• MAIS LIDAS
  • QUIZ
  • VÍDEOS
  • ANUNCIE

7 histórias envolvendo terroristas que deveriam ser trágicas, mas parecem comédias

POR Gustavo Camargo    EM História      16/03/18 às 14h20

O terrorismo é o uso da violência, física ou até mesmo psicológica, através de ataques planejados em nome de um governo ou crença. É utilizado por uma grande gama de instituições como forma de alcançar seus objetivos, como organizações políticas, grupos separatistas e até por governos no poder.

No universo empresarial não é algo novo os problemas com pessoas incompetentes. E por incrível que pareça até mesmo grupos terroristas sofrem com erros humanos. Foi pensando nisso que separamos 7 histórias envolvendo terroristas que deveriam ser trágicas, mas parecem comédias. Confira:

1 - Grupo terrorista acidentalmente decapita seu comandante

Em 2016 uma ramificação da Al-Qaeda que operava na Síria pensou ter dado uma grande sorte quando capturaram um terrorista rival que trabalhava para o governo de Assad. Esperando mostrar para o mundo o poder, eles decapitaram rapidamente o rapaz e colocaram os vídeos na internet.  Só que, outros integrantes da Al-Qaeda assistiram o vídeo e reconheceram o cara, que ele não era um chefe rival, mas um dos seus próprios comandantes.

2 - Traçado da ponte de Brooklyn

Lyman Faris era um cara normal com um sonho: treinar com a Al-Qaeda e matar o maior número de americanos possível. Para esse objetivo, ele viajou para o Afeganistão e o Paquistão, onde se encontrou com grupos terroristas que o ajudaram a planejar um ataque. Faris deveria cortar todos os cabos que seguram a Ponte do Brooklyn, enviando os passageiros ao pânico e a morte. Como você deve imaginar, tal lugar possui grande policiamento e o plano não deu certo.

3 - O anarquista prematuro

Nos últimos anos, a Europa foi atingida por uma grande onda de atentados. Foram muitas mortes. Em 15 de fevereiro de 1894, um anarquista francês de 26 anos pegou um ônibus para Londres. Em sua bagagem ele carregava explosivos. Enquanto andava por um observatório ele acabou escorregando. A bomba explodiu e matou o homem.

4 - Anti-aborto

David Robert, entrou em seu carro em 2004 e dirigiu para o oeste com um objetivo, atacar uma clínica de aborto e se matar. Nas primeiras horas da manhã de 11 de setembro, McMenemy dirigiu seu compacto em alta velocidade para o centro. Seu plano era que o carro explodisse no impacto, matando-o e retirando a clínica, mas as coisas não funcionavam bem.

Por um lado, o carro não explodiu, deixando um McMenemy muito confuso, estacionado inesperadamente na sala de recepção. Por outro lado, descobriu-se que o Centro de Saúde da Mulher Edgerton não realizou abortos. McMememy tinha acabado de esmagar seu carro em uma clínica de saúde perfeitamente inocente.

5 - Terroristas e seguros

A liga da Defesa inglesa é um grupo de extrema direita que opera na Grã-Bretanha com um grande histórico de tumultos. Eles possuem fama de atacarem pessoas de pele negra. Eles decidiram bombardear um comício. Seis deles chegaram com carros e armas. Ao invés de matar apenas quem estava perto dali, eles decidiram voltar e guardar as bombas para outro dia. O fato é que o carro deles foi parado pois o seguro estava atrasado. Todos foram presos.

6 - IRA e o roubo do cavalo

Em 8 de fevereiro de 1983, o grupo de terrorista chamado IRA fez um dos sequestros mais incríveis da história. O alvo era um cavalo de corrida conhecido como Shergar. Desesperados por dinheiro e sabendo que seus donos fariam de tudo para tê-lo de volta, IRA roubou o cavalo.

Quando foram fazer a troca, o dono do cavalo se recusou a negociar com os terroristas e eles se encontraram cercados por policiais. Isso resultou em prisões em massa, apreensão de armas e uma interrupção contínua das atividades terroristas do grupo.

7 - Bombas caseiras

terrorista

Em 21 de julho de 2005, cinco terroristas entraram no subterrâneo de Londres cheios de explosivos, e tentaram um ataque. Na grande ideias deles eles conseguiram matar nenhuma pessoa. Com a pressa de realizar o ataque, os possíveis terroristas aparentemente misturaram os produtos químicos em suas bombas caseiras e armaram-se com insinuações totais.

Quando eles atingiram os detonadores, suas mochilas mexeram um pouco, emitiram um pouco de fumaça e decididamente se recusaram a explodir.

E aí, o que acharam da matéria? Gostaram desses eventos terrorista? Comenta aí e não se esqueça de compartilhar com os amigos, lembrando que seu feedback é sempre muito importante.

Próxima Matéria
Via   Listverse  
Imagens Iranews
Gustavo Camargo
A verdade é que eu queria ser astronauta, mas na minha cidade ainda não tem a escolinha. Instagram: gustavoloopi
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+