Todos estudamos história na escola. As guerras mundiais, Grécia e roma antiga, colonização, tudo nos menores detalhes, mas nada realmente instigante e que não te deixasse tirar aquele cochilo escorado na parede ou mesmo debruçado na mesa.

Todos sabemos que datas e figuras históricas, está na ponta da língua que a Revolução Francesa foi em 1789 e que o líder do partido nazista da Alemanha era Adolf Hitler. Mas e perguntas mais importantes como: Quem foi o líder mais pervertido da história?

Pode esquecer tudo o que aprendeu em instituições escolares, pois agora chegou o momento de reaprender a história por uma nova ótica que é realmente interessante. Segue a lista de 10 fatos históricos que não te ensinam na escola.

10. Anne Frank era muito curiosa sobre suas partes femininas e discutia masturbação e menstruação frequentemente em seu diário

61768

Grandes partes do diário de Anne Frank foram editadas pelas escolas antes de contarem sua história. O que deixa muito parte de seu auto descobrimento longe do alcance dos olhos do mundo.

9. Muitos historiadores dizem que durante a Batalha de Azincourt (Guerra dos cem anos)  soldados marchavam com as calças arriadas

32

Disenteria era um grande problema nessa época, então acredita-se que soldados andavam com as calças já abaixadas para não perderem tempo quando a vontade batia.

Publicidade
continue a leitura

8. O presidente dos Estados Unidos, Warren Harding, escreveu mais de mil páginas de conteúdo erótico para sua amante de 15 anos, Carrie Phillips

22

Em suas cartas, o presidente chamava seu "membro" de Jerry e constantemente convidava a jovem para sua casa de lago.

7. Durante centenas de anos mulheres da família real fizeram seus partos em frente de plateias

43 (1)

Embora hoje não seja muito normal, antigamente o parto era um considerado um evento público. Dizem que até Maria Antonieta quase foi morta pelos espectadores do parto de seu bebê.

6. Confessionários foram criados para evitar que padres fizessem sexo com jovens que iam se confessar
52

Devido ao comportamento de padres, a igreja resolveu que todas as confissões deveriam ser feitas em locais que separassem os padres dos fiéis.

Publicidade
continue a leitura

5. Catarina, a Grande tinha um salão sexual secreto onde os móveis eram cobertos de pênis e pernas abertas

62

Aparentemente Catarina tinha esse salão por décadas antes de ser descoberto durante Segunda Guerra Mundial.

4. A primeira estreia de filme aberta para o grande público foi em 28 de dezembro de 1895. Menos de um ano depois o primeiro filme pornográfico foi lançado

82

Com o título 'Le Coucher de la Mariée' o filme foi o primeiro lançado de seu gênero.

3. Mozart compôs uma obra com o título “Lech Mich im Arsch” que na tradução livre é "Lambe minha bunda". Essa foi uma de várias que ele escreveu

92

Publicidade
continue a leitura

2. Ghandi conduziu experimentos de castidade onde garotos e garotas tomavam banho e dormiam juntos, mas eram punidos por qualquer atividade ou conversa de cunho sexual

102

O próprio Ghandi dava banho em seu assistente pessoal, mas dizia não ser indecente pois ele o fazia de olhos fechados.

1. O filósofo, escritor e compositor Jean-Jacques Rousseau adorava tanto ser espancado sexualmente que corria pelado na rua atrás de mulheres

113 (1)

Em sua biografia intitulada "Confissões", Rousseau admitiu que gostava de uma boa palmada erótica.

Bônus: Incesto era comum na Idade Média

31

As famílias nobres queriam manter o "sangue puro" de suas dinastias. Para isso, era feito o casamento entre primos e até irmãos.

Publicado em: 23/06/15 16h16