7 fatos fascinantes sobre Roma Antiga que você ainda não conhecia

POR PH Mota    EM Mundo Afora      15/05/17 às 15h29

Mesmo que tenha encontrado seu auge há milênios, o Império de Roma Antiga ainda tem muito efeito na vida que levamos hoje. Isso porque várias das ideias sobre civilização, governos e estruturas de cidade, só para citar alguns, ainda são utilizados atualmente, mesmo com que alterações modernas.

Assim como outras civilizações gigantes da época, como os egípcios e os gregos, é possível encontrar informações sobre o estilo de vida da época em todos os lugares. Principalmente com a internet, estamos sempre nos informando sobre povos do passado, mas é quase impossível ter acesso conhecimento sobre tudo o que acontecia no período.

Alguns dos hábitos antigos eram bem estranhos, quando observamos aos olhos do conhecimento contemporâneo. Pensando nisso que separamos algumas informações fascinantes sobre os romanos que não são tão difundidas assim e com certeza vão te impressionar.

1 - Romanos compartilhavam esponjas para se limpar em banheiros públicos

E não estamos falando de se limpar na hora do banho. Os romanos, ainda hoje, são considerados muito higiênicos para o seu tempo, porém alguns dos hábitos da época seriam vistos como aterrorizantes hoje. Nos banheiros públicos, era normal perceber incêndios aleatórios por conta de gases inflamáveis e a visita de ratos era constante.

Para piorar um pouco a situação, a maioria dos banheiros tinha somente uma esponja colocada num graveto para limpar os traseiros depois de fazer o "número 2". Apesar da invenção ser incrível para a época, o conceito de compartilhar o objeto com várias pessoas, incluindo desconhecidos, é um verdadeiro horror para os padrões de higiene de hoje em dia.

2 - Nero pode ter sido a inspiração para referências sobre o anticristo

A ideia da figura de um anticristo fascina as pessoas há milhares de anos. Para alguns estudiosos, passagens e textos que se referem à entidade podem, na verdade, estar falando sobre o Imperador Nero. Na história, o imperador culpou os cristãos pelo fogo de Roma e os perseguiu. Além disso, foi um dos maiores tiranos da história de Roma, tendo matado a própria mãe. Também existem algumas interpretações sobre símbolos da besta, como o número 666, que podem ser lidas como o nome de Nero, dependendo dos critérios utilizados.

3 - Romanos inundavam o Coliseu para simular batalhas marítimas

Os romanos adoravam fazer as coisas em grandes escalas. Para fazer encenações e simulações de batalhas, eles criavam trincheiras e lagos artificiais, utilizando prisoneiros e escravos como participantes dos conflitos, mesmo que as batalhas não fossem reais. A forma de entretenimento era tão popular que promoveu feitos inacreditáveis.

Acredita-se que o Coliseu tenha sido utilizado ao menos algumas vezes para a simulação de batalhas marítimas, com água tomando toda a arena do local. Por um tempo, pensava-se que isso não passava de lenda, mas evidências físicas e documentos relatando a experiência indicam que isso realmente aconteceu.

4 - Cristãos não eram punidos com morte por leões

Talvez você nem mesmo conhecesse esse mito, mas nas mais populares histórias sobre Roma Antiga é possível encontrar relatos de cristãos jogados aos leões como punição pela criação de uma nova religião. Apesar da cultura popular espalhar a informação, o fato nunca foi verdade. Além de não haver nenhum registro histórico real sobre isso, vários estudiosos acreditam que os cristãos nem mesmo eram tão perseguidos assim.

Porém, realmente existiu uma época em que os cristãos foram perseguidos, mas acredita-se que a maioria dos relatos sejam exagerados. Isso não significa que os religiosos não eram condenados somente por conta de sua fé diferenciada, mas não necessariamente era uma questão de ódio voltada para os cristãos, e sim para qualquer um que tomasse um caminho de crença diferente do esperado e determinado pelo Império.

5 - Romanos inventaram uma forma primitiva de concreto

Na hora de criar construções gigantes, os romanos foram verdadeiros exemplos do mundo antigo. Um dos motivos das construções serem tão relevantes ainda hoje é que conseguiram resistir ao efeito do tempo graças à utilização de uma forma primitiva de concreto, algo que ainda não era conhecido na época. Depois que o Império caiu, o conhecimento se perdeu precisou ser redescoberto anos mais tarde.

Isso não quer dizer que o concreto romano é similar ao moderno, que é dez vezes mais forte e resiste. Porém, para as condições da Antiguidade, o feito era impressionante. Apesar de mais fraque, era mais resistente contra erosão, principalmente causada pela água.

6 - Urina era utilizada como produto de limpeza de roupas e dentes

Nós já falamos que os romanos eram considerados higiênicos para sua época, mesmo que hoje não fossem vistos da mesma forma. Dentre alguns hábitos, estava a utilização de urina para limpar vários produtos, por conta da amônia presente na mistura. Na época, podiam utilizar urina para remover manchas de roupas e até mesmo para clarear os dentes.

A urina era coletada ao longo do dia e diluída numa porção de água, para depois ser aplicada sobre as roupas que seriam lavadas por escravos ou empregados. Podemos até aceitar que o processo funcionava bem, mas dá pra imaginar como era conviver com esse cheiro depois?

7 - Romanos levaram uma espécie de planta à extinção

O povo de Roma adorava sexo. Você pode achar que atualmente as pessoas também gosta, mas o sexo fazia muito mais parte da rotina dos romanos antigos. Por conta disso, eles também gostavam muito de uma planta conhecida como "sílfio". Os romanos acreditavam que a planta atuava no controle de natalidade e a consumiam com muita frequência. O problema é que ela não podia ser cultivada e só era encontrada na natureza. Com o tempo, o consumo foi tanto, que a planta acabou entrando em extinção.

Com tantas informações é até difícil imaginar que realmente a visão que temos do passado pode ser compreendida. Qual das informações você achou mais interessante? Será que dava pra reproduzir algum desses costumes hoje em dia normalmente?

PH Mota
Jornalista que é um encontro Monty Python e A Praça É Nossa.

Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.
Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+