7 micronações bizarras que existem pelo mundo

POR Fatos Desconhecidos (Acervo)    EM Mundo Afora      01/07/15 às 18h44

Uma das coisas que ninguém pode negar sobre o Brasil é que o país é bem grande. Ele é o quinto maior do mundo em território, com cerca de 8,51 milhões de km².

O Brasil é maior até mesmo do que países imensos como índia e Austrália. Apesar de já ter grandes proporções territoriais existe uma maneira de deixá-lo ainda mais grande. Como isso é possível? Comparando as terras brasileiras com países pequenos.

Agora imagina se o Brasil for comparado com nações super pequenas. Sim, existem territórios de tamanho micro! Conheça alguns deles:

1 . Reino de Elleore

elenonee2
O Reino de Elleore foi criado em 1944 na Dinamarca. A história do Reino é um pouco, digamos, curiosa, já que ele foi criado depois que um grupo de professores de Copenhagen decidiu comprar uma pequena ilha no fiorde de Roskilde.

Acredite ou não, a ideia inicial era transformar o local em um acampamento de verão, mas não bem isso o que aconteceu. No final das contas, a ilha se tornou uma divertida paródia das tradições reais dinamarquesas e da estrutura do governo do país.

elnonne

Isso porque o reino conta com brasão, moeda, a Leo D"or, e até selos próprios. Além disso, ele tem um fuso horário, que fica 12 minutos atrás do horário oficial da Dinamarca.

Desde a década de 40, Elleore já teve pelo menos 6 monarcas. Outro fato interessante sobre  ilha é que além do dinamarquês, os súditos também podem se comunicar através da interlíngua, uma língua internacional baseada em um extenso vocabulário comum utilizado por vários idiomas.

2 . Principado de Seborga

seborga
O Principado foi fundado em 1963 na Itália por Giorgio Carbone, o chefe de uma cooperativa agrária local. O local conta com uma população de pouco mais de 300 habitantes, todos eles são súditos do atual monarca Príncipe Marcello I. Seborga se autoproclama como independente e, desde que foi criado, reivindica seu território.

A nação chegou a ter moeda própria entre os anos de 1994 e 1996, o luigino, mas acabou adotando o euro. Além disso, o principado conta com duas ordens de cavaleiros, a Ordem de São Bernardo e a Ordem do Santo Sepulcro. Os idiomas oficiais são o italiano, o francês e o líguri, um dialeto falado na região da Ligúria.

3 . Principado de Sealand

sealand
O Principado de Sealand, localizado na Inglaterra, ocupa uma antiga base naval a HM Fort Roughs, construída durante a Segunda Guerra Mundial. A base foi construída para guardar o porto de Harwich.

Em 1967, o local foi ocupado pelo líder de uma rádio pirata chamado Paddy Roy Bates e sua família. Depois de oito anos o principado foi estabelecido, o monarca, é claro, era o Príncipe Roy.

Os habitantes de Sealand atualmente somam 27 pessoas. Eles afirmam que o local é um Estado soberano independente e não uma micronação.

Assim como os outros locais apresentados até agora, Sealand contam com uma moeda própria, o dólar de Sealand. Atualmente quem governa o local é o filho de Roy, Príncipe Michael Bates, que assumiu o trono após a morte do pai.

4 . Reino de Talossa

tolossa
Se você achou a história das outras micronações um pouco estranhas, espere até conhecer a história do Reino de Tolossa. Ele foi criado em 1979, por Robert Madison, que na época tinha 14 anos de idade.

o Reino se localizado em Milwaukee, nos Estados Unidos, e também tem um idioma oficial, o talossan. O PIB estimado da região é de 842,15 milhões de dólares. o Reino conta também com uma legislação e instituições governamentais. A sua população atual de 221 pessoas e o Reino é comandado pelo Rei John I.

5 . Império Aericano

aericano
O império foi fundado em 1987 pelo canadense Eric Lis, que reivindica soberania sobre um vasto território terrestre e intergaláctico que inclui o hemisfério norte de Plutão, uma colônia em Marte, um planeta imaginário, uma ilha localizada no meio de um lago na Nova Zelândia, um quilômetro quadrado na Austrália e uma área com tamanho correspondente a uma casa na cidade de Montreal, no Canadá. No último local seria instalada a "Embaixada Para Tudo o Mais".

O Império Aericano contava com 400 membros em 2009, mas nos últimos anos o número caiu e em 2013 cerca de 230 pessoas "habitavam" a região. Para se tornar cidadão, basta ser residente na capital do Império, o planeta Terra, ou em algum dos territórios do mundo imperial que, neste caso, seria uma das áreas intergalácticas.

6 . Celestia

celestia
A Celestia também é conhecida como Nação do Espaço Celestial. A micronação foi fundada em 1940 nos Estados Unidos por um homem chamado James Thomas Mangan.

O criador de Celestia levava a sério os limites do seu território é chegou a enviar notificações ao governo dos Estados Unidos, Reino Unido e a até então União Soviética. Nem as Nações Unidas foram poupadas. Tudo isso para reivindicar que  todos os testes atmosféricos fossem cancelados, já que estariam invadindo seu território.

7 . República de Kugelmugel

kugel
Já ouviu aquele ditado "meu castelo, minhas regras"? Parece que alguém o levou bem a sério. Localizada em Viena, na Áustria, a república é uma casa. Isso mesmo!

Ela foi declarada como independente em 1984 e surgiu depois de uma disputa entre o artista Edwin Lipburger e as autoridades austríacas para uma licença de construção de uma casa com formato esférico.

Atualmente, a República de Kugelmugel conta com apenas um habitante, o seu fundador:  Lipburger. Há alguns anos o homem foi condenado à prisão por se recusar a pagar impostos ao governo austríaco e começar a imprimir seus próprios selos. No entanto, o presidente da Áustria perdoou o artista e o deixou em liberdade. Kugelmugel hoje se transformou em uma atração turística.

Fatos Desconhecidos (Acervo)
Acervo, matérias feitas antes do ano de 2015.

Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.
Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+