• MAIS LIDAS
  • QUIZ
  • VÍDEOS
  • ANUNCIE

7 maiores zumbis do reino animal

POR Gustavo Camargo    EM Mundo Animal      23/04/18 às 11h50

Você é uma daquelas pessoas que sempre se perguntam como o mundo vai acabar? Talvez um dos apocalipses mais famosos seja o zumbi, que se tornou uma febre em todo o mundo.

Filmes como o "A Noite dos Arrepios" e jogos como "Resident Evil 4' fazem muito sucesso usando essa temática. O que todas essas obras tem em comum? Bom, possuem de formas de vida parasitas que sequestram corpos de outros seres, criando assim escravos zumbis.

O que muitos não sabem é que esse fenômeno é uma realidade e acontece ao nosso redor nos lugares mais inesperados. Foi pensando nisso que nós da Fatos Desconhecidos trouxemos os 7 maiores zumbis do reino animal. Confira:

1 - Verme Gordiano

Esses vermes passam seu estágio larval parasítico dentro do corpo de outros insetos, principalmente grilos. Ele induz o grilo a procurar água, afogando o inseto. Enquanto isso o verme se solta do corpo.

2 - Cordyceps

Os Cordyceps são um gênero de fungos que se desenvolvem dentro de insetos. Cada espécie tem um hospedeiro diferente, mas todos acabam matando suas vítimas para brotar um minúsculo cogumelo e liberar seus esporos.

Algumas espécies assumem o controle de suas vítimas antes da morte, para que subam em lugares altos e possam se espalhar mais.

3 - Sacculina

Tecnicamente a sacculina é um tipo de craca, crustáceo como ao caranguejos. A fêmea começa sua vida num tamanho microscópico. Quando localiza um caranguejo, ela descarta mais de 90% do seu corpo, reduzindo-se a uma bolha de células, que fazem crescer um tipo de raízes em todo o hospedeiro. Se o caranguejo for fêmea, ela é enganada pelo parasita a carregar, alimentar e criar as lavas de sacculina como se fossem suas.

4 - Leucochloridium

O Leucochloridium habita o corpo de um caracol, mas completa seu ciclo de vida no corpo de um pássaro. Caracóis não são lá muito apetitosos para aves e sem mencionar que sempre estão bem escondidos. Mas o parasita é capaz de reverter o comportamento do caracol pra que ele procure um campo aberto, e o mais perturbador, ele consegue distorcer a aparência do caracol para ficar mais atraente.

5 - Ribeiroia

Mesmo que esse parasita não consiga ter controle mental sobre o hospedeiro, ele é um verdadeiro monstro. Na maioria das vezes suas vítimas são girinos. Eles adulteram o desenvolvimento deles para criar deformidades. Os sapos infectados podem ter braços e pernas deformados em ângulos estranhos e desajeitados, tornando extremamente difícil nadar ou pular.

6 - Pseudacteon

Muitas vezes relacionadas com as inofensivas moscas da fruta, as moscas da Pseudacteon têm um apetite monstruoso. A fêmea coloca o ovo no corpo de uma formiga viva. A larva se move pela cabeça da formiga para devorar seu cérebro. Tecnicamente isso não mata a vítima, mas faz com que a formiga vague sem rumo. Depois de um tempo a cabeça simplesmente cai do corpo.

7 - Glipapanteles

zumbis

Não são poucas as espécies existentes de vespas parasitas cujas as larvas se desenvolvem nos corpos de outros insetos, mas para muitos estudiosos as Glipapanteles são as mais chocantes. Assim como outras vespas parasitas, as larvas vão comer o hospedeiro, mas nesse caso, o processo não mata a lagarta.

Em vez disso, o hospedeiro ficará de guarda sob os casulos de vespas, cobrindo-os de seda. Quando os parasitas terminam sua metamorfose e emergem de seus casulos como vespas. Logo após, a lagarta zumbi finalmente morre de fome e exaustão.

E aí, o que acharam da matéria? Assustadores esses parasitas, não é verdade? Comenta aí e não se esqueça de compartilhar com os amigos, lembrando que seu feedback é sempre muito importante.

Próxima Matéria
Via   Toptenz  
Gustavo Camargo
A verdade é que eu queria ser astronauta, mas na minha cidade ainda não tem a escolinha. Instagram: gustavoloopi
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+