Os tesouros nem sempre são apenas lendas ou invenções. Há inclusive, várias histórias de tesouros perdidos que foram encontrados. Mas de onde surgiu essa mania de esconder riquezas em locais distantes e complexos? Isso surgiu já há muito tempo, quando pessoas da realeza, com medo de serem saqueadas, decidiram esconder suas riquezas.

Muitos desses tesouros acabaram sendo esquecidos ou nunca descobertos. E até hoje, grandes empresas tentam desvendar os inúmeros enigmas e mapas para se chegar às preciosidade. Alguns milionários, inclusive, esconderam grandes tesouros por livre e espontânea vontade apenas pela diversão de ter pessoas indo em suas buscas.

Confira agora algumas histórias reais de caças ao tesouro.

1 - Um livro, 12 enigmas, 12 tesouros

Byron Preiss é o autor do livro O Segredo: Uma Caça ao Tesouro, que é composto por 12 versos, junto a 12 pinturas que levam a 12 parques americanos. Em cada um desses parques, há uma caixa de cerâmica, com uma chave que pode ser trocada por um joia no valor de mil dólares. Apenas 2 das 12 caixas foram localizadas, mas o autor garantiu que ele mesmo as enterrou. Não muito fundo, a menos de 3 pés de profundidade, em locais que já foram perturbados pela ação do homem. O único que sabia a exata localização das 12 caixas era o próprio e ele faleceu em um acidente em 2005.

2 - Manuscritos de Shakespeare

Publicidade
continue a leitura

As joias de Maria Antonieta, artefatos maçônicos e os manuscritos de Shakespeare seriam parte do tesouro enterrado em Oak Island, na Escócia. O tesouro, que pertencia ao pirata Kidd, teria sido enterrado naquela ilha. Um grande fosso subterrâneo guardaria 2 milhões de libras. Muitos já foram em busca do tesouro, porém ninguém obteve sucesso. Até mesmo um presidente dos EUA, Franklin Delano Roosevelt, se interessou pelo mistério e acompanhou as buscas, que nunca chegaram ao fim. Até hoje o tesouro permanece perdido e os rumores de que a ilha é assombrada faz com que poucos se interessem em realizar as buscas.

3 - Tesouro de Fenn

Fenn é um milionário que decidiu dar alguma diversão às pessoas. O homem escondeu, em 2010, um baú cheio de bronze e ouro. Estima-se que o tesouro valha mais de 2 milhões de dólares. O homem deu as pistas necessárias para encontrar o objeto em um poema enigmático de seu livro "A emoção da perseguição". Centenas de pessoas já foram em busca do tesouro, no entanto, ninguém conseguiu encontrá-lo. Além disso, 4 pessoas perderam a vida durante a busca. O homem foi inclusive acusado de causar as mortes e por isso resolveu dar algumas dicas a mais. O poema contém 9 pistas e um mapa de onde estaria o tesouro. O baú não está perto do rio e de acordo com Fenn não está coberto por grandes pedras e nem é preciso subir grandes alturas para encontrá-lo.

4 - Tesouro revelado em sonho

Publicidade
continue a leitura

Em uma pequena aldeia da Índia, um padre teve um sonho com o rei do século 19, Ram Baksh Singh. Em seu sonho, o rei dizia que havia um tesouro embaixo de seu palácio. O padre então buscou de todas as formas possíveis alguma ajuda para escavar o local. Uma inspeção na propriedade detectou metais a 20 metros de profundidade. As escavações começaram, no entanto, encontraram apenas alguns objetos da época e decidiram cessar com as buscas. Até hoje nada foi encontrado e as buscam cessaram.

5 - Trem de ouro

Os nazistas tinham um projeto secreto que se baseava em um complexo sistema de túneis subterrâneos. A suspeita é que um trem, que carregava 300 toneladas de ouro e joias, esteja perdido em um desses túneis na região de Walbrzych, na Polônia (que antes fazia parte do território alemão). Piotr Koper e Andreas Richte acreditaram ter descoberto a localização do trem, após conseguirem uma confissão em leito de morte sobre o local. Segundo o governo da Polônia, um radar de penetração de solo mostrou claramente um trem no lugar indicado. No entanto, quando foram em busca do tesouro, Koper e Ritcher não acharam nada. Nenhum túnel, pista ou trem. Mesmo assim, dezenas de pessoas continuam em busca do trem de ouro perdido.

Publicidade
continue a leitura

6 - Tesouro naufragado

O navio Nuestra Señora de las Mercedes naufragou em 1804 e junto com ele, um tesouro de 500 milhões de dólares também afundou. Em 2007, uma empresa conseguiu encontrar o tesouro na costa de Portugal. No entanto, após uma longa disputa judicial, o tribunal dos EUA obrigou a empresa a devolver tudo o que havia sido resgatado para para o governo espanhol. O que foi considerado um desvio da lei do "achado não é roubado".

7 - Tesouro encontrado e perdido

O vapor SS Central America afundou em um furacão perto da Carolina do Sul. A embarcação carregava pelo menos 3 toneladas de ouro, que submergiu no mar. Tommy Thompson, um engenheiro obcecado por tesouros e naufrágios, criou então uma empreitada. Ele convenceu 161 pessoas a investirem em sua ideia, para criar um robô submarino que pudesse ir em busca do tesouro. O jovem conseguiu construir a máquina e encontrar o tesouro, no entanto, ele não deu nenhuma notícia sobre o paradeiro das riquezas encontradas. O homem então foi preso na Flórida e uma parte do tesouro foi encontrada, mas ainda estava faltando. O homem foi preso e disse não se lembrar de onde deixou o restante do tesouro. Ele se recusa a dar qualquer informação a respeito.

Publicado em: 12/09/18 15h10