7 coisas que só pessoas assexuadas sentem na pele

POR Jesus Galvão    EM Experiências      13/03/18 às 19h48

Já se contabiliza mais de 7 bilhões de pessoas espalhadas por todo o globo. E nesse oceano de mentes, milhões também são as maneiras de se encarar o mundo. Expressamos nossos sentimentos, e desejos de formas distintas. E a assexualidade é apenas uma dessas faces da quase infinita complexidade que é a raça humana. O desconhecido muitas vezes nos assusta, e muitas vezes rejeitamos aquilo que nos é diferente, o que pode nos levar a cometer muitos erros.

É possível que você venha a conhecer alguém que se reconheça e se apresente como uma pessoa assexuada. Muitas são as duvidas, e como muitas outras questões sobre a nossa sexualidade, poucas são as respostas. O imprescindível é sempre respeitar as diferenças. Listamos algumas das coisas que somente as pessoas assexuadas encaram todos os dias. Confira!

1 - Sem sexo, o mundo parece sem noção

Estamos tão acostumados a hiper sexualização que muitas vezes nem percebemos. É comum assistirmos diariamente anúncios onde corpos e belos sorrisos tentam nos vender os mais variados tipos de produtos. É quase impossível assistir a um filme sem que haja ao menos um casal de pessoas atraentes contracenando uma cena picante.

"A mídia é estranha e confusa. Conforme envelheço, eu consigo compreender a nível intelectual porque a publicidade funciona dessa forma, porém ainda não entendo como mostrar uma mulher "gostosa" faz as coisas venderem. Eu acho que há uma parte em mim que não acredita que um mundo altamente sexual exista…" disse a internauta Julianna.

2 - As pessoas não acreditam na existência dos assexuados

Um dos maiores problemas enfrentados por pessoas assexuadas é que muitas pessoas não acreditam que eles de fato existam. "Ou eles acham que somos homossexuais que ainda não saíram do armário, ou que não fomos despertos à sexualidade ainda." disse Andy. E isso é um grande erro.

As pessoas assexuadas tem os mesmos desejos de companhia que qualquer outra pessoa. Elas simplesmente não se importam tanto com essa construção sexual que as pessoas muitas vezes criam em torno das relações. E apesar disso incomodar muita gente, as pessoas assexuadas estão muito tranquilas em relação ao que sentem.

3 - Você pode ser assexuado e ainda fazer sexo

Não há nada faltando. E, como qualquer outra pessoa, os assexuados também podem experienciar um orgasmo. Pessoas assexuadas conhecem seus genitais e são tão curiosos quanto qualquer a respeito deles. "Não existe nada bloqueando nossa capacidade de sentir prazer. Existem aqueles que fazem sexo, mas muitas vezes não tomam a iniciativa. E existem aqueles que, como eu, não só não fazem, como evitam qualquer contato do tipo." afirma Julianna.

4 - Às vezes pode ser complicado durante os relacionamentos

Os assexuados não são robôs, nem nada parecido com isso. E atos sexuais podem normalmente fazer parte da rotina do casal, como qualquer outro. Algumas pessoas entram em relacionamentos abertos, permitindo com que seus parceiros tenham relações com outras pessoas.

Para Andy "a assexualidade às vezes pode ser motivo de muitos problemas dentro de uma relação. Por exemplo, muitas vezes os parceiros mais sexuais se sentem inseguros consigo mesmos (geralmente por atribuir a falta de interesse sexual do outro como sendo uma falta de interesse e de atração neles)."

5 - É difícil compreender algo apenas por sua ausência

Julianna ainda era virgem e não compreendia o motivo exato para que alguém quisesse fazer sexo. Já Andy, quando seus colegas de sala no ensino médio começaram a falar sobre o tema fez com que ele despertasse interesse sobre o assunto. Andy perdeu sua virgindade aos 15 anos. "Foi uma boa experiência. E por se tratar de uma coisa nova tive problemas com ereção e não tive um orgasmo. Pensei que fosse porque era devido a minha falta de experiência."

Para ele naquele tempo o sexo era uma coisa para adultos. E fazer sexo, diferente de muitos outros adolescentes na sua idade, soava mais como uma obrigação. Mas admitir que se é diferente frente às expectativas impostas e ainda num momento tão difícil como a adolescência pode ser perturbador.

6 - Alguns acreditam que a assexualidade seja uma doença

Andy conta que "uma vez alguém me disse que eu deveria experimentar uma boa transa pra "curar" minha assexualidade. Eu cheguei a conhecer algumas mulheres que disseram que "testariam" a minha assexualidade e isso foi bem ofensivo." Em 2012, o Dr. Gordon Hodson da Universidade de Western, no Canadá, através de um estudo com um grupo de universitárias e homens anônimos da internet.

Ele concluiu que ambos os grupos tiveram algum tipo de rejeição a assexualidade. Alguns até se posicionaram como menos propensos a contratar ou alugar um apartamento para eles, por exemplo.

7 - O que é a assexualidade

A assexualidade é uma das formas de manifestação da sexualidade humana baseada pela falta de atração sexual por qualquer um dos gêneros. A falta de atração pode ocorrer por diversos motivos, e a assexualidade é apenas um deles. Não sentir atração sexual não necessariamente caracteriza alguém como uma pessoa assexuada. Deve-se analisar cada caso de forma particular e dando a devida atenção a cada um deles.

Para algumas pessoas, a assexualidade se caracteriza pela falta de atração romântica, e há aqueles que sentem pouca necessidade de relacionamentos interpessoais. Enquanto algumas pessoas através dos atos sexuais exprimem seus sentimentos e desejos por seus parceiros, para outros suas expressões podem vir através da proximidade, empatia e aceitação. E claro, trocas de carinhos e afetividade.

É importante entender que a assexualidade não significa não gostar ou ser contra o ato sexual, apesar de alguns assexuados se reconhecerem nessa categoria. Os sentimentos existem e é totalmente possível que uma pessoa assexuada se apaixone e ame outra pessoa. Mesmo que nunca se sinta atraída sexualmente por ela.

Então pessoal, o que acharam da matéria? Gostaram? Deixe seu comentário e não se esqueça de compartilhar com os amigos.

Jesus Galvão
Goiano, Canceriano e Publicitário.

Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.
Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+