Curiosidades

6 notícias surpreendentes de 2020

0

O ano de 2020 trouxe inúmeras histórias emocionantes. Graças a escavações, documentos históricos e diversos outros fatores, os maiores meios de comunicação do mundo tiveram a oportunidade de apresentar notícias extremamente fascinantes, tanto que algumas nos deixaram de boca aberta.

Como a gama de notícias que revelaram fatos incríveis é imensa, decidimos compilar aqui as que mais nos deixaram pasmos. Portanto, confira, agora, as reportagens mais surpreendentes que ilustraram os veículos de comunicação no ano passado.

1 – Descendente vivo de grupo indígena extinto é encontrado no Tennessee

O povo indigena Beothuk habitou a Ilha de Terra Nova até meados de 1500. Com a chegada dos colonos europeus, os Beothuk contrairam inúmeras doenças e, por fim, acabaram sendo dizimados. Em abril de 2020, o DNA de um homem que vive em uma cidade do Tennessee, nos Estados Unidos, mostrou que a linhagem dos Beothuk segue viva até hoje. Até então, acreditava-se que o último membro da tribo vivo era uma mulher chamada Shanawdithit, que morreu de tuberculose em 1829.

2 – A reabertura da pirâmide mais antiga do Egito

A Pirâmide de Djoser foi a primeira a ser construída no Egito. Com 4.700 anos, o monumento é o mais antigo do país. Em 2006, a pirâmide foi alvo de um árduo processo de restauração e, desde então, manteve-se fechada para visitação. Após 14 anos sendo restaurada, sua reabertura foi, indiscutivelmente, uma das notícias mais emocionantes em 2020.

3 – Foto perdida de Abraham Lincoln em seu leito de morte

Como foi divulgado em Undiscovered: The Lost Lincoln, um documentário do Discovery, os pesquisadores encontraram em 2020 uma fotografia do presidente Abraham Lincoln deitado em seu leito de morte. A foto em questão foi feita em 14 de abril de 1865, poucas horas depois que John Wilkes Booth atirou em Lincoln, em Washington, nos Estados Unidos. Embora alguns especialistas não acreditem que a foto seja original, Whitny Braun, o investigador que encontrou o registro, está convencido de que a foto é real.

4 – Textos cristãos recentemente traduzidos que não foram inseridos na Bíblia

Em 2020, uma série de textos bíblicos apócrifos, que não chegaram ao corte final da Bíblia, foram traduzidos para o inglês. De acordo com os tradutores, os documentos se referiam tanto a bruxas, quanto a demônios. Os textos, com mais de 300 passagens, foram lançados pela Eerdmans Publishing. Por mais que não estejam na Bíblia, os registros mostram que muitos dos primeiros cristãos seguiram devotamente os textos.

5 – Fazendeiro encontra fósseis de tatus com mais de 20.000 anos

Juan de Dios Sota, um fazendeiro argentino, descobriu, em sua terra, restos mortais de quatro tatus gigantes. Conhecidos como Glyptodon, os quatro espécimes ficaram presos no leito seco do rio de Vallimanca por milênios. Embora períodos de secas sejam ruins para fazendeiros, Sota nunca teria topado com os fósseis desses animais pré-históricos, se não fosse pela falta de chuva.

6 – Artefatos vikings revelados pelo derretimento do gelo glacial na Noruega

Com as altas temperaturas, camadas de gelo existentes sobre a região de Lendbreen, Noruega, começaram a derreter e, com isso, acabaram revelando mais de 1.000 artefatos Viking, como, por exemplo, fragmentos de trenó, flechas e ferraduras. Os itens datam da Idade do Bronze (entre 1750 a.C. e 340 d.C.). A maioria dos artefatos nunca havia sido vista pelos historiadores. A descoberta mostra o quanto a região era movimentada durante a Era Viking.

Afinal, as águas-vivas têm olhos?

Matéria anterior

Esses são os maiores desertos do mundo

Próxima matéria

Comentários

Comentários não são permitidos