Entretenimento

Ursinho Pooh vira assassino em filme de Terror

0

As pessoas que se lembram do Ursinho Pooh sendo amável e fofo podem se surpreender com o personagem da Disney se tornando protagonista de um filme de terror no qual ele é um assassino em série. 

Intitulado como “Winnie the Pooh: Blood and Honey” (“Ursinho Pooh: Sangue e Mel”, em tradução livre para o português), o filme foi gravado em dez dias na Inglaterra e teve as filmagens concluídas no começo do mês de maio.

Junto com o anúncio, feito na noite da última quarta-feira (25/05), algumas imagens foram compartilhadas e mostram cenas aterrorizantes que serão exibidas na produção.

Qual o tema do filme?

Foto: Divulgação

Em entrevista à Variety, o diretor do filme, Rhys Waterfield, revelou alguns detalhes da trama do filme macabro. “Pooh e Leitão serão vilões à solta. Christopher Robin se afasta deles quando vai para a faculdade e não os deixa alimentados. A vida dos dois se torna bem difícil.”

“Como eles tiveram que se virar sozinhos por muito tempo, eles acabam se tornando feras. Estão de volta às suas raízes animalescas. Eles não são mais bonzinhos, são um urso implacável e um porco que querem sair por aí em busca de presas”, acrescentou.

Como a Disney deixou?

Foto: Divulgação

Para muitas pessoas é difícil imaginar que a Disney teria deixado isso acontecer. No entanto, a empresa não conseguiria impedir a produção porque ela não tem os direitos das primeiras histórias do personagem, escritas em 1926, por A.A. Milne. Elas entraram em domínio público em janeiro deste ano.

Porém, o cineasta não poderá fazer referências diretas ao Ursinho Pooh da Disney. Com isso, a tradicional camisa vermelha foi trocada por uma roupa de lenhador. 

“Winnie the Pooh: Blood and Honey” ainda não possui data de lançamento. Contudo, o diretor disse à Variety que a repercussão positiva deve acelerar o processo de pós-produção.

Curiosidades sobre o Ursinho Pooh

Foto: Reprodução

Antes de ser um personagem de filme de Terror, o Ursinho Pooh marcou a infância de diversas gerações com um desenho animado produzido pela Disney.

Veja abaixo algumas curiosidades sobre o Ursinho Pooh.

Desenho do Ursinho Pooh foi inspirado em brinquedos

Foto: Getty Images

Alan Alexander Milne, criador de Ursinho Pooh (Winnie the Pooh), inspirou-se na infância do filho para desenvolver a história. Christopher Robin Milne costumava viver várias aventuras com as suas pelúcias. Elas tinham formas de diversos animais, como urso, tigre e porco. Por isso, o escritor criou um universo em que a infância do filho ficaria imortalizada.

No entanto, Christopher Robin Milne viveu vários problemas por causa da fama de Pooh. O garoto foi intimidado por colegas na escola e na vida adulta encontrou dificuldade para conseguir trabalhos em áreas que não tinham relação com a escrita.

Além disso, em seu livro de memórias, “The Enchanted Places”, lançado em 1974, Milne afirmou que sentia como se o pai tivesse conquistado o sucesso por causa dele, mas deixou para ele apenas a fama de ser o filho do escritor do Ursinho Pooh.

Pelúcias de Milne estão em acervo de biblioteca

Foto: Wikimedia Commons/Reprodução

As pelúcias originais de Milne que inspiraram o desenho estão guardadas na Biblioteca Pública de Nova York desde 1987. Elas estão expostas para o público na sala Infantil. No local é possível ver o Ursinho Pooh, Tigrão, Leitão e Ló. Guru foi perdido antes da exposição, e os outros personagens foram inventados pelo escritor.

Ursinho Pooh foi desenhado à mão por diversos anos

Foto: Reprodução

Durante o desenvolvimento de Pooh, o avanço tecnológico ainda caminhava lentamente. Por isso, Milne precisou desenhar o personagem à mão em todas as histórias que foram lançadas. Mesmo após a Disney ter o direito de produzir a história, a tradição se manteve por diversos anos, com o objetivo de manter a originalidade da imagem do ursinho.

Fonte: Splash, TecMundo

Mulher salva cachorro que caiu de 6 metros de altura

Matéria anterior

Homem adepto ao poliamor é homenageado pelas esposas com tatuagem

Próxima matéria

Comentários

Comentários não são permitidos