Curiosidades

22 faraós antigos foram carregados pelo Cairo em uma ”carreata de ouro”

0

Todos nós sabemos que a história do Antigo Egito é repleta inusitados faraós. Uma das mais fascinantes civilizações do mundo, que durou mais de 3 mil anos, teve aproximadamente 170 faraós. O papel desses faraós era tanto político quanto religioso.

Geralmente, os faraós eram considerados seres que intermediavam a relação das pessoas com os deuses. Esses símbolos do governo eram considerados as divindades maiores daquela cultura. Eles eram tão importantes que, após suas mortes, os faraós se tornaram deuses na vida após a morte.

Até hoje, eles têm uma importância bem grande em nossa história. Mas claro que não dessa mesma forma. O destaque dos faraós ainda continua. Tanto que, uma procissão de carros alegóricos carregou os restos mortais mumificados de 22 faraós. Dentre eles estava a rainha mais poderosa do Egito. Os faraós passearam através do Cairo em um desfile bem chamativo.

Desfile

Farao1, Fatos Desconhecidos

O desfile teve uma segurança bem pesada. E as múmias foram transportadas em carros alegóricos por sete quilômetros. Elas foram do icônico Museu Egípcio ao novo Museu Nacional da Civilização Egípcia.

Isso ficou conhecido como “Desfile de Ouro dos Faraós”. E nele, os 18 reis e quatro rainhas desfilaram em ordem, ficando os mais antigos em primeiro. Cada um deles estava em um veículo separado e decorado em um estilo egípcio antigo.

Para que o desfile fosse possível, os pedestres e veículos foram barrados na Praça Tahrir, que é o lugar onde o museu está localizado. As imagens do desfile bem elegante e da cerimônia de abertura foram transmitidas ao vivo pela televisão estatal. Tudo ao som de uma música bem empolgante.

Trajeto

Farao2, Fatos Desconhecidos

O trajeto dos carros foi um pouco menor do que era esperado em aproximadamente meia hora. E as múmias dos faraós entraram no novo museu com uma salva de 21 tiros.

“Este espetáculo grandioso é mais uma prova da grandeza de uma civilização única que se estende até as profundezas da história”, disse o presidente Abdel Fattah al-Sisi antes dos procedimentos.

No primeiro carro estava Sequenenre Tao II, “o bravo”, que reinou sobre o sul do Egito aproximadamente 1600 anos a.C. E logo atrás dele estava Ramses IX, que reinou no século 12 a.C.

Além deles, Ramsés II, que governou por 67 anos, e a Rainha Hatshepsut, a mulher faraó mais poderosa, também fizeram parte desse desfile dos 22 faraós.

Carruagens

Farao3, Fatos Desconhecidos

As carruagens douradas e pretas tinham um brasão com o nome do faraó que ela estava transportando. Além de terem sido equipadas com amortecedores para a viagem para garantir que nenhuma das cargas preciosas fosse acidentalmente danificada por conta de superfícies irregulares que a carruagem passasse.

Para esse desfile pelas ruas do Cairo, as múmias foram colocadas em recipientes especiais cheios de nitrogênio, que imitavam as vitrines normais onde eles ficam expostos no museu.

Museu

Farao4, Fatos Desconhecidos

O novo lugar de exibição dos faraós, o Museu Nacional da Civilização Egípcia fica no distrito de Fustat, no Cairo Antigo. Ele é formado por prédios elegantes e baixos com uma pirâmide no topo em meio a um terreno extenso.

Antes de ficarem em exibição, as múmias passarão por uma restauração de 15 dias. E do lado de cada uma terá uma breve biografia. Nessa nova casa, os faraós terão caixas ligeiramente melhoradas. Além de um melhor e mais aprimorado controle de temperatura e umidade.

Todo Mundo em Pânico: Curiosidades sobre a franquia

Matéria anterior

Conheça as curiosas histórias que norteiam as sepulturas das celebridades

Próxima matéria

Você também pode gostar

Mais em Curiosidades

Comentários

Comentários não são permitidos