• MAIS LIDAS
  • QUIZ
  • VÍDEOS
  • ANUNCIE


20 fatos incríveis sobre o serviço secreto norte-americano

POR Natália Pereira    EM Curiosidades      10/11/17 às 14h32

O nome Serviço Secreto não está aí por acaso, não é mesmo? A divisão de segurança dos Estados Unidos que recebe esse título é alvo de muita especulação, e não é por pouco, afinal, um grupo tão falado é ao mesmo tempo tão desconhecido e vago. Depois de longas sessões de filmes americanos, com personagens do serviço secreto em sua composição, não tem como não especular sobre o que é mostrado. Será que as coisas acontecem mesmo desta forma?

Foi aí que, pensando nessas perguntas incessantes, mal resolvidas e fomos atrás de algumas dessas respostas. Confira a seguir 20 fatos incríveis sobre o serviço secreto norte americano:

20 - Muito além do que se imagina

Por mais que a maioria acredite que o número de agentes secretos seja de em média 100 pessoas, devido a importância do cargo e a questão do sigilo envolvido, a quantidade de integrantes supera 6.500. Isso sem falar das unidades de proteção pessoal.

19 - Proteção ao presidente

Além da proteção direcionada ao presidente, também são enviados agentes para cuidar da segurança da família dele. Ex-presidentes e suas famílias também contam com esse benefício. Convidados do presidente e pessoas que ele julgue precisar de proteção também são colocadas sob a proteção do serviço secreto.

18 - As três fases

Existe um processo até que os agentes trabalhem em campo. Primeiro cada um deles deve trabalhar no escritório por três anos e então, só depois disso, é direcionado para cumprir tarefas mais desafiadoras. Essa fase dura de quatro a sete anos. Após esse processo o agente irá enfrentar a última fase, sendo promovido para uma posição superior ou retornando para os trabalhos no escritório.

17 - Treinamento heróico

Antes de todos os eventos importantes serem realizados, é feita uma encenação. Ela tem como objetivo prever os possíveis cenários e as tentativas de assassinato e tiroteios. Todos os agentes são treinados para situações de riscos nas quais teriam que se colocar a frente de uma bala ou sobreviver em ambientes precários. A cada 8 semanas há um curso de desenvolvimento de habilidades e, em cada teste, são utilizadas balas especiais.

16 - Primeiros socorros

Todos os agentes devem estar aptos a situações de emergência, com habilidades médicas básicas para oferecer primeiros socorros antes que a ambulância chegue ou antes que estejam no hospital. Todas as rotas feitas pelo presidente são feitas para que ele tenha sempre um hospital a 10 minutos de distância.

15 - Sangue presidencial

Os agentes sempre carregam sangue extra, compatível com o do presidente, caso seja necessário uma transfusão de sangue. Isso acontece para que em situações de emergência o próprio agente possa realizar o processo e que não tenha risco com doadores desconhecidos.

14 - Mount Weather

A montanha intitulada como Mount Weather é utilizada para esconder os representantes do governo durante um evento que reúne todos os funcionários do estado. Lá também existe um bunker. Caso terroristas tentem atacar o local e matar o presidente, eles provavelmente não terão sucesso.

13 - Nomes codificados

Os agentes do serviço secreto utilizam códigos para se referirem aos presidentes. A ideia vai além dos filmes de Hollywood e cada família recebe nomes fictícios com a mesma inicial. A família do Barack Obama recebia os nomes, Renegade, Renascentista, Radiance e Rosebud, respectivamente atribuídos ao presidente, sua esposa e, posteriormente, suas filhas.

12 - Salão Oval

Uma das principais regras do Serviço Secreto, se tratando do presidente, é que ele não fique sozinho ou sem supervisão enquanto estiver no Salão Oval. Caso ele peça para que os agentes saiam, ele pode ser monitorado por sensores de movimento no chão do local.

11 - Hobbies presidenciais

Ainda para seguir a regra mencionada anteriormente, para que o presidente não fique sozinho os agente tem que acompanhá-lo durante todas as suas práticas diárias, o que inclui seus hobbies. Caminhadas matinais e qualquer outro desejo do presidente devem ter o devido acompanhamento.

10 - Acompanhamento médico

Independente do problema enfrentado pelo presidente, até mesmo na sala do hospital ele deve ser acompanhado por um agente. Regra é regra.

9 - Cartas de ameaça

Todas as cartas direcionadas ao presidente passam por uma supervisão. Caso alguma represente qualquer tipo de risco ou ameaça, ela será rastreada. O departamento possuí dados comparativos de letras e tintas, facilitando o processo de rastreamento.

8 - Monitorando e gravando

Depois do assassinato de Kennedy, para aumentar a segurança do presidente, todas as ações deste são acompanhadas por um outro carro, equipado por câmeras, no qual os agentes ficam responsáveis por documentar e gravar qualquer acontecimento para poder ser observado mais tarde, caso algum incidente aconteça.

Parece que aquelas vans equipadas até o teto, nos filmes, são verdade afinal de contas!

7 - Juramento de morte

Talvez a maioria acredite nesse fato mas, na verdade, isso não passa de um mito de Hollywood. O juramento não passa de ficção e não ocorre na vida real.

6 - Agente morto em campo

Morto em 1 de novembro de 1950, Leslei Coffelt foi o único agente que se sacrificou em campo, ao defender Harry Truman. Caso um agente se coloque a frente de um presidente, para defende-lo, isso ocorre de forma voluntária, não existindo cobranças quanto a isso.

5 - Sede secreta

Com a única informação a respeito da sede do Serviço Secreto afirmando que este se encontra em um prédio situado na rua H Street, em Washinton, este não tem nenhum sinal de identificação. O local não possui liceiras na sua proximidade, como forma de segurança, para que nenhuma bomba seja instalada.

4 - Surgimento

Criado por Hugh McCulloch, após a morte de Lincon, o Serviço Secreto foi proposto para Abraham Lincoln em 14 de abril de 1865, no dia de sua morte. Naquela noite, no mesmo dia que recebeu a ideia de McCulloch, o precidente foi baleado na cabeça após ir ao teatro.

3 - Objetivo inicial

Mesmo sendo criada no dia da morte de Lincoln, o objetivo principal da organização não era proteger o presidente e sim lidar com falsificações e fraudes financeiras. Apesar de não ser o trabalho pelo qual a organização ainda lida com esses problemas.

2 - Repercussão dos acontecimentos

Apesar de ter em mente que as atividades exercidas por essa divisão fiquem em completo sigilo, hoje em dia, com toda a tecnologia disponível e a internet, é difícil o Serviço Secreto se manter oculto. Uma falha permitiu que enquanto Barack Obama estava no elevador com um oficial armado, um homem entrasse em uma área da Casa Branca portando uma arma, após saltar uma cerca.

1- Mãos preparadas

É fácil perceber, após olhar mais de perto as fotos de agentes, que eles estão sempre com a mão próxima a cintura. Essa posição é mantida para que o agente esteja sempre pronto para sacar suas armas e reagir a algum atentado mais rapidamente.

Esclarecemos alguns mitos e verdades sobre o Serviço Secreto e, ainda assim, não parece uma tarefa fácil, não é mesmo? O que achou desse trabalho? Você aceitaria entrar nessa? Comenta aí!

Próxima Matéria
Natália Pereira
EQUIPE FATOS DESCONHECIDOS, BRASIL
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+