10 animais astronautas que foram ao espaço

POR Pietro Bottura    EM Mundo Animal      08/12/14 às 19h57

Se você acha que somente os humanos são capazes de colocar trajes espaciais, sair da atmosfera e dar uma olhada na Terra pelo lado de fora, está bastante enganado. Muito antes do homo sapiens tentar ir ao espaço ou à Lua, vários animais já haviam desbravado o espaço, ainda que provavelmente sem nem saber o que estava acontecendo.

A maioria deles teve um fim trágico, mas, para um cachorro, será que existe alguma coisa mais exótica do que ir pra outro planeta? À parte das discussões sobre direitos animais, já que a maior parte dessas coisas foi feita numa época em que esse tema mal existia, conheça a história de 10 espécies já levadas ao espaço:

Ratos

Top-10-Animal-Astronauts

Desde 1950 foram feitas experiências tentando enviar ratos ao espaço, mas só em 1961 os pilotos de teste conseguiram voltar à Terra vivos, quando um centro espacial francês enviou um rato chamado Hector ao espaço.

Cachorros

The-world

O animal astronauta mais famoso talvez seja a cadela russa Laika, o primeiro ser vivo a sair de órbita, que alçou voo em 3 de novembro de 1957, no foguete Sputnik 2, onde morreu pelo stress e calor.

Aranhas

spider-in-space

Muito antes do Venom encontrar Peter Parker, as aranhas e o espaço já tinham uma relação especial, quando duas aranhas de jardim, chamadas Anita e Arabella, foram enviadas numa missão espacial, em 1973. Ambas morreram de desidratação, e foi descoberto que, apesar de mais devagares, elas faziam teias melhores no espaço.

Tartarugas

space-turtle

Duas tartarugas soviéticas foram enviadas ao espaço em 1968, dando uma volta ao redor da Lua e retornando à Terra. Em 1974, a experiência foi repetida, e deixou os animais viajando fora da Terra por 90 dias, um recorde até então.

Macacos

Space-monkey-Baker

Desde 1940 tentam enviar primatas ao espaço, mas quase todas as tentativas falharam. Ao menos até 1961, quando os macacos Ham e Enos foram bem sucedidos, em diferentes missões, sendo a segunda espécie (depois dos cães) a sair de órbita e retornar viva.

Peixes

space-fish

Os peixes "mummichog" foram escolhidos por sua capacidade de sobrevivência em condições extremas, em 1973, a bordo da nave "Skylab 3". Posteriormente, outras espécies foram testadas, também com sucesso.

Gatos

NASA-Cats

Logo depois de enviar ratos, os franceses tentaram enviar gatos ao espaço, em outubro de 1963, quando um gato chamado "Felix" conseguiu ser lançado e voltar vivo.

Porco da Índia

Guinea-pigs

Em março de 61 um porquinho da Índia foi lançado pela União Soviética ao espaço, junto com ratos, répteis, um cachorro e outras espécies. Em 1990 foi a vez da China, que enviou os roedores junto com plantas e conseguiu não os matar no processo.

Sapos

frogs-in-space

A NASA enviou dois sapos ao espaço em 1970, para descobrir como o ouvido interno, que controla o equilíbrio, funcionaria no espaço, onde não há gravidade. A pesquisa foi bem sucedida, mas os anfíbios morreram.

Tritões

Experiments-with-newts-in-space

 

Esses parentes das salamandras não só foram ao espaço, mas também tiveram seus membros dilacerados. No espaço, regeneraram-se mais rápido que na Terra, o que, junto com a pesquisa sobre as aranhas, confirma que o espaço parece aumentar nosso metabolismo.

Pietro Bottura
EQUIPE FATOS DESCONHECIDOS, BRASIL

Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.
Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+