6 técnicas infalíveis para aprender a cantar bem

POR Thamyris Fernandes    EM Curiosidades      04/09/14 às 00h51

Nem todo mundo nasce cantando, como é possível ver algumas crianças na internet. Mas ninguém precisa se sentir "menor" por causa disso. Embora a cantoria seja um dom, todo mundo pode aprender a cantar.

Isso porque, mesmo que não você não receba o Grammy da música por seu talento natural, algumas técnicas e cuidados com a voz podem educar a forma de projetar o som de suas pregas vocais, para que ele seja - ao menos - toleráveis aos seres vivos.

Assim, se você é uma negação completa para o "ramo" musical e sempre sonhou em cantar usando um microfone, não desista! Nós, do Fatos Desconhecidos, trouxemos algumas técnicas super úteis, capazes de te ajudar nessa empreitada.

Confira a lista abaixo e aprenda a cantar (pelo menos de forma tolerável) em seis passos:

1. Não imite ninguém

2

Nada de tentar imitar seu cantor preferido! Para cantar bem as pessoas precisam encontrar seu estilo próprio. Isso porque, ao tentar seguir o tom de outro pessoa, você acaba forçando sua voz e comprometendo a interpretação.

2. Ache o seu tom

1

Não existe um tom certo universal. Cada pessoa tem o seu e encontrá-lo significa poder deixar a voz firme e confortável. De forma geral, há 3 possibilidades: baixo, médio e agudo. Se sua voz é grave, pode ser que seu canto fique melhor em um tom baixo ou médio, por exemplo. Nesse caso, se a vontade de descobrir qual seu tom ideal, o conselho é consultar um professor de canto.

3. Aprenda a respirar

3

Nada de cantar engasgando ou cortando palavras no meio para puxar o ar. A respiração abdominal é a ideal para o canto, porque permite que você use toda a capacidade pulmonar. Mas, claro, para fazer isso sem esforço é preciso treino: inspire e leve o ar para a região do abdome durante 3 segundos, depois sopre a bexiga, contraindo o abdome até soltar todo o ar.

4. Boa postura é essencial

4

Parece bobeira, mas a verdade é que a má postura pode bloquear o movimento do diafragma (na região abdominal) e dificultar a respiração. Para evitar problemas assim, endireite o tronco e deixe os ombros relaxados. Para ajudar, deixe os pés um pouco afastados um do outro, para ter maior equilíbrio; e evite colocar todo seu peso sobre uma perna só.

5. Prepare a voz

5

A alimentação pode influenciar, e muito, na hora de usar o potencial da voz. Evite comer derivados de leite, por exemplo, que alteram o pH da saliva e a deixam mais viscosa. Açúcares também são ruins, pois estimulam a produção de muco.

Além disso, outro cuidado necessário é o "aquecimento" da voz, que funciona como o alongamento do corpo, na hora dos exercício físicos. Para isso, tente imitar os sons de uma metralhadora (trrrrrrrrrrrr) por até 15 minutos. Isso evitará nódulo nas cordas vocais e outras agressões.

6. Articule bem as palavras

6

É preciso abrir bem a boca durante o tempo em que se está cantando, fazendo o "desenho" das sílabas de cada palavras, principalmente no caso das vogais. Isso dá força à interpretação e ajuda as pessoas a entenderem o que você está dizendo durante a música. Exercícios como estalar a língua ou vibrar os lábios (fazendo "brrrr") ajudam e relaxam a musculatura da boca.

Thamyris Fernandes
EQUIPE FATOS DESCONHECIDOS, BRASIL

Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.
Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+