• MAIS LIDAS
  • QUIZ
  • VÍDEOS
  • ANUNCIE


6 utilidades bizarras das fezes e urina no Império Romano

POR Mateus Graff    EM História      18/01/17 às 16h23

O Império Romano foi o período pós-republicano da antiga civilização romana, caracterizado por uma forma de governo autocrática liderada por um imperador e por extensas possessões territoriais em volta do mar Mediterrâneo na Europa, África e Ásia. E é claro que consequentemente, sem a tecnologia que temos hoje, o império romano é repleto de coisas nojentas, inclusive as coisas que eles usavam para lavar roupa e escovar os dentes, por exemplo. Falando nisso, vocês já leram a nossa matéria com as 8 coisas que acontecem se você segurar as fezes por muito tempo?

Bom, no império romano eles faziam alguns usos um tanto nojentos para as necessidades humanas, alguns que vocês ficarão impressionados em como as pessoas era nojentas. Então, caros amigos, confiram agora a nossa matéria com as 6 utilidades bizarras das vezes e urina no Império Romano:

1 - Higiene bucal

1

Para quem não sabe, a urina se decompõe em amônia, um produto com grande capacidade de limpar as coisas. Autores romanos como Catullus e outros, atestaram que pessoas usavam a urina humana e animal para fazer enxague bucal e ajudar a limpar os dentes. Podia até ficar limpos, mas não devia ser nada legal colocar xixi na boca para escovar os dentes.

2 - Curtir o couro

2

Provavelmente os romanos achavam que a urina e fezes eram solução para tudo. Antes de secar, eles usavam a urina para ajudar a tirar os pelos do couro, já as bactérias das vezes ajudavam a amolecer o couro. Agora imaginem como ficava o cheiro do couro na hora de usar.

3 - Fertilização do solo

1

Nós já estamos acostumados a vermos fezes de animais sendo usados para fertilizar o solo, mas com certeza vocês nunca viram fezes humanas adubando o solo, certo? Pois é, o uso de fezes e urina humana era tão importante que existiam pessoas que trabalhavam só na coleta de fezes, uma profissão chamada stercorarii. Quem usava esse tipo de adubo precisava pagar uma taxa para o governo, que foi inventado pelo imperador Vespasiano.

Na Itália, esse imposto ficou tão famoso que os mictórios públicos que são chamados de vespasiani e vespasiennes na França. Segundo historiadores, os cientistas da época achavam que as vezes eram ricas em nitratos, fósforos e potássio, as substâncias que beneficiam o solo em pequena quantidade, porém podiam causar doenças.

4 - Lavar roupas

1

Como citamos no item 1, a urina se decompõe em amônia, produto bom para fazer limpeza, e ela também era usada na hora lavar as togas, num lugar chamado fullo. Primeiro eles colocavam uma pessoa para ficar pulando em um tanque cheio de urina, "massacrando" as togas com os pés. Depois, pó e cinzas eram adicionados ao processo, e por mais que possa parecer estranho, todas essas substâncias adicionadas ajudavam a dissolver a sujeira acumulada nas roupas.

5 - Cultivo de plantas

1

Com o nitrogênio e fósforo também presentes na urina, esses compostos são muito úteis no cultivo de vegetais. Columella, um autor romano, escreveu que a urina de pessoas idosas eram usadas com sucesso no cultivo de romãs, que na época eram as mais saborosas e deliciosas do que as que não recebiam a urina.

6 - Curar animais feridos

1

Columella também descreveu sobre o uso da urina humana na cura de animais. De acordo com ele, ovelhas com problemas no estômago consumiam urina humana, já as que tinham problemas pulmonares recebiam urina pelo nariz. As colmeias que apresentassem alguma patologia eram banhadas com urina, e por fim, gripes aviárias eram combatidas com urina quente sendo colocada no bico dos pássaros.

Bônus:

1

Ir ao banheiro era algo legal, as privadas eram ao ar livre, com um buraco para tudo ficar escondido. Os vasos eram coletivos, então as pessoas faziam suas necessidades olhando uma para as outras (essa era a parte legal, ou nem tanto). a imagem acima mostra os formatos e modelos de banheiros na época do Império Romano. Tratavam-se de verdadeiros rios, poças represadas e pequenas grutas, contendo um mar de excrementos, fezes, urina, vômito e coisas desgostosas do gênero.

E aí, caros amigos, acharam o Império Romano um tanto nojento? Comentem!

Próxima Matéria
Mateus Graff
https://www.instagram.com/mateusgraff/ https://www.facebook.com/mateus.adjutomartinsgraff
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+