Ciência e Tecnologia

7 descobertas inesperadas que aconteceram em pesquisas científicas

0

A ciência é, de longe, um dos campos mais importantes da humanidade. Os cientistas elaboram sua compreensão do universo baseando-se em estudos e testes, assim compreendem tudo que acontece no universo. Em diversos estudos, o resultado é bem direto e preciso. Por outro lado, existem aqueles testes e pesquisas que começam normais, mas que, de repente, algo inesperado acontece e são feitas então novas descobertas. Estudos científicos muitas vezes vão além do que buscam e conseguem revelar mistérios sobre a natureza, culturas passadas que estão desaparecidas ou até mesmo criar algo novo no meio em que estão inseridos.

Pensando um pouco sobre isso, resolvemos trazer essa matéria. A redação da Fatos Desconhecidos buscou e listou algumas descobertas inesperadas que aconteceram em pesquisas científicas. Se você conhece um pouco sobre o meio e sabe de algum outro que não listamos, comenta pra gente aí embaixo. Aproveite para compartilhar com seus amigos nas redes sociais. Sem mais delongas, confira conosco a seguir e surpreenda-se.

1 – Mineral Novo Espaço

Um meteorito atingiu o sul da Rússia em 2018 e os estudiosos confundiram com uma pedra preciosa. Foi uma grande decepção quando analistas de ouro afirmaram que não era. Os cientistas descobriram então que a amostra continha 98% de kamacita, uma liga de ferro que só se liga no espaço. Estudos comprovaram que a pedra veio do espaço e que teve um nascimento escaldante, forjado em mais de 1.000°C.

2 – Queijo mortal

Arqueólogos abriram uma tumba egípcia em busca de um tratamento (uma substância que poderia ser o queijo mais antigo do mundo). Essa câmara pertencia a Ptahmes, prefeito de Mênfis no século 13 a.C., por volta de 3.200 anos. O queijo foi encontrado enrolado em um pano e guardado. Testes comprovaram que ele foi feito de leite de ovelha e cabra e estava contaminado por bactérias mortais. Quem fez o queijo, fez sem pasteurizar o leite e quem provasse poderia contrair brucelose. Essa é uma doença letal que se espalha dos animais para as pessoas. Os estudiosos ficaram preocupados, pois em desenhos da época aparecem pessoas negociando o queijo.

3 – Cor mais antiga do mundo

Muitas pessoas sugerem preto ou marrom quando solicitadas a adivinhar a cor biológica mais antiga do mundo. No entanto, em 2018, estudiosos descobriram que a cor biológica mais antiga do mundo é rosa brilhante. Pedras colhidas no deserto do Saara vieram de 1,1 bilhão de anos. Durante os testes, coletaram tal pigmento rosa brilhante. Os organismos que causaram as moléculas rosadas foram cianobactérias, que eram a principal fonte de comida marinha na época.

4 – Nova forma de luz

Cientificamente falando, a luz não é algo tão simples como os raios solares. Luz tem cores diferentes e é um feixe que gira em seu próprio eixo. Durante estudos, cientistas descobriram uma luz que quebrou as regras do fenômeno do turbilhão. Em 2016, a luz foi testada através de cristais. Após analisar um determinado feixe, os cientistas ficaram atordoados ao medir seu momento angular como meio-número. Esse novo tipo de luz quebrou as crenças prévias dos físicos.

5 – Supernova bizarra

Grandes estrelas morrem em uma explosão e são chamadas de ‘supernova’. Quando a supernova iPTF14hls foi deletada em 2014, astrônomos não imaginavam que estavam assistindo um evento de relevância sem precedentes. Era esperado que isso acontecesse em 100 dias. Em 2015, 5 meses depois, a explosão estava ainda mais forte. A supernova parecia estar morrendo de forma lenta. Essa é a supernova que demorou mais tempo para explodir. Coincidentemente, ela se localiza no mesmo lugar onde um evento similar aconteceu em 1945. Há teorias de que é a mesma supernova e, se for, dura já mais de 60 anos.

6 – Gotas de água mais puras da Terra

Em 2018, estudiosos se questionaram sobre o motivo da sujeira molecular se formar nas superfícies de autolimpeza. A única pista era: o ar e a água responsáveis. Os cientistas precisavam de uma água totalmente limpa, sem nenhuma impureza, pois isso prejudicaria seus estudos. Eles então criaram uma única gota da água mais limpa do mundo. Criaram um dispositivo para filtrar o fluido em condições extremas. A sala foi refrigerada a 140°C negativos antes que o vapor de água fosse liberado na câmara. Uma gota se formou, permitindo então que pudessem derreter a gota mais limpa do mundo.

7 – Cérebro dos taxistas

Em 2000, um estudo no cérebro de 16 taxistas foi realizado. O resultado comprovou que o cérebro de um motorista cresce enquanto trabalha. Comparando a outras pessoas, os profissionais de táxi tinham um hipocampo maior. Isso faz sentido porque em alguns animais esse feito está ligado à viagens. Além do mais, tal fato é estimulado porque eles precisam de boa memória para decorar os lugares.

E aí, o que você achou dessa lista? Comenta pra gente aí embaixo e compartilhe com seus amigos. Lembrando sempre que o seu feedback é extremamente importante para o nosso crescimento.

7 personagens de Dragon Ball Super que são mais poderosos que os Deuses da Destruição

Artigo anterior

Como funciona uma partida de futebol de cegos?

Próximo artigo