História

13 imagens assombrosas tiradas após a descoberta do Titanic em 1985

0

O Titanic, “o mais luxuoso transatlântico de sua época”, afundo em sua primeira viagem, matando 1523 pessoas. A companhia inglesa White Star Line disse que o navio era inafundável, mas a máquina, a negligencia de seus operadores assim como a força da natureza, trataram de mostrar que tudo que é construído pelo homem é passível de falha. Mistérios, ouro, joias, tudo afundou junto ao Titanic. Por 73 anos foram realizadas buscas, até que em 2 de setembro de 1985, o Titanic voltou a ser visto pelos olhos humanos.

A equipe do cientista Robert Ballard foi a responsável pela descoberta. Os restos do navio foram encontrados a 900 quilômetros ao Sul da costa da Ilha Terra Nova, no Canadá. O Titanic veio a pique em apenas 2 horas e 40 minutos após se chocar com um iceberg, levando para o fundo do mar, uma fortuna estimada em até US$ 1 milhão de dólares.

Um navio partido ao meio

A descoberta de Ballard revelou também que a alta concentração de enxofre nas chapas de aço tornou a estrutura frágil demais para suportar as temperaturas abaixo de zero. O aço tornou-se quebradiço e os rebites da estrutura foram os responsáveis pela grande quantidade de água que entrou no navio e o levou a afundar.

Antes de 1985, acreditava-se que o navio tinha afundando intacto, o que foi desmentido com a revelação de que na verdade a proa e a popa tinham se partido ao meio, separadas por 720 metros. A emoção foi grande para o cientista e toda a sua equipe que disponibilizam de tempo e investimentos restritos para encontrarem o transatlântico.

“Nós estávamos comemorando muito”, afirma Ballard, que caiu em si logo depois. “De repente percebemos que não devíamos estar dançando sobre o túmulo de alguém”.

Documentação histórica

Ballard foi astuto e resolveu utilizar uma transmissão ao vivo dos destroços, para que tudo fosse documentado pela história. Um veículo não tripulado carregava uma câmera abaixo de 3.800 metros de profundidade, e tinha capacidade de entrar em lugares perigosos e difíceis para um ser humano.

Pesquisadores e curiosos são a favor da escavação dos destroços do navio. No entanto, Ballard que se aproximou muito da história e se sensibilizou com a tragédia, acredita que essa não é uma boa ideia. O Titanic para ele é como se fosse um cemitério que merece o mesmo respeito e consideração.

No entanto, a preocupação dos pesquisadores é com o tempo. Quanto mais ele avança, mais os destroços são reduzidos. Pesquisas mostram que o tamanho do navio está encolhendo devido a sedimentação dos escombros que são corroídos pela água, pelos animais e pela movimentação das correntes.

Ruínas assombrosas

Sendo assim, os registros de Ballard tornam-se cada vez mais exclusivos e históricos. É triste ver como a beleza e o requinte do navio foram transformadas em ruínas assombrosas. É possível inclusive imaginar como era cada detalhe antes do seu naufrágio.

Confira agora 13 de inúmeros registros que foram feitos do Titanic, o navio mais emblemático da história:

#1 – A proa partida ao meio

#2 – Detalhe da proa

#3 – Proa por um outro ângulo

#4 – Uma das hélices enterradas no fundo do mar

#5 – Um dos salões interiores do navio

#6 – Louça chinesa

# 9 – Uma banheira

#8 – Botas de alguma vítima

#9 – Casaco e calçado de uma vítima, além de seus pertences

#10 – Fuselagem do navio, com detalhe de uma janela

#11 – Uma grande parte da fuselagem destacada da estrutura

# 12 – Lustre de um salão

# 13 – Garrafas de vinho ainda fechadas

Triste, não é mesmo? Se esse assunto lhe interessa muito talvez você queira um ver um pouco mais sobre o Titanic com a opinião do Dr. Ballard, responsável pela sua descoberta e documentação. No vídeo a seguir, legendado, ele fala sobre a emoção de ter encontrado os destroços e o respeito pelas pessoas que perderam a vida nessa tragédia.

Não esqueça de deixar o seu comentário. Aproveite também para compartilhar a matéria. 

De Volta ao Lar – Outro Homem-Aranha aparece em cena deletada do filme

Matéria anterior

8 segredos de Bob Esponja que você provavelmente não sabia

Próxima matéria

Comentários

Comentários não são permitidos

Fatos Desconhecidos Nós gostaríamos de enviar notificações dos últimos conteúdos e atualizações que fazemos.
Dismiss
Allow Notifications