5 coisas bizarras que a ciência nos ensinou sobre sexo

POR Rafael Miranda    EM Ciência e Tecnologia      27/11/15 às 16h43

Todo mundo adora entender os mistérios que envolvem as relações sexuais. Isso inclui os cientistas que estudam de perto o assunto. Quanto mais longe observamos o hábitos de pessoas nesse momento de intimidade, mais descobrimos o quão complexo o campo do sexo é.

Para adultos saudáveis, com consentimento, o sexo pode ser prazeroso e uma prática saudável. Ter um parceiro/a também pode ter alguns benefícios legítimos para essa área tão comum da vida de todo o ser humano.

Os bons sentimentos que acompanham nosso cérebro durante esses momentos são devido a química do cérebro, especificamente dopamina. Conheça alguns fatos que a ciência já descobriu sobre o sexo:

Menor auto-consciência

young couple lying on a bed and smiling

 

Durante o orgasmo, o córtex orbitofrontal lateral praticamente sai de férias. Esta parte do cérebro, logo atrás do olho esquerdo, está associada com a auto-avaliação, raciocínio e auto-consciência, e é desligada brevemente nesse momento. Isso ocorre tanto em homens quanto em mulheres.

Também tem-se observado que a substância cinzenta periaquedutal (PAG), na verdade, é anestesiada no cérebro feminino excitado. Portanto, o seu cérebro está efetivamente drogando você durante as relações sexuais, o que é meio sinistro.

Tudo é mais doce quando se está apaixonado

21

Dizem que o amor é a coisa mais doce que vivemos e isso, pode ser literalmente verdade. Em um estudo de 2013 da Universidade Nacional de Cingapura, os participantes foram divididos em grupos e preparados para pensar sobre o amor, ciúme e um sentimento neutro.

Os grupos receberam alguns doces e foi pedido que eles classificassem o sabor em termos de doçura, acidez e amargor. Em um resultado que não surpreendeu, eles classificaram a maioria como doce. Quando o teste foi repetido com água destilada, alguns resultados mais interessantes apareceram.
Apesar do fato de que a água destilada não tem praticamente nenhum sabor, aqueles que foram condicionadas a pensar sobre o amor sentiram um gosto doce. Curiosamente, o ciúme não teve efeito sobre a percepção de amargura. Os pesquisadores acham que o amor deve ser mais profundamente enraizado na nossa psique, como é uma das primeiras coisas que a maioria de nós experiência quando crianças, enquanto que o ciúme tende a ser mais fugaz.

Não se sabe porque os homens perderam o osso do pênis

22

Sim, os homens já tiveram um osso no pênis. Ele desapareceu em meio ao nosso passado evolutivo. O pênis humano costumava ter um osso para mantê-lo ereto. Em pesquisas mais profundas, especula-se que ele também tinha espinhos.

O osso do pênis, ou baclum, geralmente era empurrado para fora quando o homem tinha que reproduzir. Hoje em dia, no entanto, os homens não tem esse mecanismo e precisam contar com a circulação sanguínea para que tudo corra bem.

Só mulheres conseguem deixar a voz mais "sexy"

24

Em um estudo de 2014, verificou que as mulheres eram capazes de manipular suas vozes para que seus parceiros a achem mais atraentes. Em um estudo com 40 pessoas, com uma divisão igual de homens e mulheres, os participantes foram convidados a alterar as suas vozes para projetar quatro características diferentes: dominância, inteligência, confiança e sensualidade.

Quando uma mulher quer soar sexy, ela vai diminuir a sua voz, retardar seu discurso e ficar um pouco rouca. Por outro lado, quando os caras tentaram parecer mais atraentes baixando a sua voz de forma semelhante e retardando discurso, eles foram classificados como menos atraente que quando usavam a sua voz normal. O estudo também descobriu que as mulheres e os homens podem parecer mais inteligentes e mais dominantes, mas as mulheres se esforçam para parecerem mais confiantes.

Tamanho

23

Os seres humanos têm o maior tamanho de pênis entre os primatas, o que parece sugerir que o tamanho grande é algum tipo de traço evolutivo. O prazer realmente tem pouco a ver com o tamanho. Menos mulheres podem atingir o orgasmo somente com penetração vaginal.

Estudos têm demonstrado que mulheres heterossexuais acham um homem nu mais atraem de acordo com a forma do corpo e a proporção com o pênis. Então, senhores, mesmo se você se preocupar com o tamanho de seu pênis, as chances são de que ela não está sequer pensando nisso.

Via   Whatculture  
Rafael Miranda
EQUIPE FATOS DESCONHECIDOS, BRASIL

Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.
Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+