• MAIS LIDAS
  • QUIZ
  • VÍDEOS
  • ANUNCIE

10 fatos sobre o lado sujo da indústria da moda que vão te impactar

POR Natália Pereira    EM Entretenimento      29/03/18 às 14h24

Já tem um bom tempo desde que a indústria da moda começou a ser desmascarada nos veículos de comunicação. No começo as pessoas olhavam para as modelos e viam um ideal de beleza, um exemplo a ser seguido, e mesmo que alguns ainda vejam desta forma, a visão geral do assunto já começou a mudar, felizmente. Fazendo com que a idealização empregada sobre ela comece a ser desmascarada.

Mas, ainda que uma visão mais "consciente" sobre o assunto tenha se formado, as ações a respeito dela parecem ter seguido o lado contrário. As lojas de departamento são a prova mais palpável que temos de como a produção tem sido feita em larga escala, devido o consumo exuberante da população. Mas, ainda assim, não é difícil perceber o quão exagerado isso tem sido. Uma estimativa divulgada em 2016 afirmou que cerca de 80 bilhões de peças de roupas são produzidas no mundo, todos os anos.

E, de uma forma ou de outra, isso abre as portas para diversos outros problemas que estão fugindo do controle. Além disso, aqueles que se sujeitam a adentrar esse mercado tem que aguentar diversas situações conturbadas, e tem se mantido calado sobre isso por muito tempo. Mas, depois de tanto tempo, já é hora de falar sobre o assunto. Esses são alguns dos problemas enfrentados por essas pessoas.

1 - Vida financeira

Por mais que a vida de modelo seja comummente associada ao glamour e a fortuna as coisas não são realmente assim, principalmente para quem está tentando adentrar o mercado. Muitos aspirantes a modelo acabam dividindo o apartamento com outras pessoas do mesmo mercado para cortar gastos. E, as audições em outras cidades costumam ser bem conturbadas, com 4 ou 6 pessoas no mesmo quarto, dividindo beliches.

Além disso, se tratando das agências de modelos, quando os grupos de modelos precisam de uma hospedagem ela acaba saindo bem mais cara para eles. E, caso um modelo resolva sair do meio, quando ele fizer isso, pode acabar acumulando uma grande quantidade de dívidas.

2 - A busca pela perfeição

Cada país possui um ideal de beleza específico e, por mais que eles se assemelhem em alguns aspectos, sempre existe uma diferença entre um e outro. Ou seja, não importa o que você faça, nunca conseguira agradar a todos. Mas, isso não faz com que as pessoas desistam de tentar. E, para fazer com que isso seja possível, muitas acabam aderindo processos cirúrgicos.

O problema é que isso se torna tão comum e "natural" que essas modelos começam a acreditar que não são bonitas o suficiente sem esses procedimentos. As cirurgias faciais são extremamente comuns na Coreia do Sul e fazem alterações significativas no rosto das modelos.

3 - Exploração

Mesmo que a modelo trabalhe de forma "independente", muitas vezes elas acabam sendo obrigadas a assinar contratos com agências específicas, caso desejem trabalhar para eles. O problema é que esses contratos acabam fazendo exigências desfavoráveis para as modelos, fazendo com que elas não possam trabalhar para outras empresas. E ainda não recebem os mesmos direitos que um funcionário integral.

4 - Fraudes

A indústria da moda ainda é um mercado fechado e, por isso, não é fácil entrar nele. Mas, quando se está começando, a falta de informação acaba fazendo com que você se depare com fraudes. Agências fraudulentas surgem e desaparecem a todo momento. Elas se aproveitam do trabalho das modelos e depois simplesmente desaparece. E, algumas vezes, isso pode se tornar ainda mais grave.

Um caso registrado pela polícia de Miami mostrou um esquema de criminosos que acabou colocando um anúncio falso na internet. Diversas modelos foram violentadas sexualmente e o caso ganhou muita repercussão

5 - Assédio sexual

Como você pôde ver no caso anterior, registros de mulheres violentadas sexualmente depois de caírem em um golpe já aconteceram e não são um caso à parte. E, infelizmente, esses não são os únicos momentos em que isso pode acontecer. Existem vários exemplos de mulheres coagidas a fazerem sexo com produtores para conseguirem emprego. E, se você está um pouco mais por dentro desse assuntos, provavelmente vai se lembrar do caso envolvendo Dov Charney.

O homem é o fundador da empresa American Apparel e foi acusado de assédio sexual depois de alguns relatos feitos. Dov obrigava as mulheres a andarem nuas, ou seminuas, em sua frente e até fazerem sexo com ele caso desejassem um trabalho.

6 - Uso de substâncias ilícitas

Apesar de parecer algo puramente cinematográfico, a realidade mostrada nas telinhas não é assim tão diferente. Muitas mulheres acabam fazendo uso da cocaína para se tornarem mais magras e, depois que começam, abandonar o vício pode ser realmente difícil. Além disso, os "amigos" desse meio podem acabar sendo uma forte influência, fazendo com que isso seja quase inevitável.

Um dos maiores problemas nesse ponto é que já houveram vários casos de crianças modelos que ficaram viciadas e Kayley Chabot foi a prova disso. Ela iniciou a carreira aos 13 anos e ouviu logo de cara que deveria perder 2,5 centímetros em seus quadris. Uma pressão como essa, colocada sobre uma criança, pode ser drástica. Assim, ela acabou se viciando.

7 - Burlando a lei

Por muito tempo, era fácil fazer com que as garotas mentissem a sua idade. Muitas modelos começam cedo, quando tem apenas 13 anos de idade, e isso não é permitido em todos os lugares. Uma garota chamada Nadya acabou sendo documentada na Girl Model depois que foi enviada para o Japão sozinha para uma audiência. E, ao chegar lá, teve que dizer que tinha 15 anos.

Mas, infelizmente, o problema não é só esse. Quando uma criança entra nesse mercado, acaba se sujeitando a situações conturbadas e difíceis para alguém da sua idade. Nas audições, a maioria das garotas tem que se trocar na frente de desconhecidos. E, em alguns casos, acabam ficando dessa forma em frente de estilistas, designers, fotógrafos e jornalistas. E não para por aí, a pressão sobre elas pode ser realmente prejudicial.

8 - Falta de apoio

A maioria das modelos que começam na área não tem apoio da família e acabam tendo que se virar por conta própria. E essas desavenças familiares acabam sendo aproveitadas pelas agências de modelos. Como falamos em alguns tópicos acima, elas acabam tendo que depender de desconhecidos e são exploradas por isso. Fazendo com que muitas acabem endividadas e tenham que trabalhar ainda mais.

9 - A interferência da internet

O desenvolvimento da internet tem os seus prós e contras, como basicamente tudo. Mas, as redes sociais acabaram se tornando, além de uma oportunidade, quase que uma obrigação. Atualmente as modelos precisam estar inseridas na mídia. Mantendo pelo menos uma rede social saudável para poderem concorrer a um trabalho. E isso nem sempre é algo positivo. Afinal, conseguir seguidores não é assim tão fácil.

10 - O descarte

Esse ponto não é tão difícil de se perceber, apesar de ser um ponto realmente prejudicial a longo prazo. A indústria da moda é tomada, principalmente, por modelos jovens. E, muitas vezes, essas garotas acabam deixando tudo para trás para se arriscar no mercado, deixando o ensino e a família para trás. O problema é que, com o passar do tempo, as propostas de trabalho começam a desaparecer.

Modelos mais velhas não tem tanta oportunidade quanto as jovens e muitas acabam tendo que desistir do meio depois de algum tempo. Mas, quando fazem isso, não tem muitos lugares para onde elas podem ir.

Apesar de serem "endeusadas" e amplamente divulgadas como um ideal, as modelos passam por diversas dificuldades em suas carreiras. E as sitadas acima são apenas algumas delas, das quais muitas pessoas não tem consciência. Mas e você, já sabia disso?

Próxima Matéria
Natália Pereira
EQUIPE FATOS DESCONHECIDOS, BRASIL
As categorias Terror, Sobrenatural, CreppyPasta e entretenimento têm como único objetivo de entreter. Não devem ser utilizadas como fontes de artigos científicos ou trabalhos escolares.
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+