Ciência e TecnologiaCuriosidades

11 melhores notícias científicas de 2017, até agora

0

Você tem o costume de ver televisão? Independente da resposta, você deve saber que a maioria das notícias que são passadas pela televisão, são más notícias. Em uma pesquisa publicada pelo SAGE Journals, realizada pelos especialistas da Universidade de McGil, queria explorar sobre a teoria de que: as pessoas preferiam saber de más notícias do que as boas. Será mesmo que isso seria verdade?

Bom, para fazer isso, eles usaram um grupo de voluntários que iriam selecionar notícias políticas em um site. Por mais estranho que pareça as pessoas optaram por histórias com um impacto negativo, com parcelas de corrupção ou falsidades. Mas porque isso acontece? Um estudo confirmou o que isso é conhecido como viés de negatividadeé basicamente a necessidade coletiva de ouvir e lembrar notícias ruins.

O que não devemos lembrar é que o mundo não é só feito por más notícias. Bom nós da Fatos Desconhecidos Trouxemos para nossos leitores 11 melhores notícias científicas de 2017. até agora. Confira:

1 – Ondas gravitacionais

Uma das maiores notícias científicas recentemente, foi que finalmente os cientistas conseguiram fazer a detecção de ondas gravitacionais. Foi nesse momento que o experimento LIGO (Observatório de Ondas Gravitacionais por Interferômetro Laser) conseguiu obter a prova de sua existência e que eles tiveram sua origem da fusão de buracos negros.

Esse avanço é muito importante, uma vez que as ondas gravitacionais podem nos da informações sobre a formação do universo.

2 – Fusão nuclear

A fusão nuclear é vista pelos cientistas como um poder que seria ilimitado, que substituiria alguns outros como a água salgada. A muito tempo cientistas tem se esforçado para criar uma máquina para controlar até mesmo uma reação nuclear.

Recentemente a Alemanha iniciou um reator maciço de fusão nuclear, que até o momento conseguiu conter uma gora quente de plasma de hidrogênio.

3 – Doença do verme de Guiné

Se você parar para pensar um pouco, o ser humano está sempre conseguindo encontrar curas, para doenças que eram consideradas incuráveis até um certo tempo atrás. Agora estamos preste a eliminar a doença do verme de Guiné. Até pouco tempo havia apenas 126 casos, graças a um filtro de palha, que impede as pessoas serem contaminadas pela água. Agora em maio de 2017, apenas 5 casos da doença foram registrados. Esse mau está prestes a ser erradicado.

4 – O fim da poliomielite

Vimos no tópico passado que a doença do verme de Guiné está a um passo para ser erradicada, e provavelmente a poliomielite terá o mesmo destino. A doença contagiosa pode atacar a medula espinhal e causar atrofia muscular e paralisia.

Desde a iniciativa Global de Erradicação Pólio, que foi lançada em 1988, o números de casos da doença diminuiu 99,9% graças a vacinação. Em 2019, apenas 19 casos foram registrados e m 2017 foram somente 8.

5 – Caso de dano cerebral revertido

Nos estados unidos, uma equipe de cientistas conseguiram reverter o dano cerebral de um menina de apenas 2 anos. A menina tinha se afogado em uma piscina, e foi precisa 2 horas para fazer seu coração bater novamente. A falta de oxigênio causou uma profunda lesão cinzenta e um atrofia cerebral. Ela não conseguia falar, andar ou responder.

A garota receber cuidados intensivos em um hospital por 48 dias. ela finalmente teve alta, mas devido as lesões cerebrais, especialistas propuseram um tratamento co terapias de oxigênio, como uma tentativa de despertar o cérebro danificado.

Para a surpresa de todo mundo, a terapia de oxibrogênio hibebar, feita por uma equipe da LSU Health New Orleans e da Universidade de Dakota do Norte (EUA), conseguiram reverter o dano cerebral da menina.

6 – Tratamento do autismo

Estamos cada vez mais perto de obter uma droga que possa tratas sintomas do autismo. Em um estudo feito pela Faculdade de Medicina da Universidade da Califórnia em San Diego, demonstrou que uma droga chamada suramina, usada para tratar tripanossomíase, pode melhor os sintomas dos transtorno do espectro autista em crianças. É a primeira vez que estamos tão perto de ter um medicamente com o poder de tratas sintomas do autismo.

7 – Água salgada

Como muitas devem saber, a água do mar não é própria para o consumo, pelos autos níveis de sal presente nela. Uma equipe de cientistas da Universidade de Manchester, está trabalhando em uma peneira baseada em grafeno que pode converter água do mar em água potável. Embora o projeto ainda não tenha saído do laboratório, é um indicio de que algum dia, poderemos ver a conversão rápida e fácil de alguns produtos e recursos mais abundantes.

8 – Reversão dos sintomas do Alzheimer

De acordo com cientitas da revista Cell Reports, memórias perdidas não somem para sempre. Uma enzima que interfere com os principais processos de formação de memória em pessoas com doença de Alzheimer pode ser bloqueada, e assim é possível reverter a perda de memória. A enzima é conhecida como HDAC2 e seu bloqueio não causa danos colaterais.

9 – Prevenção de abortos espontâneos

Existem vários casos registrados de que mulheres tiveram abortos espontâneos. No inicio de 2017, cientistas descobriam uma maneira muito fácil de prevenir isso. Uma vitamina que poderia reduzir a incidência de defeitos congênitos e abortos espontâneos, vitamina B3. De acordo com o estudo publicado no New England Journal of Medicine. Foram dez anos de pesquisa e revelou que as mulheres poderiam evitar abortos espontâneos tomando vitamina B3 durante a gravidez.

10 – Transporte do futuro

Concebido pelo gênio Elon Musk, o sistema de transporte Hyperloop promete se mover em cápsular de 3.100 kg e acomodar 28 pessoas, e se locomover cm uma velocidade de 1.220 quilômetros por hora. Cápsulas de teste já estão sendo construídas no Estados Unidos, Holanda, Eslováquia e República Tcheca.

11 – Cristais podem ser dobrados

Assim como você aprende na escola, os cristais são frágeis e não podem ser dobrados. Se você tentar dobrar, ele vai quebrar. Mas, novas pesquisas nos mostram que os cristais pode se dobrar, abrindo uma nova classe de materiais mudando o mundo tecnológico.

Uma equipe de pesquisadores da Queenslad University of Tecnology, mostrou que cristais podem ser tão flexíveis, que teremos que até mudar a definição do que é um cristal.

E aí, o que acharam da matéria? Comenta aí e não se esqueça de compartilhar com os amigos, lembrando que seu feedback é sempre muito importante.

12 signos que mais traem em um relacionamento

Matéria anterior

Isso é o que acontece quando um meteorito atinge a Terra

Próxima matéria

Você pode gostar

Comentários

Comentários não permitidos.