• MAIS LIDAS
  • QUIZ
  • VÍDEOS
  • ANUNCIE

6 Assassinatos misteriosos que nunca foram e nunca serão resolvidos

POR Rafael Miranda    EM Terror & Sobrenatural      11/02/15 às 14h05

No passado não era possível comprovar muitos dos crimes que ocorriam. A falta de provas e de tecnologias que poderiam resolver essas tragédias facilmente deixou muitos mistérios em volta de casos que marcaram a história. Talvez, se no passado a polícia contasse com todos os recursos que hoje possuímos, esses casos poderiam ter sido solucionados.

Conheça agora 6 crimes que nunca foram e provavelmente nunca serão solucionados.

Tom Thomson

1

Thomas John "Tom" Thomson era um artista canadense influente do início do século 20. Thomson desapareceu durante uma viagem de canoagem em Canoe Lake em Algonquin Park, em 8 de Julho de 1917, e seu corpo foi encontrado no lago oito dias depois.

O corpo de Thomson foi examinado pelo Dr. Goldwin Howland, que concluiu a causa oficial da morte foi afogamento. O legista, Dr. Arthur E. Ranney, concluiu que o afogamento foi acidental. O corpo foi enterrado no Cemitério Mowat, perto Canoe Lake, no dia seguinte em que seu corpo foi descoberto. O corpo foi exumado dois dias depois e está enterrado no jazigo da família ao lado da Igreja Presbiteriana Leith.

O Corpo Perdido de Frederick McDonald

2

Em 15 de abril de 1926, o ex-membro do parlamento australiano Frederick McDonald desapareceu e foi nunca mais foi visto . Seu corpo nunca foi encontrado. Uma nota de suicídio estava entre os seus pertences mas não dizia detalhes do que ele fez ou onde estaria o corpo.

Ley se tornou membro do parlamento federal da Austrália em 1925, e sua ambição foi igualada apenas pela sua reputação como uma pessoa de mau caráter. Pouco depois que ele ganhou seu assento federal, ele foi investigado por corrupção. Antes da audiência, McDonald aparentemente decidiu se matar.

O assassino do carro em chamas

3

Sabia-se apenas que se tratava de um homem, que foi atingido na cabeça com um bastão e colocado inconsciente dentro de um carro. O veículo foi em seguida incendiado, perto da cidade de Northampton, no centro do país, em 1930.

O autor do crime, Alfred Rouse, foi encontrado e condenado à pena de morte, mas levou a identidade de sua vítima para o túmulo. Uma equipe de cientistas da Universidade de Leicester diz ter recuperado uma amostra de DNA da vítima que pode ajudar a revelar sua identidade.

O DNA poderá ser comparado com o da família de uma pessoa que teria desaparecido na época. Uma mulher contatou a polícia recentemente dizendo que, ao investigar a árvore genealógica da família e após informações recebidas pela avó, passou a suspeitar que a vítima nesse caso teria sido um tio-avô dela.

Esse tio-avô, William Thomas Briggs, saiu de casa para uma consulta médica em novembro de 1930 e nunca mais voltou.

Acredita-se que Briggs tenha cruzado com Rouse, um comerciante de 36 anos que possivelmente queria forjar a própria morte.

O assassinato de Julia Wallace

4

O assassinato de Julia Wallace em 1931 na cidade de Liverpool tem fascinado escritores britânicos por décadas. A morte foi chamada de ''um mistério sem precedentes", que só se compara com os assassinatos infames perpetrados por Jack, o Estripador.

Em 20 de janeiro de 1931, um homem chamado RM Qualtrough deixou uma mensagem no Clube de Xadrez de Liverpool Central para William Herbert Wallace. Na mensagem o homem dizia que queria se encontrar com William na noite seguinte. No dia seguinte, William foi até o endereço mas não encontrou ninguém. Ele fez o seu caminho de volta para casa, onde encontrou sua esposa brutalmente assassinada na sala de estar.

William Wallace foi condenado pelo assassinato, mas a decisão foi derrubada depois de uma apelação à justiça. Dois outros suspeitos foram considerados mas não se chegou à nenhuma resposta. Vários livros foram escritos sobre o assassinato que se tornou um mistério na Inglaterra.

Laetitia Toureaux

5

O caso ocorreu no domingo 16 de maio de 1937, precisamente às 18h28 - de acordo com as informações policiais. Laetitia Toureaux, uma jovem operária de origem italiana subiu no metrô nesse horário, na estação Porte de Charenton, que nessa época era a última estação da linha 8. Testemunhas viram-na entrando no vagão, que estava vazio. Laetitia usava um chapéu branco e um vestido azul escuro.

Na estação seguinte, Porte Dorée, seis passageiros, divididos em dois grupos de três, entram no mesmo vagão. Laetitia lá estava, sentada sozinha. Antes do trem partir, uma dessas pessoas se dirigiu a Latetita, para lhe perguntar se poderia abrir uma janela do vagão, para melhorar a ventilação. Porém, ao se aproximar da moça e ao tocar ligeiramente em seu ombro, seu corpo tombou ao chão, abrindo-se numa maré de sangue. Uma faca da clássica marca Laguiole está cravada na sua garganta. O golpe que a matou foi dado com tanta violência que a lâmina penetrou completamente em sua carne, até o cabo, e de forma tão profunda que seccionou a medula espinhal.

Quem a matou? Ao entrar, estava sozinha no vagão. Não havia mais ninguém à bordo. Logo na estação seguinte, estava ferida, quase morta. O assassino não foi percebido, entrou e saiu do vagão, em movimento, e cravou a faca na garganta de Laetitia durante pouco mais de um minuto que o trem levou para percorrer a distância entre as duas estações.

Harry Oakes

5

Harry Oakes era um americano nascido na Inglaterra que era proprietário de uma mina de ouro canadense. Ele era um influente empresário, investidor e filantropo. Ele ganhou sua fortuna no Canadá e em 1930 e mudou-se para as Bahamas onde foi assassinado em 1943 em circunstâncias misteriosas. A causa da morte e os detalhes que a cercam nunca foram totalmente resolvidos e tem sido objeto de vários livros e filmes.

Em 8 de julho de 1943, Oakes foi encontrado assassinado em sua mansão em Westbourne, na cidade de Nassau. Ele tinha 68 anos. Seu corpo havia sido espancado até a morte, parcialmente queimado e coberto de penas. O crime nunca foi resolvido.

Próxima Matéria
Rafael Miranda
Criando forças para segurar o forninho de cada dia. Instagram: @rafaelmiranda17
As categorias Terror, Sobrenatural, CreppyPasta e entretenimento têm como único objetivo de entreter. Não devem ser utilizadas como fontes de artigos científicos ou trabalhos escolares.
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você


Fatos + Deezer (Podcast)

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+