É complicado pensar em um mundo sem regras de higiene, não é? Estamos tão acostumados com os rituais de cada dia que acabamos nem pensando em como tudo foi fundamentado. Desde a chegada da Revolução Industrial (1750-1850) e a descoberta da teoria germinal da doença na segunda metade do século XIX, a higiene e o saneamento têm estado na vanguarda da luta contra doenças e enfermidades. Entretanto, a temática não foi tão discutida em tempos passados. Estranho, não é? Bom, talvez nem tanto se consideramos o contexto em que cada sociedade humana se insere. Por isso, o conceito de higiene foi mudando ao passar do tempo. O que hoje achamos "normal" não era nem sequer tema de estudos em períodos não tão longínquos assim. Dentro desta perspectiva, elaboramos 15 fatos sobre higiene ao longo da história que vão te surpreender.

Algumas das primeiras evidências de sabão ou produtos semelhantes, inclusive, só foram encontradas a partir de 2.800 antes de Cristo. Os compostos estavam em cilindros de barro durante a escavação da antiga Babilônia. Para você ter uma ideia, os antigos israelitas só tiveram grande interesse em estudar os processos da higiene entre 1550-1200 a.C., com Moisés fornecendo leis detalhadas sobre limpeza e procedimentos pessoais. As pessoas, nos tempos de hoje, continuam com tradições vistas como "bizarras", mas acredito que tudo faz parte de processos históricos. E você, no que acredita? Pense nisso enquanto confere as curiosidades abaixo.

Fatos sobre higiene ao longo da história

1- A cárie é uma infecção que "migrou" do estômago para os dentes quando as pessoas começaram a ingerir mais carboidratos. Anteriormente, os dentes escuros eram um sinal de prosperidade.

2- As pessoas costumavam tomar banho com pouca frequência. Para se livrar dos odores desagradáveis, esfregavam suas axilas com peróxido de hidrogênio.

3- Assim que os médicos começaram a lavar as mãos com água e sabão antes das operações, os pacientes começaram a morrer com menos frequência.

Publicidade
continue a leitura

4- Em 1934, fora criado um xampu radioativo. O fabricante alegou que o produto removeria os cabelos grisalhos, tornando-os "20 anos mais jovens".

5- Em 3.000 a.C., os antigos romanos inventaram canos e tanques de água revestidos de chumbo. Os ricos pagavam companhias privadas por sua água potável.

6- Os antigos gregos limpavam seus corpos com blocos de argila, areia e cinzas.

7- Os gregos antigos começaram a usar penicos em 600 antes de Cristo, com o restante do mundo se inspirando na prática ??até por volta do século 18.

Publicidade
continue a leitura

8- As pessoas quase nunca trocavam de roupa. A maioria só tinha cerca de 4 peças - uma para cada fase do ano.

9- De 1500 a 1800, as pessoas usavam perucas regularmente, sendo comum a presença de piolhos.

10- Durante o parto, o excremento de águia era usado para aliviar a dor. A mulher também bebia óleo e vinagre para fazer com que as coisas fluíssem melhor no processo.

11- Os homens eram instruídos a misturar sais de potássio e excrementos de galinha para aplicar nas regiões calvas.

Publicidade
continue a leitura

12- Os antigos romanos acreditavam na capacidade da urina em remover manchas.

13- Na Grã-Bretanha medieval, a população mantinha os dentes limpos por meio de hábitos singulares. Isso incluía enxaguar a boca com uma mistura de vinagre e hortelã.

14- As pessoas faziam suas necessidades em vasos de madeira. Após, guardavam-nos debaixo da cama.

15- Faces pálidas estavam na moda durante o reinado de Elizabeth I. No entanto, o componente Ceruse continha chumbo que se infiltrava no corpo através da pele, o que levava ao envenenamento.

Publicado em: 03/06/19 15h19