CuriosidadesEntretenimento

11 coisas que você não sabia sobre Frida Kahlo

0

Frida Kahlo, nome artístico de Magdalena Carmen Frida Kahlo y Calderón, foi uma pintora mexicana, nascida no dia 6 de julho de 1907, na cidade de Coyoacán, no México. Conhecida por seus autorretratos e também fotografias, foi uma mulher que desde muito cedo passou por muitas dificuldades. Suas superações na vida a tornaram um símbolo de força para muitas mulheres até hoje.

Que Frida Kahlo foi uma das figuras mais importantes da arte no século XX quase todo mundo sabe. Além de artista, foi uma mulher de grande influência no cenário político e cultural do México. Hoje listamos aqui alguns fatos que você talvez não saiba sobre a artista.

1 – Começou a pintar aos 18 anos


Um momento marcante para a vida e arte de Frida aconteceu quando ela tinha 18 anos. Um caminhão bateu no bonde em que ela estava. Com a colisão, uma barra de ferro atravessou seu corpo.

Com o acidente, Frida ficou na cama, imobilizada por muito tempo, e então encontrou na pintura uma oportunidade de passar o tempo e se expressar, foi então onde começou a sua trajetória no mundo da arte.

2 – Mexicana, de origem alemã


Frida nasceu no México, mas tem descendência alemã por parte do seu pai, o fotógrafo alemão Guillermo Kahlo.

3 – Em toda a sua vida, ela passou por 35 operações cirúrgicas


Desde a infância, Frida teve problemas de saúde. Aos 6 anos de idade, teve poliomielite, doença que a deixou com sequelas desde cedo, uma perna mais fina que a outra e um pé atrofiado. Com o acidente que sofreu aos 18 anos, ela passou por 35 cirurgias, que acarretaram em complicações pelo resto da vida.

4 – Cursou faculdade de medicina

Antes de sofrer o acidente que a deixou com sequelas, e se encontrar no mundo das artes, Frida chegou a fazer alguns anos de faculdade de medicina no México.

5 – Foi a primeira artista latino americana a vender um quadro por US$ 1 milhão


No mercado internacional de arte, as obras da artista movimentaram mais dinheiro do que qualquer outro artista latino americano.

6 – Foi capa da revista Vogue México


Quase 60 anos após a sua morte, Frida foi homenageada pela Vogue México, estampando a capa da edição de novembro de 2012 da famosa revista de moda. Foi também a primeira vez em que a artista apareceu em uma publicação do gênero.

7 – Foi a primeira artista mexicana a ter suas obras expostas no Museu do Louvre

Seu país natal demorou a reconhecer o seu trabalho, que antes já tinha mérito por todo o mundo. A primeira exposição da artista no México foi um ano antes da sua morte. Anos antes ela já tinha exposto em Nova York e em Paris, onde foi a primeira artista mexicana a expor no famoso Museu de Louvre.

8 – Dos 143 quadros da artista, 55 são autorretratos


Impossibilitada de se mover e sair da cama devido ao acidente que sofreu, seu pai adaptou um cavalete a sua cama e um espelho no teto para que Frida pudesse pintar.

Com base na visão que tinha a partir do espelho, ela pintava autorretratos, pois dizia que queria pintar o que via com os próprios olhos. O Autorretrato em vestido de veludo, de 1926, foi só o primeiro de todos os 55 autorretratos que ela faria em toda sua carreira.

9 – Sofreu três abortos


Frida teve um relacionamento bastante conturbado com o também pintor Diego Riviera. Entre várias ida e vindas, ela passou por três abortos. Ela menciona os acontecimentos em um registro encontrado no seu diário:

“A pintura tem preenchido a minha vida. Perdi três crianças e uma série de coisas que poderiam ter preenchido esta vida miserável. A pintura substituiu tudo. Eu acho que não há nada melhor do que o meu trabalho”.

10 – Era bissexual

Existem relatos que evidenciam essa característica na artista. Motivados ou não por estímulos por parte de Diego Riviera, os casos homossexuais de Frida são relatados.

11 – A casa em que viveu hoje é um museu


Após a separação conturbada de Diego Riviera, Frida viveu os últimos anos da sua vida na Casa Azul, localizada na Cidade do México. Em 1958, após sua morte, a casa passou a abrigar um museu dedicado a sua vida e obra.

Esses simples gifs da NASA mostram que a velocidade da luz não é tão ”rápida” assim

Matéria anterior

Bebê tenta falar em língua de sinais com pai deficiente

Próxima matéria

Mais em Curiosidades

Você pode gostar

Comentários

Comentários não permitidos.