7 heróis e vilões brasileiros da DC e da Marvel que você precisa conhecer

POR Gabi Noronha    EM Fatos Nerd      14/05/18 às 15h49

Como não cansamos de comentar, sem dúvidas essa é a melhor época para as pessoas que gostam de cultura pop, em especial desse mundo de super-heróis. Embora a história dos quadrinhos não tenha surgido com esse tipo de personagem, eles são os mais associados à nona arte. As primeiras histórias envolviam casos de suspense policial e personagens como Dick Tracy, Flash Gordon e o famoso Mickey Mouse. Os super-heróis foram introduzidos mesmo em 1938, com a chegada de Superman. Criado por Jerry Siegel e Joe Shuster, foi o Homem de Aço que deu início a Era de Ouro dessa arte.

Inspirado por ele, a partir de então começaram a surgir mais heróis para lhe fazer companhia. Enquanto a DC Comics desenvolvia sua Trindade, a Marvel também trabalha em mais personagens para apresentar aos leitores. Assim, cada vez mais nomes começaram a surgir e o mercado apenas cresceu. Nesse meio comercial, as empresas que mais se destacaram foram justamente a DC e a Marvel Comics. Vale lembrar que isso mudou com o tempo, porém elas ainda dominam o mercado.

O mais interessante desse crescimento das empresas é que elas puderam expandir seus heróis, apresentando personagens de diferentes nacionalidades, etnias e crenças aos seus leitores. Claro, muitos deles não passaram de figurantes, mas ao menos foram lembrados. Pensando nisso, resolvemos separar alguns brasileiros que já se aventuraram pelas editoras.

1 - Mirage (DC)

"rfã, Miriam Delgado foi retirada de sua época pelo Senhor do Tempo. Junto com outras duas pessoas, Miriam teve sua memória alterada e foi obrigada a trabalhar para ele. Depois, ela foi capturada pelo esquadrão de elite dos Lordes do Caos e, novamente, forçada a trabalhar para terceiros, dessa vez como espiã. Após se rebelar contra seus mestres, Miriam se reuniu com outros meta-humanos e criou o Team Titans (importante não confundir com Teen Titans).

2 - Capitã Brasil (Marvel)

Enquanto a DC adora um "Titans", a Marvel gosta mesmo é de capitães. Tanto que a editora deu uma para os brasileiros: Capitã Brasil! Seu verdadeiro nome é desconhecido. Inclusive, a personagem é insignificante nas histórias, mas ela vale ser lembrada porque não é todo dia que vemos uma heroína nacional dessa forma. Isso porque seu poder é uma espécie de "dança hipnótica" que termina em um "ataque sônico". Quem assistiu ao remake de Jumanji saberá muito bem associar esse tipo de poder.

3 - Fogo (DC)

Beatriz da Costa é uma heroína brasileira que teve sua origem alterada com o tempo. Ela foi criada na década de 1970 e ficou conhecida como Fúria Verde no pré-crise. Depois de Crise nas Infinitas Terras, ela passou a se chamar Beatriz Bonilla da Costa, que adquiriu seus poderes em um acidente envolvendo uma explosão. Ela passou a manifestar uma espécie de fogo verde, adquirindo também velocidade e força sobre-humana. Assim, Costa adotou o codinome Fogo e passou a ajudar as pessoas. A princípio, ela fez parte da Liga da Justiça Internacional. No entanto, após um tempo ela passou a agir por conta de uma organização criminosa conhecida como Xeque-Mate.

4 - Mancha Solar (Marvel)

Roberto Costa é, basicamente, um jovem brasileiro rico que tem habilidade de absorver energia solar, canalizar e devolver em forma de rajadas. Dentro de seus poderes ainda há pirocinese, força e capacidade de voo. Sua participação em filmes e desenhos dos X-Men é até considerável. E ele poderá ser visto em breve no cinema, em Novos Mutantes, na pele do ator Henry Zaga, também brasileiro.

5 - Animal Girl (DC)

Alexia Santos teve um começo de vida sofrida. De origem brasileira, ela testemunhou a morte de sua família, amigos e bairro quando toda sua cidade foi destruída. Outro grande impacto foi ela ver morrer a vida natural que a cercava. Ela possuía uma ligação especial com a flora e a fauna do local onde nasceu e viu tudo acabar tão rápido. Eventualmente, ela se juntou aos Jovens Titãs, quando eles também estavam à procura do mesmo homem que devastou seu lar.

6 - Nina (Marvel)

Nina talvez seja a personagem mais legal dessa lista. Isso porque ela foi uma Maga Suprema dos anos 1950. Com uma roupa que lembra uma mistura de noir e steampunk, ela se autodenominava The Conjuror. A personagem, que foi introduzida na história Doctor Strange and the Sorcerers Supreme #1, estava acostumada a trabalhar sozinha, era segura de si e bastante poderosa. Ela saiu de sua época para o "futuro/presente" para ajudar Stephen Strange em uma missão.

7 - José Hernandez (DC)

Olha ai o Brasil na Tropa dos Lanternas Verdes! José Hernandez representou o país ao aceitar a missão de guardião do Anel do Poder após encontrar Tagin Sur perto da morte. Ele foi o Lanterna Verde da Terra-D e chegou a se afiliar na Justice Alliance of America. Porém sua carreira como herói não durou muito tempo, já que esse mundo foi destruído com o ataque do Anti-Monitor. Ele, entretanto, se sacrificou a fim de fornecer mais tempo aos heróis da Terra Um no combate contra o inimigo.

Já conhecia algum dos personagens citados acima? O que achou de cada um? Compartilhe com a gente suas impressões e outros personagens brasileiros de quadrinhos que possa conhecer.

Via   IGNBR     UHQ     BDCW     BMW  
Gabi Noronha
Resumindo, é basicamente isso! Instagram: @gabinoronhaf

Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.
Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+