• MAIS LIDAS
  • QUIZ
  • VÍDEOS
  • ANUNCIE


7 coisas que aconteceram entre A Lenda de Aang e A Lenda de Korra

POR Gabi Noronha    EM Fatos Nerd      05/10/18 às 16h24

A série Avatar: The Last Airbender foi criada por Michael Dante DiMartino e Bryan Konietzko. A animação estreou em 2005, no canal Nickelodeon, e conquistou milhares de fãs quase que instantaneamente. A história mostra um mundo alternativo, no qual a civilização humana é dividida em nações conhecidas como: a Tribo da Água, o Reino da Terra, a Nação do Fogo e os Nômades do Ar. Cada uma delas com seus próprios costumes e culturas. Nessas sociedades existem pessoas capazes de manipular o elemento natural correspondente; eles são conhecidos como dobradores.

O sucesso foi tão grande que a história ganhou continuação, Avatar: A Lenda de Korra. Embora os eventos mostrados na série sejam consequência da anterior, as duas possuem diferenças em sua estrutura e desenvolvimento. Seja como for, muitos anos se passaram entre uma e outra, e muitas coisas aconteceram nesse meio tempo. A seguir, separamos algumas delas.

1 - A criação da Academia Beifong de Metal

Em A Lenda de Aang, Toph Beifong era a única que conseguia dobrar metal. Como dobradora da terra, ela descobriu que o metal era apenas terra refinada e purificada. Na série, isso foi uma novidade e tanto, porém, quando A Lenda de Korra começa, descobrimos que houve uma evolução e tanto nesse sentido. Quando a grande guerra chegou ao fim, Toph decidiu que era hora de compartilhar seu conhecimento com outros dominadores do elemento. Assim, ela criou a academia Beifong de dobradores de metal. Toph passou anos ensinando para as novas gerações a técnica e a consequência vemos em A Lenda de Korra, onde existe até uma cidade inteira formada só por metal.

2 - Aang visitava Iroh no mundo espiritual

Na primeira vez em que Korra se perdeu no mundo espiritual, ela encontrou com Iroh - o que lhe caiu como um alívio e tanto. Em uma de suas conversas, Iroh disse também ter conversado bastante com Aang. Quando o Avatar estava vivo, ele visita Iroh com frequência em busca de conselhos. Como visto na primeira série, o velho era tão sábio quanto o ditado dizia.

3 - Zuko sofreu ataques da própria nação

Quando Aang derrotou o Senhor do Fogo, ele colocou um fim à guerra que já durava um século. Assim, o mundo viveu um período de paz em seguida, mas não imediatamente. Zuko sofreu várias ameaças e mesmo ataques de milícias da Nação do Fogo. Uma das tentativas de assassinato pelas quais passou foi em seu próprio palácio. Dentro de casa. Não foi fácil para ele tomar as rédeas da situação.

4 - Zuko encontrou a mãe

O mistério sobre o que aconteceu com a mãe de Zuko faz parte da história do personagem. Na série, ele procura saber o que houve, sem sucesso. Descobrimos mais sobre ela nos quadrinhos publicados posteriormente. Sua mãe teve as memórias apagadas e a face alterada. Ela se mudou com Ikem, seu antigo amante, para outra cidade, onde teve uma vida mais tranquila.

5 - Aang e Zuko se tornaram melhores amigos

Zuko foi um dos personagens com o melhor desenvolvimento em toda a série. Seu verdadeiro objetivo ao encontrar e capturar - ou matar - o Avatar era tentar provar seu valor diante do pai. Zuko tinha muitas mágoas e dúvidas guardadas dentro de si, sentimentos que foram modificados ao longo da história. Na terceira temporada descobrimos que ele e Aang se entenderam, porém, os dois vão além e se tornam melhores amigos depois de tudo.

6 - Novas cidades foram fundadas

Em A Lenda de Aang, o mundo é dividido por tribos e nações. Boa parte dele permaneceu sob o fascismo do Senhor do Fogo por décadas. Por isso, quando a guerra chegou ao fim, surgiram novos líderes mundiais e, com eles, novas cidades. A ditadura havia terminado; nada mais natural do que a democracia florescer. Assim, a Cidade da República e a República Unida das Nações foram fundadas nesse período.

7 - O vendedor de repolho ficou rico

Quem não se lembra do senhorzinho vendedor de repolhos?! O coitado tinha sua banca destruída praticamente episódio sim e outro não. E sempre lamentava "os repolhos". Tadinho! Mas, o período de calmaria fez muito bem a ele. Entre uma série e outra, o senhor fundou uma corporação para vender repolhos e ficou rico.

Próxima Matéria
Via   SR  
Gabi Noronha
Resumindo, é basicamente isso! Mais aventuras em Instagram: @gabinoronhaf
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+