CuriosidadesEntretenimento

15 pessoas que foram cobrir tatuagens e fizeram um desastre maior ainda

0

Você é adepto daquela boa e velha concepção de vida, do “mal feito feito”? Do tipo: “se fez uma cagada, arque com as consequências e pronto!”? Pois é, quem vos escreve é do tipo de pessoa que sempre arquiteta uma série de planos e estratégias para que os problemas sejam simplesmente resolvidos no menor prazo de tempo possível.

Pena que com coisas como tatuagens e outros fatores “definitivos” nos requer um trabalho bem grande grandioso para que tenhamos soluções efetivas. Quem é que não se lembra da tatuagem de Kelly Key, do ex-marido Latino? Foi um baita problemão pra eles conseguirem se verem livres das tatuagens. Logo abaixo, você poderá conferir outros exemplos de correções de tatuagens que foram um #fail danado. Se liga ai:

1- Começamos com essa tolice adolescente

980x

Afinal, bancar o skinhead em pleno século XXI, só pode ser tolice mesmo. Mas ele tentou “corrigir” o problema com vários “LOL”.

2- E eis que chegamos as desilusões amorosas

980x1

3- Incrível é que até o modo de cobri-las é criativo980x2

4- Tem até erro de escrita

980x3

“coluld” e “tommorow”? Fala sério, né?

5- Tem até gente que usa o nome do ex pra servir de comparação com o atual

980x4

E tome-lhe coragem e criatividade pra ter a peita de tatuar esse tipo de coisa, gente. Espero que nossos leitores tenham o juízo em dia.

6- Fora as várias tentativas frustradas…

980x5

Que acabam se tornando o estilo próprio de tatuagem da pessoa em questão. Já imaginou? Construir seu estilo visual estético, baseado em seus relacionamentos passados e findados? Basta olhar para o braço e relembrar as dores da tatuagem e os momentos vividos.

7- E há quem corrija as besteiras, usando um elemento “cute”

980x7

Quer coisa mais sutil e dócil do que corrigir o nome do seu ex, tatuando uma borboleta em cima? Metamorfose, oras! (tsk tsk).

8- Mas tem aquelas tatuagens idiotas com soluções idiotas

980x8

Por que não cobrir uma cagada simplesmente com outra, não é mesmo? Tatuar praticamente uma foto 3×4 da pessoa amada, terminar o relacionamento e pintar a tatuagem toda, com tinta preta. Quer luto melhor que esse?

9- Mas é isso ai, se não deu certo ‘risque’

980x10

Isso mesmo. Risque por cima, mas não de um modo tão grotesco, com formas geométricas e sinais bizarros e mal feitos assim.

10- E se não der certo: ofenda

980x11

Essa tatuagem passou de “Lori” para um carimbo escrito “cadela” em inglês, em um piscar de agulhadas.

11- Ou tenha soluções criativas

 980x13

E faça disso uma piadinha. Se a guria chamava Lauren, por qual razão não zoar e chamar a tattoo de “Ralph Lauren” e inserir o símbolo da gigante marca de roupas.

12- Ou mande tudo pros ares

980x14

Já mande um “dane-se” e fique sossegado(a) de boa.

13- E assuma que falhou

980x17

Toda ideia ruim, ao reconhecida, se torna menos dolorida.

14- Você pode também criar um simbolismo macabro com sua tattoo

  980x20

E se torne popular por conta disso, oras. Conceitual, hipster, satanista, ou illuminati. Você pode ter qualquer uma dessas opções.

15- Mas se o tombo for grande, risque como se nada tivesse existido

 980x22

Simples assim. Um borrão e nada mais! E a vida que segue…

E ai caríssimo leitor do UltraCurioso, quais dessas ‘correções’, na sua opinião, ficou mais grotesca do que o conceito inicial?

Quem usa dreadlocks pode tomar banho de mar ou piscina?

Matéria anterior

7 fotografias de fantasmas mais inexplicáveis de todos os tempos

Próxima matéria

Comentários

Comentários não são permitidos