• MAIS LIDAS
  • QUIZ
  • VÍDEOS
  • ANUNCIE


7 crimes mais chocantes cometidos pela Yakuza

POR Jesus Galvão    EM Curiosidades      12/12/18 às 13h21

Apesar do Japão ser um país com baixas taxas de criminalidade, a terra do sol nascente também abriga uma das maiores organizações criminosas do mundo: a Yakuza. Sabe-se que os membros da organização são os responsáveis por uma parcela significativa dos assassinatos que ocorrem no Japão e até mesmo em outros países.

A gangue possui cerca de 60 mil membros, distribuídos em cerca de 22 famílias chamadas de boryokudan, que em tradução livre significa 'Grupo de violência'. Dentre essas famílias, três delas recebem destaque, sendo elas: a Yamaguchi-gumi, Sumiyoshi-kai e a Inagawa-kai. Pensando nisso, hoje trouxemos para vocês alguns dos crimes mais chocantes cometidos por esta máfia japonesa. Confira!

1 - A Guerra Yama-Ichi

A guerra entra os territórios de Yama-Ichi, de 1985 a 1989, continua sendo uma das mais violentas da história do Japão. Para se ter uma ideia, a coisa foi tão sangrenta que os jornais locais começaram a fazer cartões onde eram contabilizados os mortos.

2 - A guerra do Dojin-Seido

Outra guerra brutal ocasionada por disputas de território pela Yakuza. Tal guerra foi responsável pela maioria das mortes violentas no Japão entre 2006 e 2013. A guerra do Dojin-Seido só acabou quando ambos os lados da disputa declararam uma trégua em um departamento de polícia que os convocaram.

3 - O prefeito assassinado

O prefeito de Nagasaki, Iccho Itoh, foi morto a tiros por um membro da Yakuza. Depois, o homem que cometeu o assassinato afirmou que o motivo que originou o crime foi porque ele estaria muito bravo com a cidade de Nagasaki porque seu carro foi danificado em um quebra-molas.

4 - Escândalo no FBI

O chefe da Yakuza, Tadamasa Goto, teria recebido um visto do FBI em troca de informações. Com o visto, Goto viajou aos EUA para receber um transplante de fígado em Los Angeles. Naquele ano, na cidade, cerca de 186 pessoas morreram enquanto aguardavam em uma gigantesca fila por um transplante, enquanto o chefe do crime organizado foi colocado em primeiro lugar.

5 - Os sonhos de Marcela

Marcela Loaiza saiu de seu país, a Colômbia, com a promessa de que seria contratada no Japão como dançarina. O salário que ela iria receber pela função daria para Marcela tirar sua família da pobreza que viviam em seu país. Porém, seus sonhos foram transformados em pesadelo quando ao chegar no país, a Yakuza a fez de escrava sexual por cerca de dois anos. Marcela conseguiu fugir e procurou ajuda na embaixada colombiana.

6 - A morte de Wataru

Wataru 'Jackson' Inada é o principal nome por trás da expansão da Yakuza, nos EUA. Em 1976, ele foi preso no país e iria testemunhar contra alguns de seus colegas de gangue. Pouco tempo antes de seu julgamento, tanto Wataru, quanto sua namorada foram encontrados mortos em um apartamento em Honolulu, no Hawaii.

7 - A morte de Juzo Itami

O cineasta japonês, Juzo Itami, viu seus dias chegarem ao fim depois de produzir um filme no qual retratava os membros da Yakuza como burros e violentos. Alguns anos depois do lançamento do filme, Itami supostamente teria cometido suicídio, pulando de um edifício. Entretanto, de acordo com algumas fontes que não puderam ser reveladas, na verdade, a ele foi ofertado pular do prédio ou um tiro na cabeça.

Então pessoal, o que acharam da matéria? Deixem nos comentários a sua opinião e não esqueçam de compartilhar com os amigos.

Próxima Matéria
Jesus Galvão
Goiano, Canceriano e Publicitário.
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+