Curiosidades

6 forças mais poderosas do universo

0

O universo é tudo o que existe fisicamente, a totalidade e tempo e todas as formas de matéria, incluindo todos os planetas, estrelas, galáxias, e os componentes do espaço intergalático. Ele realmente é imenso e alguns cientistas dizem até ser infinito. E com certeza, existem milhares de coisas por aí que as pessoas não tem ideia de que acontecem na totalidade de universo.

Por ele ser tão imenso existem quase uma infinidade de coisas a serem descobertas. Mas também existem aquelas coisas que os seres humanos já sabem. E dessas coisas, sabidas temos grandes forças que não teríamos como combatê-las se algum dia viesse de encontro conosco. Mostramos aqui, algumas dessas forças.

1 – Estrela de nêutrons

A estrela de nêutron é bastante densa. Tanto que, somente uma colher de chá dela na gravidade da Terra pesaria o mesmo tanto que uma montanha. E a massa total dessa estrela caberia em uma área de aproximadamente 367 metros quadrados. Isso seria como o valor de massa múltiplo do sol embalado à vácuo em uma área que alguém poderia atravessar em horas.

2 – Pulsares

Quando olhamos para o céu as estrelas parecem estar brilhando. A verdade é que isso na realidade é um pulsar. Ele é um tipo único de estrela de nêutrons que é caracterizada por feixes bastante poderosos de radiação eletromagnética altamente concentrada saindo de seus polos magnéticos enquanto a estrela gira sob eles.

E é exatamente essa rotação junto com o fato do raio ser visível quando olhamos para ele que dá essa ilusão de piscar. E esses pulsares são bastante importantes para os astrônomos. Os primeiros planetas extra-solares foram encontrados orbitando um deles.

3 – Magnetars

Essas estrelas são definidas pelos campos magnéticos bastante poderosos. Em comparação, o campo magnético da Terra fica em 1 gauss, que é a medida. E os campos magnéticos mais fortes feitos pelo ser humano não passam de um milhão de gauss. E as estrelas de nêutrons são 1 trilhão de gauss. Mas é impossível descrever de maneira correta.

E os magnetares são ainda mais fortes. Seus campos magnéticos são superiores a um quatrilhão de gauss. Essa intensidade magnética é suficiente para atomizar qualquer coisa a centenas de quilômetros dela.

4 – Buracos negros supermassivos

Esses buracos negros são mais perigosos do que estelares comuns. Os cientistas sabem que eles podem ter massas milhões ou bilhões de vezes a do sol. Ainda não é sabido como eles são formados, mas é provável que eles tiveram tempo, para devorar várias estrelas, nebulosas e outros buracos negros.

Se uma pessoa fosse infeliz de cair em um buraco negro supermassivo a morte seria bem devagar, isso porque ele é bem grande. E uma pessoa demorará a perceber que algo esteja errado.

5 – Buracos negros

As equações, tentando entender o buraco negro, ainda não conseguem descrever o que está no centro de uma coisa tão extrema, perigosa e poderosa quanto um buraco negro. Além de ser impossível saber o que tem no centro de um buraco negro.

Somente se algum dia, a relatividade geral e a física quântica forem unificadas se saberá ao certo. Até lá, nunca se saberá ao certo.

6 – Quasares

Não é fácil descrever a luminosidade, massa e o poder que os quasares tem. O quasar é como se fosse um buraco negro supermassivo, mas com um jato titânico a astrofísico de gás superaquecido disparando para o cosmos por suas extremidades.

Os quasares conseguem ofuscar galáxias hospedeiras. Felizmente, o quasar mais próximo de nós está a 730 milhões de anos-luz de distância.

15 maneiras bizarras que as pessoas estão se protegendo do coronavírus

Matéria anterior

7 parasitas que controlam a mente dos seus hospedeiros humanos

Próxima matéria

Mais em Curiosidades

Você pode gostar

Comentários

Comentários não permitidos.