5 pessoas que se curaram de doenças graves inexplicavelmente

POR Fatos Desconhecidos (Acervo)    EM Curiosidades      07/10/15 às 15h00

Apesar de várias pesquisas científicas indicarem que a cura do câncer está próxima, a doença ainda tira a vida de muitas vítimas. Infelizmente, ela não é a única. Outras condições graves, que podem ser fatais, também não tiveram a cura descoberta ainda. Apesar disso, muitas pessoas conseguem se recuperar e viver uma vida normal com o tratamento.

Além disso, também há casos inacreditáveis de pessoas que superam doenças graves e consideradas incuráveis por motivos que ninguém entende exatamente. Para alguns se trata de milagres, já outros acreditam que essas pessoas passaram por algum processo natural desconhecido, que pode ser a chave para a cura das enfermidades.

1 - Floribeth Mora - Aneurisma Fusiforme

m1

Em abril de 2011 uma mulher costarriquenha chamada Floribeth Mora sofreu um aneurisma fusiforme, um tipo bastante raro de aneurisma cerebral. O tratamento é muito complexo e envolve uma cirurgia delicada. O problema é que em seu país não havia o equipamento cirúrgico adequado. Por causa disso, a mulher ficou na cama por meses, recebendo apenas medicação para controle da dor.

Bastante religiosa, Mora decidiu rezar para os papas João Paulo II e João XXIII e aos poucos começou a recuperar os movimentos do corpo que havia perdido. Sete meses após o acidente, os médicos notaram através de exames que todos os danos que haviam em seu cérebro haviam desaparecido completamente, o que teoricamente seria impossível de acontecer. Depois do ocorrido, Floribeth foi considerada pela Igreja Católica como prova viva de um milagre, que resultou na canonização dos dois papas.

2 - Jovem francesa infectada no parto - HIV

hiv

Uma jovem francesa de 18 anos, cujo nome não foi divulgado, teria se curado do vírus da Aids depois de 12 anos sem tomar os antirretrovirais. Ela foi infectada durante o parto de sua mãe e atualmente é considerada em remissão pelos médicos, mesmo sem o uso dos medicamentos necessários. O caso chocou especialistas no assunto e foi apresentado pelo médico francês Asier Saez-Cirion, que atua no Instituto Pasteur de Paris, durante a 8ª Conferência sobre a Patogênese do HIV, que ocorreu esse ano em Vancouver, no Canadá.

A garota está em ótimas condições de saúde e os médicos ainda não conseguiram descobrir de que maneira o organismo dela conseguiu controlar a infecção. Saez-Cirion acredita que a remissão do vírus possa ter ocorrido porque a garota recebeu tratamento imediatamente após o seu nascimento. Isso reforça a ideia de que quanto antes o tratamento contra o HIV se inciar no paciente, maiores serão as suas chances de se recuperar.

3 - Candice-Marie Fox - Câncer na tireoide

candice

A modelo Candice-Marie Fox afirma ter se curado de um câncer na tireoide em estado avançado apenas com abacaxis. Os médicos teriam dado à mulher apenas 5 anos de vida em 2011, quando ela percebeu um nódulo acima de sua clavícula. Foi então que ela iniciou o tratamento, mas em vez de regredir o câncer acabou se espalhando para outros órgãos.

Fox decidiu abandonar a quimioterapia e tentar vencer a doença apenas seguindo uma boa alimentação. Depois de pesquisar sobre as propriedades do abacaxi, ela decidiu comer três deles por dia. A fruta possui uma substância chamada bromelina, que possui a capacidade de destruir células cancerígenas. Além disso ela também investiu em outras frutas, como limão, banana e Kiwi e eliminou completamente o consumo de proteína animal. A modelo alega ter conseguido eliminar os tumores e vencer a doença apenas com os alimentos.

4 - Katie Marsh - Artrite reumatoide

artrite

Artrite reumatoide é uma doença inflamatória crônica que afeta as articulações, especialmente das mãos e dos pés, causando muita dor e inchaço, além de outros transtornos. Katie Marsh, uma advogada norte-americana, sofria da doença e, cansada dos incômodos que ela causava, decidiu apelar para um tratamento alternativo. Marsh começou a ingerir diariamente uma vitamina de maconha, iogurte e frutas.

"Eu tive resultados quase imediatos. Em questão de poucos dias eu era capaz de parar de tomar prednisona e ibuprofeno", declarou a mulher. Como o uso medicinal da maconha é aprovado no estado em que ela vive, Katie não teve problemas. Depois de tomar a vitamina inusitada, a mulher afirmou não ter mais sofrido com os sintomas da doença.

5 - Jordan Harden - Leucemia

jordan

A mãe do pequeno Jordan Harden, de apenas 3 anos de idade, já havia planejado levar o filho para passar os seus últimos dias de vida na Disney. O garoto sofria de leucemia e estava em um estado terminal. Depois de dois anos de tratamento, os médicos declararam à família Harden que nada mais poderia ser feito para fazer com que o câncer regredisse.

No entanto, quando já estavam de saída para o parque, a mãe de Jordan recebeu um telefonema do hospital que deixou todos surpresos. Os últimos exames realizados na criança apontaram que não existia mais vestígios da doença em seu organismo.

O caso do garoto até hoje é considerado intrigante pelos médicos que acompanhavam o tratamento de Jordan. Atualmente ele leva uma vida normal, como qualquer outra criança. O câncer não voltou a atingir o garoto, que está com uma saúde de ferro.

Fatos Desconhecidos (Acervo)
Acervo, matérias feitas antes do ano de 2015.

Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.
Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+