Curiosidades

7 imagens que arruinaram a vida das pessoas mas que as tornaram famosas

0

Todos os dias, tiramos dezenas de fotos que, convenhamos, podem nunca servir para um grande propósito. No entanto, algumas imagens podem marcar mais do que podemos imaginar. E em fotos assim, é fácil esquecer que, quem está na foto, ainda são pessoas, que podem ser reconhecidas em outros momentos. Assim, algumas imagens podem ter tornado pessoas famosas. Mas também, com a fama, essas imagens arruinaram a vida dessas pessoas.

E muito das vezes, sabemos bem que ser famoso pode não ser uma vantagem. Tudo depende do motivo, pelo qual as pessoas estão te reconhecendo na rua. Por isso, resolvemos listar 7 imagens, que arruinaram a vida das pessoas mas que as tornaram famosas.

1 – Abandonado aos urubus

Essa imagem foi registrada pelo fotógrafo, Kevin Carter. E mesmo que tenha sido muito premiada, a foto recebeu diversas críticas. Na situação, o fotógrafo relatou que tirou a fotografia, porque esse era seu “trabalho” e depois partiu. Com isso, ele recebeu duras críticas, por não ter ajudado o menino. “O homem, ajustando suas lentes para capturar o enquadramento exato daquele sofrimento, poderia muito bem ser um predador, um outro urubu na cena”, escreveu o jornal St. Petersburg Times. No mesmo ano, o fotógrafo tirou a própria vida e deixou uma carta dizendo que “sua dor ultrapassava a alegria”.

2 – O homem branco da fotografia

Com toda a certeza, uma das fotos mais icônicas na história da luta pelos direitos humanos. Na foto, Tommie Smith e John Carlos, respectivamente, medalhas de ouro e bronze, fizeram a “saudação black power” como uma forma de protesto. No entanto, o medalhista de prata, Peter Norman, que também expressou sua simpatia pelo movimento, foi lembrado de forma negativa, nas capas dos jornais.

Depois do acontecimento, ele foi repreendido pelas autoridades olímpicas. E de volta ao seu país, foi marginalizado pela mídia local. Além de não ter sido escolhido para o próximo ano da competição. Com isso, os anos que viriam depois, não seriam nada fáceis. Quando Norman morreu, Smith e Carlos carregaram seu caixão no funeral.

3 – A filmagem de Rodney King

Em 3 de março de 1991, George Holliday estava tendo um dia normal. No entanto, ele ouviu algumas sirenes, do lado de fora de sua casa, e resolveu filmar o que estava vendo. Em vídeo, Holliday registrou policiais batendo no motorista de táxi, Rodney King. Contudo, com a filmagem, os policias foram acusados de brutalidade, mas logo foram soltos.

Depois disso, diversos protestos tomaram conta da cidade de Los Angeles. Muitos deles, deixando mortos e diversos feridos. E claro, que as pessoas começaram a culpar Holliday por isso. Além de receber diversas ameaças de mortes, o cinegrafista amador também recebeu críticas, por não ter ajudado o homem.

4 – Uma foto com um leão

Você pode não conhecer Walter Palmer, mas acredito que já tenha visto sua foto mais famosa. Ele era um dentista comum, até viajar para a África e pagar 50 mil dólares, para caçar animais selvagens. E foi exatamente isso que ele fez, matou um leão e o levou como troféu. No entanto, por conta de uma foto tirada, todo o esquema de caça ilegal pôde ser descoberto. Além disso, pessoas protestaram no seu consultório e toda uma reação, contra o turismo de caça, se iniciou.

5 – A foto de guerra mais famosa de todos os tempos

Dos seis homens da foto, três foram mortos em batalha, dentro de dois meses. E para não manchar a imagem idealizada na foto, o governo americano trouxe os três homens restantes para casa. Contudo, Ira Hayes, um dos soldados da foto, não queria abandonar a guerra, para voltar para seu país. Com isso, mesmo anos depois, ele nunca superou a culpa e morreu devido ao alcoolismo que desenvolvera.

6 – Um retrato semelhante

Soltani era uma professora de inglês no Irã. Já, Neda Agha-Soltan foi uma manifestante, morta em um protesto em Teerã. E o que as duas possuem em comum? Isso, apenas uma mera semelhante. Mas isso foi o suficiente para a professora Soltani ser acusada de ser a própria manifestante. E além disso, pessoas alegaram que a mulher seria uma agente do governo. Tudo isso, fez com que Soltani perdesse amigos, colegas e até o seu seu namorado. Depois de 12 dias, o caso tomou grande proporções e ela foi obrigada a deixar o país.

7 – Amigo das crianças

Essa foto foi tirada em 1936, e se chama “amigo das crianças”. No entanto, o que serviria para passar uma boa imagem de Stalin, fez com que a garota, Gelya Markizova, ganhasse fama na Rússia. E pouco tempo depois, seu pai foi baleado, por conspiração, e sua mãe, assassinada. Tudo isso, por conta de uma foto.

O curioso caso da mulher que alegou ter dado à luz a 18 coelhos

Matéria anterior

Qual é a menor bilheteria de todos os tempos?

Próxima matéria

Mais em Curiosidades

Você pode gostar

Comentários

Comentários não permitidos.