5 razões pelas quais The Big Bang Theory se tornou uma série modinha

POR Lucas Franco    EM Fatos Nerd      27/10/15 às 18h00

Ok, The Big Bang Theory não é mais a mesma coisa, ou pelo menos é o que dizem os críticos e alguns dos fãs mais antigos da série. Ainda assim, a sitcom é um sucesso absoluto - depois de fechar uma nona temporada com recorde de audiência, a décima temporada repete a dose de sucesso. Como se não bastasse, em 2014, a série foi renovada por mais três temporadas, mesmo com o salário absurdo do trio de protagonistas (1 milhão por episódio).

Com tamanho sucesso, pode haver pessoas que questionem o sucesso da série, que estreou na CBS em 2007 e logo se tornou um hit. Você já parou para pensar o que a fez gostar tanto dela? Com o perdão do termo, é verdade que The Big Bang Theory é a nova modinha da TV americana (e mundial), mas como isto aconteceu? A Fatos vai tentar explicar! Não deixe de comentar o que acha.

5 - Referências Nerd

The-Flash-the-big-bang-theory-9694706-350-197

Está cada vez mais evidente o quanto o"universo nerd" está em alta. O sucesso dos filmes de super-herói levou a temática a um nível nunca antes observado, em escalas globais. É difícil encontrar uma pessoa que não goste, ou que não tenha visto, pelo menos um dos filmes da Marvel, por exemplo. Para não citar as séries, desenhos animados, revistas em quadrinhos e todo o resto.

Da mesma forma que a indústria cresceu, The Big Bang Theory se aproveitou desta onda para conquistar seus fãs, e soube fazer isto como ninguém. Seja por um objeto de decoração, ou por uma mera citação dos personagens, as referências e easter eggs podem ser encontrados em todo episódio: uma merca registrada do programa. É uma lógica quase 100% verdadeira: se você gosta de nerdices, será atraído (e muito provavelmente fisgado) pela sitcom. A piada nem precisa ser engraçada.

4 - Humor sútil

tumblr_mam3gvnmN41rxevt4o1_500

The Big Bang Theory foi criada por Chuck Lorre, o mesmo nome responsável por Two and a Half Men. Quando a sitcom começou, era comum as pessoas esperarem por um tipo de humor semelhante, mas a série surpreendeu por possuir um tipo diferente de comédia, bem mais sutil, sem perder a graça. O próprio Sheldon é um personagem que não precisa de muito para fazer rir. Seja por meio das interações dos personagens, ou pelas situações constrangedoras em que os nerds se enfiam, o enredo possuí uma série de piadas prontas que dificilmente perdem a graça.

3 - Núcleo das meninas

tumblr_lscrysZnMm1qdmc03o1_500

Este é um tema polêmico que divide opiniões. Enquanto boa parte dos fãs preferem a série antes da chegada de Amy e Bernadette, outros adoram os novos rumos que The Big Bang Theory tomou - em especial o público feminino, que também é bastante assíduo. Com a criação deste novo núcleo, a série deixou de se focar nas "aventuras" dos nerds para abordar temas femininos do dia a dia. Além disto, a série se tornou mais madura, já que a maior parte dos personagens principais (até mesmo Sheldon) se envolveu em relacionamentos sérios, proporcionando toda uma nova gama de possibilidades e interações. Penny deixou de ser o foco feminino, e esta foi uma boa decisão, que aumentou ainda mais o público e, portanto, a "modinha" da série.

2 - É legal gostar de The Big Bang Theory

giphy

Sim! The Big Bang Theory é uma daquelas séries que ultrapassa os limites entre TV e telespectador e se expande para o dia o dia dos fãs, tornando-se algo maior. Da mesma forma que títulos clássicos como Friends e Seinfeld, a sitcom dos nerds se tornou um símbolo em todo o mundo. Assim, criam-se novos fãs que não apenas consomem o produto, como também o cultuam. Não é atoa que os produtos da série se tornaram tão comuns quanto aqueles a que ela faz referência.

1 - Sheldon

big-bang-theory-resumes-production-cast-new-deals-simon-helberg-kunal-nayyar

Jim Parsons vai ter dificuldade para nos fazer esquecer Sheldon quando a série acabar. O personagem, que foi concebido como o colega de quarto do verdadeiro protagonista da série, acabou se tornando, indiscutivelmente, a grande estrela. Mesmo quem não acompanha mais a sitcom com a mesma assiduidade não perde um momento do nerd mais famoso, que muito frequentemente é o destaque dos episódios, mesmo com as mudanças pelas quais tanto a série quanto o personagem passaram.

Com um salário de 1 milhão de dólares por episódio, Jim se tornou um verdadeiro imã para os novos fãs, que são rapidamente atraídos por seu jeito nada convencional. Definitivamente, não existe The Big Bang Theory sem Sheldon. E você, concorda?

Lucas Franco
O cara que gosta do Batman! @heymac14

Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.
Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+