• MAIS LIDAS
  • QUIZ
  • VÍDEOS
  • ANUNCIE

6 vezes em que o Facebook ajudou a prender criminosos

POR Fatos Desconhecidos (Acervo)    EM Curiosidades      28/01/15 às 18h53

É muito difícil encontrar pessoas que não são adeptas das redes sociais hoje em dia. O Facebook é uma das mais populares e permite que os seus usuários criem uma rede imensa de amigos e compartilhem os mais diversos tipos de conteúdo.

Os especialistas recomendam que a exposição dos usuários na rede seja moderada, mas algumas pessoas parecem não se importar muito com isso e usam o Facebook até mesmo para exibir os próprios crimes.

1. Christopher Castillo

castillo

Christopher Catillo, dos Estados Unidos, aparentemente não gostava muito do presidente Barack Obama. O homem foi até a página do Facebook do presidente e o ameaçou de morte, o que é considerado crime no país.

O serviço de inteligência secreta averiguou o caso e por um tempo Castillo continuou reafirmando a ameaça, mas, no fim das contas, disse que se tratava apenas de uma brincadeira. Uma brincadeira que pode lhe custar 10 anos de prisão, se condenado.

2. Victor Burgos

victor

Victor Burgos, que também é dos Estados Unidos, estava foragido e resolveu desafiar a polícia. O jovem publicou na rede social: "Prendam-me se forem capazes, estou no Brooklyn".  A polícia localizou a casa em que Burgos estava um tempo depois e ele foi novamente preso.

3. Jacob Cox-Brown

jacob

Depois de se envolver num acidente de trânsito, o rapaz postou em sua página no Facebook: "Dirigindo bêbado... clássico. Mas desculpa aí pelo carro no qual bati. :P".  O garoto achou que não passaria disso, e ele ficaria impune, mas um policial que estava investigando o acidente teve acesso ao post de Cox-Brown e ele acabou sendo preso.

4. Michael Baker

michel

Além de roubar gasolina de uma viatura policial, Baker tirou uma foto do roubo fazendo gestos obscenos e postou na rede. Apenas 12 horas depois ele já estava atrás das grades.

5. Cheryl Nelson

cherryl

A americana Cheryl Nelson criou uma série de perfis fakes para incriminar a nova namorada do seu ex. Nelson procurou a polícia e disse que a mulher a ameaçava e perseguia. Ela apenas não contava com o fato de que seu computador seria analisado pelos investigadores, que descobriram que tudo havia sido montado por ela. Cheryl Nelson foi presa por falsidade ideológica e comunicação falsa de crime.

6. Roger Ray Ireland

roger

A polícia de Maryland nos Estados Unidos possuía uma página no Facebook em que todas as quartas postavam fotos de foragidos com a hashtag #ProcuradosdeQuarta. Um dos procurados, Roger Ray Ireland viu a sua imagem divulgada e resolveu comentar a foto. O criminoso disse que nunca seria pego pela polícia e que o seu "negócio" continuava. Ele foi preso no dia seguinte.

Bônus: Racismo
1
Casos como esse acima são muito comuns no Facebook, mas você sabia que podem acabar em prisão? Isso mesmo, a internet não é a terra da zoeira onde nada acontece, todos esses comentários se enquadram na lei vigente sobre racismo, e as pessoas que fizeram eles podem ir parar na cadeia, assim como se tivessem cometido o crime na vida real.

Portanto a partir de hoje vale a reflexão, cuidado com o que você posta nas redes sociais, ofender as pessoas de maneira gratuita ou atentar contra a honra delas pode fazer com que você passe um bom tempo "vendo o sol nascer quadrado".

Próxima Matéria
Fatos Desconhecidos (Acervo)
Acervo, matérias feitas antes do ano de 2015.
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+