• MAIS LIDAS
  • QUIZ
  • VÍDEOS
  • ANUNCIE


7 invenções genéticas que vão salvar o mundo

POR Jesus Galvão    EM Ciência e Tecnologia      24/04/19 às 15h46

A ciência, ao longo das eras, nos ajudou a sobrevivermos por tempos obscuros neste mundo. Aliás, muito provavelmente se não fosse devido aos muitos esforços, muito provavelmente você, caro leitor,  não estaria vivo para ler esta matéria. Vacinas, medicamentos, tratamentos de diversos tipos de doenças são frutos de muita pesquisa e dedicação.

E a busca pelo conhecimento não para. A ciência moderna tem feito todo o possível para nos levar um pouco mais adiante. Através da engenharia genética, cientistas e pesquisadores do mundo todo estão em busca de combater o aquecimento global, combater doenças e salvar a humanidade das consequências e de sua própria ação.

Pensando nisso, hoje trouxemos algumas invenções e experimentos envolvendo a genética que vocês provavelmente não conheciam. Confira!

1 - Arroz dourado

O arroz dourado foi desenvolvido para alguns países onde seus habitantes sofrem com deficiência de vitamina A. Tal vitamina costuma ser adquirida pela ingestão de beta-caroteno, encontrado em alguns vegetais. A deficiência desta vitamina ocasiona úlceras nas membranas das mucosas, problemas renais e doenças oculares, incluindo a cegueira.

Geneticistas então desenvolveram uma nova variedade de arroz, rico em beta-caroteno. Cerca de 200 gramas do cereal podem fornecer a taxa diária recomendada de nutrientes.

2 - Plantas que absorvem substancias nocivas do solo e água

Diversas são as substâncias nocivas liberadas na atmosfera terrestre. Junto da chuva e da neve, elas acabam por serem levadas para o solo, o poluindo. Pensando em como poderiam ajudar, cientistas desenvolveram plantas que ajudam a limpar o solo e também os esgotos. Através do sistema radicular, elas absorvem várias substâncias nocivas e as decompõem em subprodutos inofensivos.

Durante os testes, álamos modificados absorveram até 90% dos metais pesados que poderiam contaminar o solo e a água abaixo da superfície. Árvores modificadas podem limpar o ar de substâncias voláteis perigosas como o benzeno. Tal método pode ser utilizado em locais onde não é possível a utilização de produtos químicos, além de ser bem mais barato.

3 - Vacas que produzem menos metano

Após ingerirem uma grande quantidade de grama, as vacas realizam sua digestão com a ajuda de microrganismos. Um efeito colateral de suas dietas é a flatulência. Estes animais produzem muito metano, que é um gás de efeito estufa. Por isso, os cientistas decidiram que desenvolveriam uma nova raça que apresentasse menos problemas de flatulência.

Os cientistas descobriram uma bactéria responsável pela produção do metano e assim desenvolveram uma raça que produz 25% menos do gás em relação às vacas comuns.

4 - Plantas que repelem insetos

Na agricultura, pesticidas são utilizados para matar insetos, mofo, pragas e bactérias. Mas eles acabam por matar outros insetos benéficos, como as abelhas. Devido a produtos químicos, colônias de abelhas estão morrendo no mundo todo. Para evitar que isso ocorra, cientistas estão desenvolvendo plantas que afugentam as pragas sem a necessidade do uso dos pesticidas. Os experimentos foram um sucesso. Um deles foi o desenvolvimento de um repolho com um gene que consegue repelir as lagartas.

5 - Xenotransplante

O xenotransplante é o transplante de órgãos animais para os humanos. Engenheiros genéticos conseguiram utilizar tecidos de um porco em um transplante em um humano. Estudos recentes mostraram a possibilidade de órgãos serem cultivados nos corpos de animais, de modo que o corpo humano não os rejeite no futuro. Isso poderia acabar com as grandes filas de pessoas aguardando por órgãos ao redor do mundo.

6 - Plantas sequestradoras de carbono

Todos os anos, cerca de 9 gigatoneladas de carbono são enviadas para atmosfera devido à atividade humana. As plantas apenas conseguem absorver cerca de 5 gigatoneladas. O gás absorvido fica armazenado por muito tempo na folhagem, ramos, nas flores e raízes dessas plantas.

Pensando nisso, cientistas criaram plantas que podem absorver mais carbono e armazená-lo no subsolo. Para isso, foram feitas culturas com abundantes sistemas radiculares, como o milhete.

7 - Luta contra doenças incuráveis

He Jiankui, cientista chinês, é responsável pela criação das primeiras pessoas geneticamente modificadas do mundo. Os gêmeos Lulu e Nana, que são imunes ao vírus do HIV. Seus pais participaram de um experimento de inseminação artificial no qual os genes dos gêmeos foram modificados. As crianças nasceram completamente saudáveis.

Isso reacendeu a chama da esperança de que as tecnologias modernas poderão nos ajudar num futuro bem próximo, não somentea   identificar mas também tratar diversas doenças ainda nos estágios embrionários.

Então pessoal, o que acharam da matéria? Deixem nos comentários a sua opinião e não esqueçam de compartilhar com os amigos.

Próxima Matéria
Jesus Galvão
Goiano, Canceriano e Publicitário.
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+