Notícias

Passageiro é expulso de avião após acusação de ‘urinar no irmão’

0

Uma cena inesperada ocorreu em um avião da companhia Jet2 no início de maio. Na ocasião, um passageiro foi retirado pela polícia em um voo entre Londres, capital da Inglaterra, até a ilha grega de Creta. O motivo é o mais surpreendente: o passageiro urinou no próprio irmão durante uma briga.

Os passageiros responsáveis pela confusão envolvendo fluidos corporais foram identificados como Alfie e Kenneth Springthrope. Assim, a comoção foi tanta que forçou o piloto a pousar a aeronave em outro local no mar Mediterrâneo, na ilha de Corfu.

Esse desvio de rota causou um atraso na viagem com cerca de 200 passageiros, em mais de 3 horas e 45 minutos. Alguns deles até ficaram retidos em Creta posteriormente. Por conta do imprevisto, a companhia foi obrigada a arcar com os custos gerais de hospedagem dos passageiros.

Dessa forma, em um comunicado à imprensa sobre o caso, a Jet2 declarou que emitiu uma multa de 50 mil libras esterlinas (o equivalente a cerca de R$ 300 mil) para os irmãos. Além disso, a companhia os baniu para sempre dos voos.

De acordo com o tabloide Daily Mail, um passageiro presente no avião chegou a gravar a briga familiar. Ele contou que um dos irmãos estava bêbado ao ponto de não conseguir ir ao banheiro. Por essa razão, ele teria urinado no outro irmão. “Não estou surpreso, depois de beber 1,5 litro de vodca Cîroc no avião”, escreveu o homem na postagem nas redes sociais.

Segundo ele, encontraram duas garrafas de bebida alcoólica sob os assentos que a dupla ocupava depois que a polícia retirou os irmãos da aeronave.

Avião pousa em Fortaleza após passageiro morrer durante voo

Barbara Moira

Já um voo da AirEuropa, que saiu de Madri, na Espanha e estava a caminho de Assunção, no Paraguai, precisou pousar em Fortaleza por um motivo mais assustador. Isso porque, na manhã da última sexta-feria, um passageiro precisava de atendimento durante do voo, mas ele não resistiu e faleceu.

De acordo com a empresa que administra o Aeroporto de Fortaleza, Fraport, apesar do atendimento prestado ao passageiro, ele não conseguiu sobreviver. Sendo assim, a causa da morte não foi noticiada.

Duas mulheres acusam homem de abuso durante voo nos Estados Unidos

Alan Wilson / CC BY-SA 2.0, via Wikimedia

Um passageiro de um voo doméstico nos Estados Unidos está sendo acusado de agressão sexual por duas mulheres a bordo de uma aeronave da companhia JetBlue. Se a Justiça o considerar culpado, poderá passar três anos na prisão e pagar uma multa de US$ 250 mil.

De acordo com a mídia local, o homem da Califórnia foi indiciado por abusar sexualmente de duas mulheres a bordo do voo, que tinha como destino a cidade de Boston.

Dessa forma, uma das vítimas, mãe de dois filhos, estava cuidando de seu bebê quando sentiu o homem sentado ao seu lado acariciar sua coxa e tocar na sua virilha. Em seguida, ela gritou “este homem acabou de me apalpar” enquanto pressionava o botão de chamada da comissária de bordo e apontava para o passageiro, de 42 anos.

O marido da vítima também se levantou para buscar uma comissária de bordo. Então, ao ver a movimentação, uma segunda vítima se sentiu encorajada para fazer sua denúncia. Ela relatou que o mesmo homem havia apalpado suas nádegas e virilha.

Apesar do ataque, que aconteceu dentro dos 30 minutos iniciais do voo, o avião seguiu até o destino, a cinco horas de Los Angeles. O suspeito ficou num assento apartado dos demais até a aterrissagem. Em seguida, a polícia o retirou.

No entanto, para a polícia, ele contou que tomou um remédio para dormir quando o suposto ataque aconteceu. Com isso, ele alega que não agrediu a primeira vítima por não a achar atraente e que qualquer contato com as duas deve ter sido acidental.

Fonte: R7

Conheça o fenômeno das roupas digitais

Previous article

NASA anuncia novos trajes espaciais

Next article

Comments

Comments are closed.