Os humanos sonham em ir a Marte praticamente desde quando o planeta foi descoberto. A Nasa diz que não deve demorar tanto para enviar uma missão tripulada. Enquanto, isso empresas privadas estão correndo contra o tempo para apresentar planos cada vez mais audaciosos para chegar no planeta Marte.

O entusiasmo do público pelo Planeta Vermelho está em alta. Principalmente após a aterrissagem espetacular e a missão do Curiosity Rover. Existem algumas lacunas muito sérias em nossas habilidades, incluindo o fato de que não podemos armazenar adequadamente o combustível necessário por tempo suficiente para uma viagem a Marte.

A boa notícia é que não há nada tecnologicamente impossível sobre uma missão tripulada a Marte. É apenas uma questão de decidir se é uma prioridade investir tempo e dinheiro no desenvolvimento das ferramentas necessárias. Agora, a Nasa, outras agências espaciais e empresas privadas estão trabalhando para trazer Marte ao nosso alcance.

A seguir você vai saber um pouco mais sobre os motivos pelos quais não visitamos Marte ainda.

1 - Dinheiro

Para que uma viagem tripulada à Marte saia do papel, é necessário um investimento de US$ 1,5 trilhão. O valor, extremamente alto, é o principal empecilho.

2 - Gravidade

Sair do planeta sempre será um desafio. A gravidade que impede a decolagem de um foguete é tão forte que a nave deve viajar numa velocidade de 11 quilômetros por segundo para escapar da atração gravitacional da Terra.

3 - Lixo espacial

O espaço está repleto de detritos de objetos feitos pelo homem. Esse lixo espacial gira em uma velocidade de 28.200 quilômetros por hora. Isso torna bem perigoso a passagem de naves espaciais até o espaço.

4 - Peso

Qualquer viagem bem-sucedida a Marte exigirá combustível adequado para transportar uma carga incrivelmente pesada. Uma viagem tripulada a Marte requer a minimização do peso e do combustível. No entanto, esta realidade cria um paradoxo. Como transportar seres humanos para Marte exige mais peso, também requer mais combustível que, também, aumentará o peso da nave.

5 - Isolamento

A jornada da Terra para Marte será longa. O tempo que leva para viajar entre os dois planetas depende de quão perto suas órbitas se alinham. No passado, as missões não tripuladas a Marte variavam de 128 a 333 dias.

Os efeitos psicológicos de uma pequena tripulação isolada por longos períodos de tempo criam vários impedimentos para uma viagem bem sucedida a Marte.

6 - Assassinos

Além dos obstáculos dentro de suas próprias mentes e fora da espaçonave, os astronautas enfrentarão desafios com seus colegas de tripulação. Os perigos potenciais de um desentendimento violento à caminho de Marte fez cientistas desenvolverem protocolos de tratamento de saúde mental para a longa viagem espacial.

7 - Comunicação com a Terra

Uma conversa telefônica na Terra é quase instantânea, mas a realidade da comunicação entre a Terra e Marte é muito diferente.

À medida que os astronautas se aproximam de Marte, a possibilidade de comunicação quase instantânea com a Terra diminui. Dependendo da proximidade dos dois planetas, um sinal de rádio unidirecional leva de 4,3 a 21 minutos.

Esses atrasos não só impedem que os astronautas se comuniquem por motivos sociais, mas também limitam sua capacidade de receber suporte ao vivo para inúmeros problemas técnicos.

Publicado em: 12/07/18 17h57