Técnica japonesa permite fazer multiplicação fácil em poucos segundos

POR Pietro Bottura    EM Ciência e Tecnologia      29/10/14 às 19h46

Sempre quis saber multiplicar rápido pra se dar bem nas provas, ou talvez até pra passar menos vergonha na hora de fazer as contas e conferir o troco? A multiplicação é uma operação bastante complicada, e até pra quem decora consegue dar dor de cabeça. Afinal, como dizer quanto é 28 x 13 rapidamente? Pouca gente conseguiria, em especial num momento de cansaço, onde seria muito mais fácil simplesmente ter uma caneta e um pedaço de papel.

E comos somos seus amigos, vamos te ensinar, mas o preço é o seguinte: pegue uma caneta ou lápis e uma folha de papel e acompanhe os vídeos a seguir: só de assistir pode parecer fácil, mas não dar certo depois, e o método é simples, mas você precisa aprendê-lo direito. Sem mais delongas, acompanhe a simples explicação e veja se consegue entender com esses 3 vídeos:

E aqui outro exemplo, manual:

https://www.youtube.com/watch?v=uElp6Ptidb4#t=93

Mais uma vez - dessa, tente fazer junto com a moça do vídeo!

Ficou claro? Se não ficou, funciona da seguinte maneira:

1) você escreve cada numeral com um número de linhas equivalente, ou seja, usando nosso exemplo da introdução, de 28 x 13, faríamos duas linhas (2) e oito (8), todas na mesma direção e com um espaço entre a marcação do 2 e do 8.

2) Depois, traçando linhas que cruzam com as anteriores, o mesmo processo para o 13: uma linha (1) e três (3).

3) Por fim, é só imaginar a figura criada como um quadrado virado (ou losango), e dele isolar a ponta esquerda de cima e direita de baixo para facilitar a contagem. O processo também funciona para algarismos com mais números, e com a prática, é possível fazê-lo em menos de 30 segundos.

E você, conseguiu aprender? Gostou?

 

Pietro Bottura
EQUIPE FATOS DESCONHECIDOS, BRASIL

Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.
Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+