Curiosidades

Veja como e quando o pão francês se tornou o queridinho dos brasileiros

0

Quase todas as pessoas adoram um bom pão francês, principalmente os brasileiros. No século 19, o pão mais comum no Brasil tinha miolo e cascas duras. No século 20, se aproximando a Primeira Guerra Mundial, diversos dos filhos da elite de São Paulo voltaram da Europa, descrevendo o pão que os franceses produziam. Segundo eles, o alimento era cilíndrico, macio, com miolo branco e uma casca dourada e bem crocante. Era uma tipo de precursor de baguete, no entanto, um tanto menor.

Estima-se que, ao tentar reproduzir a receita recomendada pelos mais novos, os cozinheiros das famílias mais ricas, assim como os padeiros de São Paulo, acabaram criando o pão francês como conhecemos. É claro que o nosso pão francês é bastante diferente do pão da França. Isso porque, como falamos, foi alterado por nossos cozinheiros antigos. Até hoje, na capital paulista, o nome do alimento é “pão francês”. Enquanto isso, em outras regiões do Brasil, a nomenclatura pode mudar. Pensando nisso, trouxemos algumas informações sobre esse alimento tão querido pelos brasileiros desde sempre.

Como o pão francês é chamado em outras regiões

Em padarias no interior de São Paulo, é comum ver as pessoas chamando o pão de “filão”. Não sabemos o motivo, mas estima-se que seja uma forma de chamá-lo há dezenas de anos. Já no Rio Grande do Sul e na Bahia, costumam chamar o alimento de “cacetinho”. “Carioquinha” é como chamam o pão no Ceará. Na Paraíba, o termo mais utilizado para se referir ao pão francês é “pão aguado”. Em Sergipe, as pessoas chama o pão de “pão jacó”. Por fim, “careca” foi o nome dado ao famoso pão francês no Pará.

Pães no Brasil

Há tipos de pães para todos os gostos. Apesar de ser forte a preferência pelo tradicional, surge no país, interesse por alternativas e pelo processo de produção dos alimentos. Para nós, brasileiros, o pão francês é quase uma unanimidade. Esse alimento é consumido por 95,7% das pessoas que moram em São Paulo. Esses dados foram levantados a partir de uma pesquisa, realizada em 2019, sob encomenda da Puratos. Por outro lado, cresce a procura, pelo chamado pão de fermentação natural.

A mesma pesquisa mostrou ainda que 46% dos paulistanos já experimentaram um pão assim. O pão francês, de fato, está na vida de quase todos os brasileiros, seja no café da manhã ou no lanchinho da tarde. Virou opção para diversas receitas, não se limitando apenas ao tradicional pãozinho com manteiga.

E aí, o que você achou dessa matéria? Comente então pra gente aí embaixo e compartilhe com seus amigos, pois o seu feedback é extremamente importante para o nosso crescimento.

Conheça Burn the Witch, o novo anime do mesmo criador de Bleach

Matéria anterior

A China zerou os contágios por coronavírus

Próxima matéria

Comentários

Comentários não são permitidos