• MAIS LIDAS
  • QUIZ
  • VÍDEOS
  • ANUNCIE

7 origens reais de mitos e lendas que todos conhecemos

POR Jesus Galvão    EM História      10/05/18 às 18h29

Monstros, navios fantasmas, oráculos e sacerdotisas. Muitas outras historias e mitos vem alimentando o imaginário popular através dos séculos. Diversos deles advindos de uma mente fértil ou de alguma estranha analogia.

Por outro lado, algumas dessas histórias que conhecemos foram baseadas em fatos quase reais. Hoje, listamos algumas das lendas e mitos que conhecemos e como teriam sido as suas verdadeiras origens. Confira!

1 - Zumbis

Muitas pessoas no Haiti, devido às suas heranças ancestrais africanas seguem como doutrina religiosa o Vodu. No Vodu, um zumbi é uma pessoa já morta trazida a vida por um Bokor, espécie de dirigente espiritual dentro dos ritos. Eles são despertados, normalmente, para servir aqueles que os invocaram como escravos.

No entanto, muitos acreditam que um bokor, na verdade, usa uma mistura de pele de sapos venenosos e outras iguarias. Essas substâncias fazem com que as pessoas parecam mortas e manter seus batimentos cardíacos e respiração muito baixos. Então seu desenterrados logo após seu funeral e outras drogas são administradas para que eles se esqueçam quem são de verdade.

2 - A maldição da múmia

Em 1922, foi descoberto o túmulo de Tutancâmon por Howard Carter. Feito esse que acabou por torná-lo mundialmente famoso. Mas o mais estranho foram as mortes das pessoas envolvidas na viagem de descoberta. Primeiro, Lorde Carnarvon, que financiou a viagem, teria morrido no Cairo após uma picada de um mosquito. Um membro da escavação morreu misteriosamente envenenado.

Outras mortes se seguiram, e teriam dado início a maldição da múmia. Mas a imprensa teve grande participação em sua disseminação, uma vez que estavam ávidos por histórias relacionadas a uma das maiores descobertas de todos os tempos.

3 - O cavalo de Troia

Muitos anos se passaram entre as tentativas falhas de conquistar Troia até o desenvolvimento de um cavalo de madeira recheado de soldados, que teria sido enviado como um presente, e que permitiu, finalmente, eles pudessem conquistá-la. Esse conto, primeiramente, surgiu pela Odisseia de Homero.

Mas a verdade é que os gregos usavam grandes maquinários de madeira para atacar seus inimigos, e muitas delas eram cobertas por peles de cavalos úmidas para impedir que elas pegassem fogo em meio aos conflitos.

4 - A fênix

O mito de um pássaro lendário que ao morrer seria consumida em chamas e, de suas próprias cinzas, renasceria como uma jovem fênix teria sido criado por viajantes na África ao observarem o habitat do flamingo-pequeno. Isso porque as aves de penas vermelho e rosa viviam em um lago que evaporava quase que completamente em uma determinada época do ano.

Quando dezenas de filhotes de flamingos saíram de seus ninhos no centro do lago em busca de comida e água uma nuvem densa de poeira se levantou. Foi então que a lenda dos pássaros saindo do fogo se iniciou.

5 - Atlântida

Platão, há mais de 2 mil anos relatou sobre uma civilização super avançada que teria sido destruída quando afundou no mar. Atlântida era composto por ilhas exuberantes, e a capital estava localizada no centro delas. Mas Platão não era historiador, e em seu relatos ele não apresentava nenhum compromisso com a veracidade dos fatos que descrevia.

No entanto, no Mar Mediterrâneo, existem diversas cidades submersas. Dessa forma é possível que este mito tenha se baseado em um fato real. Há cerca de 3.600 anos, uma enorme erupção vulcânica aconteceu na ilha de Santorini, mas até hoje não se pode vincular o acontecimento ao mito da cidade perdida.

6 - O holandês voador

Tripulantes de um navio teriam avistado pairando acima das ondas um navio fantasma, o qual eles chamaram de Holandês Voador. Mas acredita-se que o que poderia ter causado o avistamento tenha sido por uma miragem chamada de Fata Morgana. Ela ocorre devido a uma camada de ar frio e denso com o ar mais quente acima dele próximo a margem, o que pode ocasionar uma imagem distorcida da realidade. Um navio navegando no mar poderia parecer estar pairando no ar facilmente.

7 - Vampiros

Uma pessoa evitando a luz do sol, total aversão a alho só pode significar uma coisa: ela é um vampiro! Bom, pode ser que na verdade ela pode ser apenas alguém sofrendo de porfiria. Uma doença sanguínea rara. Caracterizada por uma forte sensibilidade à luz solar e uma reação adversa ao alho, que pode causar até mesmo dor extrema.

Muitas pessoas entre a nobreza européia sofriam da enfermidade, e talvez o ponto de partida para esse mito tenha partido dos grandes castelos, onde os vampiros passaram, de acordo com as histórias contadas, a se esconder da luz do dia.

Então pessoal, o que acharam da matéria? Deixem nos comentários abaixo a sua opinião e não esqueçam de compartilhar com os amigos.

Próxima Matéria
Via   Listverse  
Imagens lobogotico
Jesus Galvão
Goiano, Canceriano e Publicitário.
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+