturamento nos EUA: US$ 936,66 milhões
Faturamento internacional: US$ 1,13 bilhão
Faturamento no Brasil: US$ 27,81 milhões
Faturamento na China: US$ 124,15 milhões
Custo total de produção: US$ 245 milhões

 

3. Titanic (1997)

Receita total: US$ 2,187 bilhões
Faturamento nos EUA: US$ 659,36 milhões
Faturamento internacional: US$ 1,528 bilhão
Faturamento no Brasil: US$ 70,46 milhões
Faturamento na China: US$ 43,92 milhões
Custo total de produção: US$ 200 milhões

 

2. Avatar (2009)

Receita total: US$ 2,789 bilhões
Faturamento nos EUA: US$ 760,5 milhões
Faturamento internacional: US$ 2,029 bilhões
Faturamento no Brasil: US$ 58,21 milhões
Faturamento na China: US$ 204 milhões
Custo total de produção: US$ 237 milhões

 

1.       Vingadores: Ultimato (2019)

Receita total: US$ 2,797 bilhões
Faturamento nos EUA: US$ 858,3 milhões
Faturamento internacional: US$ 1,939 bilhão
Faturamento no Brasil: US$ 85,66 milhões
Faturamento na China: US$ 614,3 milhões
Custo total de produção: US$ 400 milhões

Neste caso, o custo total de produção é referente aos dois filmes que encerram a franquia. Vingadores: Guerra Infinita e Vingadores: Ultimato

Fonte: Mais Goiás e Omelete

Banco Central do Brasil libera Pix Saque e Pix Troco para a utilização

Matéria anterior

8 Pontos turísticos em Goiás para quem quer economizar na hora de viajar

Próxima matéria

Comentários

Comentários não são permitidos