7 coisas bobas que foram banidas da TV brasileira

POR Lucas Franco    EM Entretenimento      27/10/15 às 16h31

Quando se trata da televisão brasileira, é preciso ter cautela. Você conhece a história; uma propaganda é lançada, encanta uma parte da população, afronta outra parte, reclamações são feitas, e logo ela é desvinculada (leia-se banida). E este é apenas um exemplo: o mesmo acontece com episódios de séries e até mesmo desenhos animados inocentes (ou não).

Enquanto alguns episódios são banidos por motivos concretos e aceitáveis, como o famoso episódio de Pokémon em que as crianças japonesas sofreram ataques epiléticos enquanto o assistiam, outros são banidos por motivos completamente bobos e sem sentido. Algumas explicações chegam a ser engraçadas de tão absurdas. Confira abaixo alguns episódios e propagandas publicitárias que foram vetadas da televisão.

7 - "Os Simpsons" - Episódio Blame It on Lisa

[embed]https://www.youtube.com/watch?v=6Og-wmOD9m4[/embed]

"Os Simpsons" pode ser um desenho animado extremamente polêmico. Prova disto foi o episódio Blame It on Lisa, em que a família mais famosa dos Estados Unidos viaja até o nosso querido e amado Brasil. No meio de alguns estereótipos como filas de conga, ratos nas ruas, mulheres peladas na televisão e muito futebol, os Simpsons irritaram o governo do Rio de Janeiro, e o episódio foi banido em todo o Brasil.

6 - Comercial da Devassa

[embed]https://youtu.be/VqNIq-9Lin8[/embed]

Esta campanha da cerveja Devassa, que contou com a participação especial da americana Paris Hilton, foi vetada pelo Conar por ser considerada apelativa, além de incentivar o consumo de bebida alcoólica e ter conteúdo sexista.

5 - Comercial da Trident

[embed]https://youtu.be/vg-jBXBczz0[/embed]

Apesar de ser muito bem bolado, este comercial da Trident foi considerado excessivamente sensual e apelativo para o Conar, motivo pelo qual foi vetado em todo o território nacional. Bom, talvez ele tenha mesmo ficado um pouco forte para programas infantis, mas não é para tanto, concordam?

4 - "Tiny Toon" - Episódio One Beer

[embed]https://www.youtube.com/watch?v=kEIa53R4v-w[/embed]

Este episódio foi censurado por toda sua premissa. Nele, os pequenos personagens da Looney Tunes ficam bêbados, roubam um carro da polícia, batem o veículo e ainda morrem. Talvez não seja tão bobo, mas era uma forma de o desenho mostrar os males do álcool. Claro, o episódio foi considerado uma apologia.

3 - "South Park" - Episódio Bloody Mary

Image converted using ifftoany

O desenho americano brinca com quase tudo que é considerado intocável pela televisão: celebridades pop, morte, política e praticamente todas as religiões, do budismo ao mundo islâmico. Como não poderia deixar de ser, sobrou até para a Igreja Católica. No episódio Bloody Mary, uma estátua da Virgem Maria menstrua na cara do Papa, motivo pelo qual não foi transmitido pela TV brasileira (e nem na americana). O episódio pode ser visto aqui, já que não está disponível no YouTube.

2 - Comercial do Burger King

[embed]https://youtu.be/r-TEwMY5E-I[/embed]

Sabe o Whopper? É bem provável que você goste do hambúrguer mais famoso da marca Burger King. Ainda que ele realmente seja "indecente de tão gostoso", o Conar não gostou muito do trocadilho escolhido para esta campanha, que foi até mal interpretado por uma boa galera por aí. Por isso, o comercial foi vetado.

1 - "Pokémon" - Férias em Acapulco

[embed]https://www.youtube.com/watch?v=R1goiXPNVTo[/embed]

Pokémon é um caso a parte. São vários os episódios que foram banidos, seja no Japão, nos Estados Unidos, ou mesmo aqui no Brasil. A maioria deles foi banido em todos os países, e não são fáceis de encontrar. Entre os casos mais famosos, com certeza se destaca o episódio Férias em Acapulco, em que o personagem James é visto com grandes seios para participar de um concurso de biquínis. O episódio foi considerado sexualmente ofensivo para as crianças, porque os seios de James seriam uma atração para o travestismo.

Lucas Franco
O cara que gosta do Batman! @heymac14

Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.
Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+