10 parasitas perigosos que podem estar na sua comida

POR A redação    EM Natureza      11/09/15 às 16h01

Os parasitas são considerados grandes agressores - seres vivos que retiram de outros organismos os recursos necessários para sua sobrevivência. Eles podem se multiplicar no interior do corpo humano. Na maioria das vezes são transmitidos através dos alimentos. Mas podem vir também da água contaminada ou fezes.

Só de pensar que esses parasitas podem estar na nossa comida, já ficamos apreensivos. Não é verdade? Mas existe alguns fatores de risco para a presença desses indesejáveis seres: viver ou visitar um país onde existem parasitas, falta de higiene (água e comida), sistema imunológico enfraquecido, por exemplo, por causa da AIDS, entre outros.

Se você sempre quis saber como esses seres vivos chegam até nós, confira a lista de 10 parasitas mais perigosos que podem estar na sua comida e você não sabe!

Taenia solium

s621259426347860403_p5_i4_w500Tênia é o nome que se dá a uma espécie de parasita que se hospeda no intestino dos vertebrados. Este parasita pode medir até 13 metros de comprimento! Dá para imaginar? Humanos são infectados por solitárias geralmente através da carne de porco, que pode ter larvas minúsculas desse verme; quando não cozidas totalmente, os parasitas acabam chegando ao sistema digestório, onde se desenvolvem e se alimentam dos alimentos que consumimos.

Antes de chegar ao intestino delgado do homem, ela passa por hospedeiros intermediários, que são o boi (Tênia saginata) e o porco (Tênia solium). Após infecção, o homem passa a apresentar uma doença conhecida como teníase. Dentre as consequências podemos citar a desnutrição e, no caso da ingestão dos ovos em vez das larvas, a coisa pode ficar ainda mais grave, já que isso pode causar a cisticercose, que prejudica principalmente o sistema nervoso central, dando origem a crises epiléticas e a outros problemas motores.

Echinococcus granulosus

aO nome comum do Echinococcus granulosus é a conhecida tênia anã do cão, seu local de predileção é fígado e pulmões nos hospedeiro intermediário, que são os ruminantes domésticos e silvestres, homem e primatas, suínos e lagomorfos. Ele mede entre três e sete milímetros, apenas. São vermes que se hospedam geralmente em cachorros ou ovelhas. Humanos podem se infectar por meio da ingestão acidental de ovos desses protozoários, presentes nas fezes dos animais portadores. A infecção humana pode resultar em desconforto respiratório ou aumento de volume abdominal, dependendo de haver a presença ou não de infecção nos pulmões ou no fígado.

Echinococcus multilocularis

raposa 1Seus hospedeiros favoritos são raposas e roedores, mas podem se fixar também em cachorros e gatos. É muito comum na America do Norte e da Europa. Os adultos parasitam o intestino delgado de canídeos, e as larvas utilizam como hospedeiro intermediário roedores e o homem, causando o cisto hidático. Esses cistos podem provocar até morte de pacientes que não fazem o tratamento médico.

Toxoplasma gondii

wA conhecida Toxoplasmose é uma doença infecciosa, congênita ou adquirida, causada pelo Toxoplasma gondii, encontrado nas fezes dos gatos e outros felinos. Homens e outros animais também podem hospedar o parasita. A toxoplasmose pode ser adquirida pela ingestão de alimentos contaminados — em especial carnes cruas ou mal passadas, principalmente de porco e de carneiro, e vegetais que abriguem os cistos do Toxoplasma, por terem tido contato com as fezes de animais hospedeiros ou material contaminado por elas mesmas.

A toxoplasmose pode ser transmitida congenitamente, ou seja, da mãe para o feto, mas não se transmite de uma pessoa para outra. Seu diagnóstico é feito levando em conta exames clínicos e exames laboratoriais de sangue. Em caso de pacientes soropositivos, o tratamento é indispensável, pois a forma disseminada da doença pode envolver retina, pulmões, cérebro, pele, músculos, fígado e coração. Pacientes com Aids requerem tratamento e atenção especial para controlar a progressão da depressão imunológica associada à doença.

Cryptosporidium spp

17151950529423É transmitido meio do consumo de água contaminada ou do uso de água contaminada para lavar alimentos. O gênero Cryptosporidium, é geralmente associado a diarreias em indivíduos jovens e a gastrenterites graves e prolongadas em pessoas imunodeficientes. Este parasita é patogênico para mamíferos, incluindo o homem, aves, répteis e peixes.

Cryptosporidium é normalmente encontrado no intestino, mas pode ocorrer fora do trato digestório, como em certas partes do trato respiratório. A localização respiratória é comum em aves. Uma das formas de evitar a ingestão desse tipo de verme é sempre lavar os produtos de feira com água potável, mesmo os que já são embalados e considerados já lavados. Todo cuidado é pouco!

Entamoeba histolytica

934187388-bazo-vesicula-biliar-higado-esofagoEntamoeba histolytica é uma espécie de protozoário que causa disenterias (diarreias) graves com sangue e muco. Pode progredir para abcesso amebiano do fígado, a amebíase. Transmitida via fecal-oral por cisto maduro. Esse parasita também considera o intestino humano um bom lugar para viver. Por isso, quando você é contaminado, provavelmente, você sentirá muita dor abdominal. Caso isso aconteça, procure um médico imediatamente! Nos casos mais graves, o parasita deixa o intestino e se espalha para outras partes do corpo, atingindo e causando danos no fígado e em outros órgãos.

Trichinella spiralis

carne_de_porco_2

É uma lombriga de porco, responsável pela doença Triquinose -  frequente em países da Ásia, África e América Latina. Ocorre através de uma infecção muscular causada pelo consumo de carne de porco crua ou mal cozida ou, ainda, pelo consumo de salsichas defumadas. É impossível enxergar os cistos na carne contaminada, mas cada uma dessas estruturas contém larvas que, uma vez no sistema digestório, se multiplicam e invadem os tecidos musculares, onde se fixam.  Para prevenção, recomenda-se cozinhar bem carne de porco e derivados; dar destino adequado ao lixo, para que ratos e porcos não tenham acesso a ele, e controle de roedores.

Opisthorchiidae

dÉ uma família de platelmintos, ou vermes. A infecção é contraída através da ingestão de peixes de água doce crus ou mal cozidos. Depois de ingeridas por humanos, as larvas se tornam adultas e passam a viver no ducto biliar e na vesícula biliar. As infecções crônicas por esses vermes estão significativamente associadas com o aparecimento de câncer de fígado e também no ducto biliar. O congelamento ou o cozimento de peixes de água doce previne a infecção.

Ascaris spp

17151653733413Ascaris lumbricoides é uma espécie de nematódeo da família Ascarididae. Parasita seres humanos e é causa da doença conhecida como ascaridíase ou lombriga. Os vermes adultos medem entre 15 cm e 40 cm de comprimento e desenvolvem-se no intestino delgado do hospedeiro, no qual macho e fêmea se acasalam.

A contaminação ocorre pela ingestão dos ovos desse parasita, que cresce no intestino e migra para outras partes do corpo, chegando aos pulmões e seguindo para a garganta, onde é engolido; aí vai para o estômago e novamente para o intestino, onde se desenvolve e vira adulto.

Trypanosoma cruzi

haNome dado por seu descobridor, o cientista brasileiro Carlos Chagas, ocorre através da entrada do parasita no sangue dos humanos a partir do ferimento da "picada" por Triatomas, os populares barbeiros ou chupões, como são conhecidos no Brasil. Estes Triatomas, ou barbeiros, alimentam-se de sangue e contaminam-se com o parasita quando sugam sangue de animais mamíferos infectados, que são os reservatórios naturais (bovinos, por exemplo) ou mesmo outros humanos contaminados, gerando a Doença de Chagas.

Uma vez no tubo digestivo do barbeiro, o parasita é eliminado nas fezes junto ao ponto da "picada", quando sugam o sangue dos humanos que por aí infectam-se. Pesquisas recentes descobriram que é possível ocorrer contaminação também por meio da ingestão de alimentos infectados. Sabe-se que muitos casos recentes foram causados pela ingestão de caldo de cana e frutas contaminadas.

Fonte: Infoescola

A redação
EQUIPE FATOS DESCONHECIDOS, BRASIL

Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.
Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+