Curiosidades

Valentina Tereshkova, a primeira mulher a ir para espaço

0

Felizmente, o mundo está mudando e a mulher está cada vez mais ganhando espaço em todas as áreas. Recentemente, a NASA anunciou o seu plano de enviar a primeira mulher à Lua até 2024. E isso é motivo de comemoração. Assim como aconteceu lá em 1963, quando a primeira mulher foi para o espaço.

Enquanto os Estados Unidos não priorizavam a questão da participação feminina em seus projetos, os russos viram isso como uma oportunidade e a usaram. Eles treinaram uma equipe composta apenas por mulheres para o seu programa de cosmonautas. Valentina Tereshkova acabou tendo o melhor desempenho durante a fase de treinamento e foi a escolhida para viajar para o espaço no dia 16 de junho de 1963.

Hoje, com 82 anos de idade, Valentina ainda tem planos audaciosos quando se trata de explorar o universo. Durante um evento de comemoração dos 50 anos de sua viagem histórica, em 2013, ela chegou a dizer que gostaria de viajar para Marte, mesmo que fosse um voo apenas de ida. Valentina acabou se tornando uma heroína e símbolo para muitas meninas. Conheça um pouco da sua história.

Valentina Tereshkova

Nascida em 6 de março de 1937, na cidade de Bolshoye Maslennikovo, Valentina é de família comunista de trabalhadores. Seu pai era motorista de trator, e sua mãe trabalhava como operária em uma fábrica têxtil.

A garota entrou na escola aos 8 anos de idade. Quando fez 16 anos, ela começou a trabalhar com a sua mãe na fábrica para ajudar a sua família e saiu da escola. No entanto, ela nunca abandonou os estudos. Ela continuou estudando por meio de cursos à distância até concluir os estudos básicos. Alguns anos depois, a jovem de família humilde viria a se tornar uma heroína nacional.

Desde muito jovem, Valentina já demonstrava interesse por aventuras, e isso foi um fator determinante para suas escolhas futuras. Aos 22 anos, ela entrou para um clube de paraquedistas amadores. Nessa mesma época, ela se tornou secretária da Liga Comunista da Juventude da sua cidade, conciliando tudo isso com o seu emprego como operária.

Em 1961, Sergei Korolev, diretor do programa espacial soviético, anunciou os seus planos de enviar uma mulher ao espaço. Foi quando Valentina decidiu se preparar para se tornar uma cosmonauta. Ela foi uma das 5 escolhidas entre 5 mil candidatas do programa de treinamento espacial. Valentina passou 7 meses fazendo um treinamento intensivo, que incluía testes físicos, pilotagem de jatos e isolamento completo.

Viagem ao espaço

Na fase final do programa, restaram apenas duas finalistas, Valentina Tereshkova e Valentina Ponomaryova. Inicialmente, o plano do governo soviético era fazer um voo duplo, com duas mulheres indo ao espaço em duas naves separadas. Por fim, acabou ficando decidido que a outra nave seria pilotada por um homem. Sendo assim, só uma das duas finalistas iria para o espaço.

Embora Valentina Ponomaryova, que era engenheira e cientista, fosse considerada mais preparada tecnicamente para a missão, foi Tereshkova quem foi a escolhida. Muito dessa escolha foi motivada pelo seu perfil, vista como a mulher soviética ideal: trabalhadora, humilde e comunista.

No dia 16 de junho de 1963, a nave soviética Vostok 6 partiria da cidade de Baikonur rumo ao espaço com Valentina a bordo. Durante 71 horas, ela permaneceu em órbita e completou 48 voltas ao redor da Terra. Aos 26 anos de idade, Valentina fez história e se tornou a primeira mulher a ir ao espaço. Ela retornou em segurança para a Terra no dia 19 de junho, e até hoje, permanece como a única mulher a ter feito uma viagem sozinha ao espaço.

Depois disso, Valentina se tornou uma heroína, e chegou a receber condecorações do seu país. Entre elas, o título de Herói da União Soviética e a Ordem de Lenin. O seu rosto ficou conhecido por todos, e até estampou selos e monumentos. Desde então, Valentina nunca mais retornou ao espaço, mas aos 82 anos, ela revelou o desejo de fazer parte do grupo que vai colonizar Marte.

E você, já conhecia a história da Valentina? Conta para a gente nos comentários e compartilhe com os seus amigos.

Disney tem mais de 50 filmes em desenvolvimento para a próxima década

Matéria anterior

Valhalla, o lar dos deuses nórdicos e dos maiores guerreiros

Próxima matéria

Mais em Curiosidades

Você pode gostar

Comentários

Comentários não permitidos.