7 armas não letais que aparentemente podem matar

POR Jesus Galvão    EM Curiosidades      25/04/18 às 17h40

A definição de não letal transmite a ideia de algo incapaz de causar a morte. As armas não letais tem como finalidade de incapacitar um alvo sem tirar sua vida. Porém, nem tudo funciona dessa forma, ou como era esperado.

Algumas dessas armas podem se mostrar tão letais quanto outros armamentos comuns. Hoje, listamos 7 objetos não caracterizados como letais mas que podem oferecer riscos as pessoas. Confira!

1 - Gerador de Trovão

Os geradores de trovão são capazes de gerar ondas de choque invisíveis que causam desconforto a aqueles que estão dentro do seu raio de alcance. O equipamento foi originalmente desenvolvido para espantar aves nas fazendas. Porém, devido o seu potencial, foi adaptado por militares para ajudar a desfazer tumultos e contenção de pessoas.

O gerador de trovão tem alcance de cerca de 50 metros. Apesar de projetado para não ser uma arma letal, caso o alvo esteja a menos de 10 metros de distância, os raios serão tão fortes que podem levar a morte.

2 - Canhões de água

Os canhões d'água também foram desenvolvidos visando a dispersão de motins. A água sai tão pressurizada que seria capaz de derrubar uma pessoa. A ferramenta é amplamente utilizada pela polícia do mundo todo. Apesar de não se tratar de uma arma, em específico, um canhão d"água pode se tornar algo letal.

Dietrich Wagner, em 2010, foi atingido no rosto durante um protesto na Alemanha e teria ficado cego. Isso devido a pressão em seu rosto, que foi o suficiente para fratura-lo e arrancar seus glóbulos oculares.

3 - Gás lacrimogêneo

Apesar de ser conhecido como um gás, na verdade ele é constituído de cristais químicos sólidos aerossolizados. Uma vez me contato com as mucosas as substâncias químicas reagem causando forte irritação. O organismo em defesa a essas substâncias secretam lágrimas e mucos pelos olhos e nariz, o que na verdade apenas piora toda a situação.

Além de cegueira temporária ou permanente, dependendo das circunstâncias, o gás lacrimogêneo pode causar outros problemas. Em 2013, cerca de 37 pessoas morreram sufocadas no Egito após uma bomba de gás lacrimogêneo ter sido disparada contra seus veículos.

4 - Canhões sonoros

Essa "arma" é utilizada para direcionar sons perturbadores que podem causar dores no corpo e de cabeça nas pessoas. E, em casos extremos, podem até mesmo levar a perda da audição. O dispositivo, dependendo da quantidade de decibéis emitida, pode ocasionar a perda do senso de equilíbrio dos indivíduos.

Um fotógrafo, em 2014, enquanto cobria um protesto em Nova York, foi atingido pelas ondas sonoras do equipamento. Mais tarde, quando já estava em casa, não conseguia dormir e seus ouvidos apresentavam um estranho ruído. O fotógrafo e outras cinco manifestantes posteriormente apresentaram queixas ao departamento de polícia da cidade por danos permanentes à sua audição.

5 - Tasers

De acordo com uma pesquisa realizada por agências de segurança nos Estados Unidos a pedido da Anistia Internacional, desde 2001 ao menos 500 pessoas morreram pelo o uso de tasers. O que acaba sendo contraditório, uma vez que a ferramenta não é considerada letal. A pesquisa ainda revelou que muitas vezes os policiais utilizam o equipamento indiscriminadamente, uma vez que 90% das pessoas que morreram estavam desarmadas.

Em 2011, na Califórnia, um motorista morreu após o uso do equipamento por policiais após uma infração de trânsito. Três policiais efetuaram 16 disparos de taser contra o motorista, até que ele morreu. Os policiais foram inocentados posteriormente.

6 - Spray de pimenta

Sprays de pimenta são utilizados por cidadãos comuns e policiais como uma arma de autodefesa. Apesar da sua categoria como arma não letal, as substâncias que compõem o spray podem se tornar perigosas. O spray contém capsaicina que se misturada com outras substâncias, como o álcool, pode vir a potencializar a sua ação.

A inalação desses produtos químicos adicionais afeta o coração, os pulmões e o sistema nervoso, causando batimentos cardíacos irregulares e podem levar até mesmo a morte.

7 - Balas de borracha

As balas de borracha estão inseridas no grupo de armas não letais. Elas são classificadas como projéteis de impacto cinético (PIC). Elas são utilizadas para atordoar e deixar as pessoas inconscientes. Porém, elas podem causar danos irreversíveis devido o impacto caso elas atinjam a cabeça, pescoço e o abdômen dos indivíduos.

Estatísticas afirmam que 3 a cada 100 pessoas atingidas por esses projéteis morrem. Entre 1990 e 2017, os PIC mataram cerca de 53 pessoas e feriram números superiores a mil pessoas. Entre as pessoas feridas, cerca de 300 pessoas se tornaram incapacitadas de realizar suas funções cotidianas.

Então pessoal, o que acharam da matéria? Deixem nos comentários a sua opinião e não esqueçam de compartilhar com os amigos.

Via   Listverse  
Imagens UOL
Jesus Galvão
Goiano, Canceriano e Publicitário.

Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.
Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+